Truque para aumentar o score. Coloque o seu nos altos

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

homem se roupa verde sentado a uma mesa com um caderno e uma xícara e com a mão levantada segurando uma caneta

Resumo da matéria

  • Pagar contas em dia aumenta o score
  • Limpar o histórico de consulta do CPF
  • Atualizar os dados cadastrais na Serasa
  • Cadastrar-se no Cadastro Positivo
  • Quitar dívidas que já caducaram
  • Ter conta em vários bancos
  • Comprar a prazo
  • Usar os produtos do banco
  • Nunca use serviços que prometem aumentar o seu CPF da noite para o dia
  • Invista pensando no futuro

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Confira dicas para aumentar o seu score e ter mais facilidade na hora de conseguir um financiamento. Pagar as contas em dia é um bom começo, veja outras dicas.

Você já tentou comprar um carro por meio de um financiamento e teve seu crédito negado por score baixo? Um truque para aumentar o score seria de grande ajuda, não é? Confira hábitos que podem te ajudar, e muito, nesta missão.

Score baixo é um dos principais motivos da dificuldade na hora de comprar um carro através de um financiamento.

A pontuação é gerada pelas agências de proteção ao crédito como o SCPC e o Serasa.

Quanto mais baixa a pontuação, maiores as chances do consumidor se tornar inadimplente e, consequentemente, mais difícil será para conseguir crédito.

A pontuação de risco pode influenciar até na taxa de juros que o consumidor consegue junto aos bancos e financeiras.

Quanto maior a pontuação, menor é o risco e, conseqüentemente, maior a probabilidade do consumidor conseguir uma taxa de juros mais barata.

Abaixo, separamos dez dicas que podem alavancar o seu score de crédito a longo prazo e que podem te ajudar na hora de conseguir um financiamento. Confira:

Pagar contas em dia aumenta o score

Quem não paga as contas em dia acaba sendo prejudicado pelo score. Quanto mais o cliente atrasa os pagamentos, maior é o risco eminente sentido pelos órgãos de proteção ao crédito.

Pagar atrasado pode ser um sinal da saúde financeira do consumidor pessoa física.

O ideal é sempre pagar até a data de vencimento e, quando possível, antes. Ao pagar após o vencimento, além de diminuir a sua pontuação, você ainda corre o risco de ter que pagar juros, IOF e vários encargos por atraso na fatura subsequente.

Para evitar que atrase os pagamentos, nossa recomendação é para que peça sempre a fatura online e, se possível, cadastre o pagamento de suas contas e faturas de cartão de crédito em débito automático.

imagem de um homem sentado a uma mesa em frente ao seu laptop fazendo sinal de positivo com a mão

Leia mais: Como movimentar o CPF: seu Score nas alturas

Limpar o histórico de consulta do CPF

As empresas de proteção ao crédito guardam o histórico de consulta dos últimos 90 dias.

Toda empresa que, porventura, consultar o seu CPF, será listada sempre que alguma outra empresa consultar seu CPF.

Quando o consumidor tem muitas consultas de crédito, isso pode significar que ele está atirando para todos os lados e, assim, a pontuação tende a baixar naturalmente.

O ideal é não ficar tentando obter crédito a todo momento.

É possível limpar o histórico de consulta do CPF, basta ir até uma agência da Serasa e pedir a limpeza do histórico de consulta do seu CPF.

A Serasa guarda esse histórico pela segurança do próprio consumidor, pois ele pode acompanhar tudo o que está acontecendo com o seu CPF, evitando, com isso, que outra pessoa tente utilizar o seu nome.

 Atualizar os dados cadastrais na Serasa

As empresas de proteção ao crédito guardam o seu nome, data de nascimento, telefones de conta e endereços.

Caso seus dados estejam desatualizados, isso poderá dificultar a concessão de crédito.

Se mudou de endereço, vá até uma agência de proteção ao crédito e solicite a ficha de atualização de dados cadastrais. Fazendo isso você manterá seus dados atualizados.

Quando uma empresa consultar seu CPF, verá que o seu telefone e endereço são compatíveis com o que informou para tentar obter crédito, o que aumenta a confiabilidade do cadastro no momento da análise de crédito.

Cadastrar-se no Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é uma novidade que pode melhorar o histórico de crédito do consumidor.

Nele, são listadas todas as contas que o cidadão pagou em dia, ou seja, a pessoa fica com um histórico positivo para ser analisado sempre que alguém consulta o seu CPF.

Na prática, as empresas que consultarem o seu CPF terão informações positivas que podem ajudar na hora da análise de crédito.

Só recomendamos o cadastro positivo aos consumidores que sempre pagam suas contas em dia, caso contrário, esse cadastro pode ser negativo.

Quitar dívidas que já caducaram

No Brasil, o tempo máximo que uma dívida pode ficar listada nos órgãos de proteção ao crédito são cinco anos.

Após esse período, as dívidas caducam. Caso tenha alguma dívida que já prescreveu, nossa dica é para que negocie a dívida com o credor.

Infelizmente, as empresas de proteção ao crédito sabem que uma dívida saiu do SCPC ou Serasa porque prescreveu e não porque foi quitada.

Isso acaba sendo levado em conta na hora de fazer o cálculo da pontuação de risco.

Há clientes que mesmo com o nome limpo não conseguem crédito aprovado em nenhum lugar. O culpado é sempre a baixa pontuação no Score de Crédito.

Ter conta em vários bancos

Os bancos possuem uma pontuação própria de crédito, quando você abre uma conta em banco começa a pontuar no Score Interno da instituição.

Por exemplo, o Banco Itaú possui uma pontuação interna para cada correntista.

Para o cálculo da pontuação, são levados em conta os recursos que a pessoa possui na conta e se ele consome os produtos do banco (cartão de crédito, títulos de capitalização, CDB, investimentos, etc.).

Para ser conhecido por mais de uma instituição bancária é importante ter relacionamento com várias delas.

Atenção: ter conta em vários bancos não significa necessariamente pagar tarifa!

É possível ter conta gratuita em vários bancos sem pagar nenhum centavo, isso é possível com os serviços essenciais e com as chamadas Contas Digitais.

Comprar a prazo

Infelizmente quem paga sempre à vista não é conhecido pelas empresas de crédito e, consequentemente, não tem a pontuação influenciada pelas compras que faz. Compre a prazo ou então à vista, mas usando um cartão de crédito.

Caso não tenha cartão de crédito, use o cartão de débito para aumentar o seu score junto ao banco com o qual deseja conseguir crédito no futuro.

Usar os produtos do banco

Como foi dito no item 6, os bancos possuem uma pontuação interna. Então, consumir os produtos do banco ajuda na pontuação.

Dentre os produtos que os bancos costumam levar em conta na hora da pontuação, estão: investimentos; títulos de capitalização; CDB; consórcios; financiamentos; uso de cheque especial; cartão de crédito; seguros e Previdência Privada.

imagem de uma menina de óculos e roupas claras comemorando sucesso de truque para aumentar o score em frente ao laptop enquanto olha o celular

Leia mais: Score Baixo: O que é, O que Significa e Como Resolver

Nunca use serviços que prometem aumentar o seu CPF da noite para o dia

Há várias pessoas e empresas que prometem aumentar o seu score de crédito de um dia para a noite.

Algumas empresas até podem conseguir esse feito, mas a maioria acaba sendo um golpe.

É muito difícil enganar o sistema das agências de proteção de crédito, pois elas possuem o controle de todas as operações de crédito que o cliente realiza. Além disso, o score é atualizado periodicamente.

Existem sim guias muito úteis e efetivos que ensinam passo a passo em como aumentar seu score, mas tenha consciência que o score não aumentará da noite para o dia.

Invista pensando no futuro

Não busque sempre obter crédito para comprar tudo o que você deseja. Ao fazer empréstimos, financiamentos ou pagar no cartão de crédito, você sempre pagará mais caro pelo produto ou serviço que pretende adquirir por causa dos juros – nenhum banco trabalha de graça –; tente investir pelo menos um pouquinho por mês.

Quando você tiver dinheiro, vai poder comprar o que deseja sem precisar depender da aprovação de crédito de uma instituição financeira.

Pedir crédito é como pedir um favor, você corre sempre o risco de ouvir um não.

Caso não seja possível poupar todo o valor, invista pensando na entrada, pois, quanto maior a entrada, maior a probabilidade de ter crédito aprovado na hora de financiar o veículo e menor será taxa de juros cobrada pelos bancos.

Gostou das nossas dicas para aumentar o score? Aproveite para colocá-las em prática agora mesmo e compartilhe este artigo com amigos!

Todo mundo precisa de uma mãozinha para facilitar aquele aumento no cheque especial, né?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *