Será que eu preciso de seguro de celular?

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

mulher d eterno cinza usando seu celular e área externa

Resumo da matéria

  • O que é seguro de celular?
  • Roubo
  • Furto qualificado
  • Quebra
  • Derramamento de líquidos
  • Como acionar o seguro de celular?
  • Como saber se eu preciso de um seguro para celular?
  • Como saber se eu preciso de um seguro para celular?

Continua depois da publicidade

Saiba mais sobre o serviço e veja se ele é interessante para você

Você já deve ter ouvido falar sobre seguro de celular, não é? Mesmo um pouco menos comentado do que outras modalidades, como seguro de carro, de casa e de vida, este é um serviço bastante utilizado e com uma série de vantagens.

Sua abrangência é muito grande, já que de acordo com dados da Anatel, o Brasil tinha 227,1 milhões de celulares em fevereiro de 2020, número 7,39% maior que a estimativa da população, que está em torno de 211,47 milhões de habitantes.

Por outro lado, o número de roubos de celular é bem alto, o que torna o serviço ainda mais interessante.

De acordo com a pesquisa “Panorama Mobile Time/Opinion Box: Roubo de celulares no Brasil”, 47% dos internautas brasileiros já tiveram um celular roubado.

A pesquisa também traz outras informações importantes sobre o tema, como as seguintes:

  • 38% dos internautas brasileiros já foram roubados mais de uma vez;
  • 84% dizem evitar atender a ligações quando estão nas ruas;
  • Entre quem já teve seu smartphone roubado ou furtado, o índice de pessoas que evitam atender a chamadas nas ruas sobe para 87%;
  • Ainda assim, apenas 15% dos internautas brasileiros possuem seguro contra roubo ou furto do aparelho. Entre os que já foram vítimas de roubo ou furto de celular, a proporção de segurados é de 19%.

Mesmo com um público em potencial tão grande, as características do serviço não são tão conhecidas assim, até mesmo por quem já foi vítima de roubo e furto com seu aparelho, ou seja, conhecer mais sobre o seguro é essencial.

Se você tem este interesse, saiba que veio ao lugar certo! Vamos aprender mais sobre este tipo de seguro e quando ele é uma boa alternativa.

mulher manuseando seu celular dentro de um escritório em frente ao seu computador

Leia mais: Como comprar celular bom e barato sem fazer dívida?

O que é seguro de celular?

É um serviço que deixa seu celular protegido contra uma série de situações que podem acontecer a qualquer momento, como roubos, quedas e outros acidentes. Assim, você fica mais tranquilo neste sentido.

Seu funcionamento é bastante parecido com o do seguro de carro, serviço este que é bem mais conhecido e comum em nosso dia a dia e, por isso, pode te ajudar a entender melhor.

As principais coberturas que o seguro de celular costuma oferecer são as seguintes, as quais podem variar de acordo com o serviço contratado:

Roubo

Ocorre quando o indivíduo usa de grave ameaça ou violência para subtrair um bem de outra pessoa.

Furto qualificado

Alguns também oferecem cobertura contra furto qualificado, que de acordo com o Artigo nº 155 do Código Penal, é feito com a destruição ou rompimento de obstáculo, abuso de confiança, uso de chave falsa ou por meio de fraude, destreza ou escalada.

Um exemplo de furto qualificado é quando o smartphone está dentro de um armário trancado com cadeado e este é quebrado para que se possa ter acesso ao aparelho.

Isso faz com que o furto qualificado seja diferente do furto simples, que de acordo com o mesmo Artigo nº 155 do Código Penal, é uma subtração sem as características que citamos antes, como quando o aparelho é pego do seu bolso sem que você perceba.

Quebra

Certas modalidades de seguro de celular oferecem cobertura contra quebra, que ocorre quando o aparelho é danificado por quedas, impactos e outras situações similares.

É importante destacar, porém, que a cobertura dessas situações está condicionada ao fato de terem acontecido por acidente.

Derramamento de líquidos

Outra situação bastante comum para os donos de smartphones é que eles sejam atingidos por líquidos, como água, suco ou refrigerante, o que prejudica seriamente seu funcionamento quando o aparelho não é resistente a água.

Como acionar o seguro de celular?

Quando acontecer algo que esteja coberto pelo seguro, o cliente deve entrar em contato com a seguradora para saber quais são os passos necessários.

Geralmente, quando se trata de roubo, é preciso apresentar um Boletim de Ocorrência que comprove o que aconteceu. Assim, a seguradora poderá dar andamento no processo de reembolso.

Porém, assim como acontece com o seguro de carro, também existe a franquia no seguro de celular, que deve ser paga sempre que ele precisar ser acionado, independentemente do tipo de sinistro que tiver acontecido.

Os valores das franquias variam de acordo com cada caso, mas geralmente são de 25% do valor do aparelho.

Como saber se eu preciso de um seguro para celular?

Como diz aquele ditado, prevenir é melhor do que remediar. Isso significa que ter um seguro no celular é bastante interessante para quem quer se proteger contra uma série de situações inesperadas, de roubos a acidentes, tanto para quem usa muito o aparelho quanto para quem não o utiliza tanto assim.

O preço do seguro de celular é outra das principais dúvidas sobre o assunto.

Assim como acontece com outras modalidades de seguro, o valor depende de cada seguradora e também das coberturas contratadas, mas a mensalidade costuma ficar em torno de 2% a 3% do valor do celular.

Portanto, por exemplo, se o seu celular custou R$ 2.000, a mensalidade pode estar na faixa de R$ 40 a R$ 60.

Porém, este é apenas um valor aproximado, e é importante entrar em contato com diferentes seguradoras para conhecer seus preços e condições.

mulher sentada a mesa de madeira mexendo em seu celular e em seu computador

Leia mais: Vale a pena ter um seguro de vida?

Vale a pena ter um seguro de celular?

Geralmente sim. Porém, tudo depende do seu planejamento financeiro.

Se você tiver espaço para acrescentar uma parcela em seu orçamento sem prejudicar sua saúde financeira, o seguro é uma ótima opção, já que te deixa protegido contra várias situações com que podemos nos deparar no dia a dia.

É importante lembrar que caso algo aconteça e você não tenha um seguro para celular, terá que desembolsar o valor completo para comprar um novo ou arcar com o seu conserto, que pode custar uma boa parte do valor investido em sua compra.

Portanto, mesmo com o pagamento da franquia, você ainda poderia economizar bastante e ter um aparelho de boa qualidade à sua disposição.

Porém, se seu orçamento não te permite acrescentar uma parcela dessas, então é melhor ficar dentro do seu planejamento para evitar maiores problemas a médio e longo prazo.


Faça as contas e estude as possibilidades. Se achar que o seguro de celular é uma boa pedida para você e cabe no seu orçamento, faça cotações em diferentes seguradoras para ter acesso às melhores propostas e condições!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *