Recuperar empresa: 07 dicas essenciais para salvar seu negócio pós pandemia

Larissa Civita

| 4 minutos para ler

imagem ampliada de quatro homens de camisa branca se cumprimentando

Resumo da matéria

  • 1. Reavalie todos os planejamentos
  • 2. Encare a realidade financeira de seu negócio
  • 3. Retome o contato com seus clientes
  • 4. Ofereça diferentes opções de pagamentos
  • 5. Invista em ações de marketing digital
  • 6. Não misture finanças pessoais com caixa da empresa
  • 7. Peça empréstimo com taxas de acordo com o perfil da sua empresa
  • Tenha paciência que tudo vai se resolver

Continua depois da publicidade

Com um passo de cada vez e muita paciência, sua empresa retomará as atividades e oferecerá ainda mais produtos ou serviços de qualidade

O isolamento social é uma medida de extrema importância. Graças a ele, temos a possibilidade de preservar nosso maior bem, que é a saúde. É importante que você tenha isso em mente para saber o que fazer quando ele terminar. O cenário econômico da maior parte do mundo tem sofrido as consequências da pandemia. Claro que, em maior ou menor escala, os prejuízos já podem ser observados. Mas, isso não significa que não dá para resolver.  Se você está preocupado em como fazer para recuperar empresa depois da quarentena, confira as dicas que compartilharemos a seguir. Com um passo importante de cada vez, você será capaz de dar a volta por cima.

1. Reavalie todos os planejamentos

O mundo não será mais o mesmo depois da pandemia, ou, pelo, menos, boa parte dele.

Por isso, é importante que você faça uma análise detalhada do seu plano de negócios e avalie o que será mantido e o que deve ser modificado.

Reavalie suas receitas, perfil dos clientes, riscos e benefícios, estratégias de vendas, entre outros itens que compõem esse documento.

Comece a reorganizar seu planejamento de acordo com a nova realidade.

2. Encare a realidade financeira de seu negócio

Coloque tudo na ponta do lápis. Quanto de dinheiro você deixou de ganhar? Tem estoque parado? Perdeu matéria-prima?

Caso você seja prestador de serviços, quantos clientes deixou de atender e qual é a equivalência disso em dinheiro?

Os resultados não serão tão bons assim, mas essa etapa é importante para que você crie estratégias de ação mais seguras para começar a ter lucro.

Feito isso, o passo seguinte é reorganizar o departamento financeiro do seu negócio.

grupo de pessoas aglomeradas ao redor de um computador

Leia mais: Plano de negócios para empreendedores, ele é indispensável à saúde da sua empresa

3. Retome o contato com seus clientes

Na verdade, o contato com seus clientes deveria acontecer mesmo antes de você pensar em como recuperar empresa.

Mas, se você não usou boas estratégias de marketing durante a quarentena, tudo bem também. O importante é correr atrás do prejuízo. 

Crie um canal de comunicação, que pode ser uma rede social, como Facebook e Instagram e avise seus clientes que sua empresa está de cara nova.

Uma boa estratégia é fazer alguns sorteios de produtos que estão parados no estoque.

4. Ofereça diferentes opções de pagamentos

Após a pandemia, a realidade financeira da maioria das pessoas estará abalada.

Você precisa levar isso em consideração na hora de vender seus produtos ou serviços. Faça promoções, mas sem perder o foco na margem de lucro.

Permita o parcelamento ou estenda o prazo de pagamento. Não deixe de dar desconto para pagamentos a vista.

O ideal é que você ofereça atendimentos personalizados e que favoreçam seus clientes e o processo de recuperar empresa.

5.  Invista em ações de marketing digital

Faça com que mais pessoas tenham conhecimento sobre sua empresa. Para isso, é importante que você direcione forneça conteúdos úteis que devem chegar até seu público-alvo.

O marketing digital é um excelente recurso para isso. Crie um blog com dicas e orientações relacionadas ao nicho em que você atua para que seus clientes tenham acesso a experiências e não apenas a produtos.

6. Não misture finanças pessoais com caixa da empresa

Não misture finanças pessoais com medidas para recuperar empresa. Esse risco é muito grande, já que, se um não der certo, automaticamente, o outro vai no mesmo pacote. 

O ideal é contar com ações mais seguras para ambas as situações.

Reavalie os custos do seu negócio e corte gastos com locação, contas de energia, compra de materiais, entre outros.

Sempre é possível apertar um pouco mais o orçamento para não ter que tirar dinheiro do seu bolso.

Leia mais: Como abrir uma empresa no Brasil e fazer com que ela sobreviva?

7. Peça empréstimo com taxas de acordo com o perfil da sua empresa

Caso seja necessário, peça empréstimo online para conseguir dar conta da retomada de atividades se maiores sufocos.

O Bom Pra Crédito tem parceria com mais de 30 bancos. Dependendo do seu perfil financeiro, você tem acesso a ótimas condições de pagamento.

É importante que você calcule exatamente a quantidade de dinheiro de que vai precisar para que não seja necessário pedir outro empréstimo e fazer ainda mais dívidas.

Você pode usar o valor da forma que desejar, sem precisar prestar contas com a gente.

Tenha paciência que tudo vai se resolver

Com planejamento e muita calma, você conseguirá retomar empresa. Como a gente disse no início do artigo, o mais importante é sua saúde e isso você já tem.

Lembre-se de que toda crise, por mais dura que seja, sempre traz grandes aprendizados. 

Aproveite esse momento para começar a se programar, voltar às atividades e, quem sabe, conquistar ainda mais reconhecimento e visibilidade no mercado. Pode contar com a gente se você precisar!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *