Quanto rende o FGTS? Vale a pena sacar e investir o valor liberado

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

calculadora rosa em um fundo rosa

Resumo da matéria

  • O que é FGTS?
  • Por que o governo liberou o pagamento de R$ 1.045 do FGTS?
  • Posso sacar o FGTS para pagar dívidas?

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Tirar ou não o dinheiro do abono salarial? Para descobrir, preste atenção nas informações a seguir

Uma das medidas tomadas pelo governo para driblar a crise econômica causada pela pandemia é a liberação dos R$ 1.045 do FGTS. Provavelmente, você deve ter ouvido falar que o prazo para o saque é o dia 21 de setembro. Diante da possibilidade de usar esse benefício, muitas pessoas têm questionado se é vantagem ou não retirar o dinheiro.  Se essa é também sua dúvida, confira as informações a seguir e descubra quanto rende o FGTS.

O que é FGTS?

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é uma reserva criada pelo governo federal.

Basicamente, ele é uma reserva de dinheiro destinada ao trabalhador registrado e carteira.

Todos os meses, a empresa deve depositar o equivalente a  8% do salário. Esse valor não deve sair do bolso do trabalhador e, portanto, não deve ser descontado da folha de pagamento.

O FGTS dos trabalhadores fica “guardado” na Caixa Econômica Federal. Mas isso não significa que o dinheiro fica parado até o momento de ser sacado.

O governo usa esses recursos para arcar com despesas públicas, como saneamento básico.

As áreas de habitação popular e infraestrutura urbana também são mantidas pelo FGTS.

Apesar de o dinheiro ser usado pelo governo, todo trabalhador tem direito de sacar em determinadas situações.

A mais comum é para a compra da casa própria. Nesse caso, o trabalhador usa o dinheiro para dar entrada ou quitar as parcelas do financiamento do imóvel.

Também é possível sacar o FGTS quando o contrato de trabalho é encerrado, entre outros contextos.

Por que o governo liberou o pagamento de R$ 1.045 do FGTS?

Como já dissemos, o governo liberou esse valor para conter os problemas causados pela pandemia.

Essa é uma forma de manter a economia aquecida e evitar uma possível recessão no país.

Apesar de parecer uma boa saída, principalmente para quem teve o salário reduzido, antes de tomar a decisão de sacar, é importante que você saiba quanto rende o FGTS.

O rendimento é de 3% ao ano mais a Taxa de Referência (TR) que está em zero.

Além disso, não há cobrança de Imposto de Renda (IR) sobre o valor, o que significa que o trabalhador não tem nenhuma despesa com o dinheiro nessa condição.

Então quer dizer que não compensa sacar o FGTS para investir?

Para responder essa pergunta, vamos considerar a taxa básica de juros (Selic), usada como referência para operações financeiras.

Por conta da crise do coronavírus, ela foi reduzida a 2,25% ao ano.

Quem estiver pensando em sacar o dinheiro do FGTS para investir, poderá perder uma parte considerável do rendimento.

Em outras palavras, os R$ 1.045 renderão muito mais se ficarem no fundo.

Para você ter uma ideia do que isso representa, vamos aos cálculos. Para exemplificar, selecionamos os principais investimentos conservadores.

Confira quanto rende o valor de R$ 1.045 de acordo com os principais tipos de investimentos conservadores:

 FGTS (taxa 3% aa):  R$ 1.076,35

CDB a 100% da taxa DI (2,15% aa): R$ 1.062,97

Poupança (taxa 1,575% aa): R$ 1.061,45

Como você viu, compensa muito mais não sacar o FGTS. Lembre-se de que essas dicas só valem para quem pensa em tirar o dinheiro para investir.

Se você está realmente precisando do valor, a história muda um pouco.

imagem ampliada de uma pessoa usando a calculadora em cima de uma mesa com um laptop, um cofre, uma lupa e moedas

Confira agora: Como se aposentar pelo INSS e tipos de aposentadoria

Posso sacar o FGTS para pagar dívidas?

O ideal é não fazer nada sem planejamento. O primeiro passo para quitar dívidas é colocar tudo na ponta do lápis.

Faça uma planilha e anote tudo o que você ganha e com o que o dinheiro é gasto.

Se o resultado indicar que sua conta está no vermelho, comece cortando despesas desnecessárias. 

Em seguida, identifique aquilo que pode ser reduzido. A ideia aqui é economizar com água, energia, internet, lazer e gastos no supermercado.

Isso não significa que você deve eliminar os momentos de lazer ou deixar de comer o que tiver vontade.

O foco aqui é consumir com consciência e encontrar opções mais econômicas em todos os aspectos.

Com esses valores anotados, é hora de negociar a dívida com o banco ou com a empresa para a qual você deve.

Proponha o pagamento em parcelas que cabem no seu bolso e que não vão comprometer as demais despesas.

Se ainda assim você chegar à conclusão de que está muito apertado, é hora de sacar o os R$ 1.045 do FGTS. Outra razão para sacar o abono é a criação de uma reserva de emergência.

Você pode aproveitar esse momento para usar o valor sacado caso perca o emprego ou aconteça algo inesperado.

Como o FGTS não pode ser retirado a qualquer momento depois, essa pode ser uma boa opção.

Em todos os casos, o importante é não tomar nenhuma decisão precipitada. Saber quanto rende o FGTS já é um bom começo para quem deseja organizar melhor a vida financeira.

Se essa é a sua primeira vez aqui no blog do Bom Pra Crédito, aproveite para conhecer outros conteúdos de educação financeira que disponibilizamos gratuitamente.

E, se estiver em busca de um empréstimo pessoal, está no lugar certo. O Bom pra Crédito é a sua opção.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *