De quanto você vai precisar para se aposentar: 05 jeitos de programar uma velhice tranquila

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

casal de idosos se divertindo em área externa

Continua depois da publicidade

Entenda por que você precisa de organização, planejamento e economia para ter uma velhice repleta de conforto e bem-estar

Depois de muitos anos dedicados aos estudos e ao trabalho, todo mundo espera por uma aposentadoria tranquila. Por isso, os planos de aposentadoria são tão importantes!

Com a nova Lei da Previdência, poderão se aposentar mulheres a partir de 62 anos de idade, com contribuição mínima de 15 anos para o INSS.

No caso dos homens, a idade mínima é de 65 anos e tempo de contribuição de 20 anos. Esses dados estão relacionados aos trabalhadores chamados “assalariados urbanos”, que representam a maior categoria de mão de obra no Brasil.

Como você percebeu, a cada reforma, a idade para aposentadoria aumenta cada vez mais, o que pode gerar um certo desânimo. No entanto, única certeza que temos é a de que vamos envelhecer.

O ideal, então, é começarmos a nos preparar desde agora. Para que você conquiste a tranquilidade financeira na terceira idade, selecionamos 5 orientações a respeito de planos de aposentadoria. Confira!

1. Crie objetivos para a sua aposentadoria

Você já pensou onde quer estar e como quer viver durante sua aposentadoria?

Ter isso em mente vai te ajudar a traçar os melhores objetivos para que essa fase seja aproveitada com tranquilidade.

Use planos de viagens, cursos, entre outras atividades como elementos que te motivem a se organizar a partir de agora.

Não focar em um objetivo pode atrapalhar as medidas que você deve tomar agora para os seus planos de aposentadoria.

imagem de um casal de idosos colocando moedas em um cofre de porco rosa

Veja agora: Como se aposentar pelo INSS e tipos de aposentadoria

2. Considere diversas fontes de investimento

Recorrer à Previdência Social é a forma mais comum de planejamento de aposentadoria. No entanto, se você deseja estabilidade, é importante não focar apenas nela. 

O ideal é que você conte com outras opções de investimentos. Um deles é a previdência privada, que oferece planos que estejam de acordo com o seu perfil e objetivos. Exemplos de categorias desse tipo de previdência são o VGBL e PGBL.

Vida Gerador de Benefício Livre (VGBL): É ideal para quem declara Imposto de Renda no formulário simplificado.

Nessa modalidade de planejamento de aposentadoria, o valor do imposto cobrado no momento é baseado no rendimento do plano.

Plano Gerador de Benefício Livre (PGBL): É indicado para quem declara o Imposto de Renda (IR) no modelo completo. No PGBL, o imposto a ser cobrado no momento do resgate será sobre o valor total.

Além dos planos previdenciários, você pode investir no Tesouro Direto. Ele diz respeito a investimentos em títulos públicos apresentam um risco baixo e podem garantir uma boa rentabilidade.

Se você tem um imóvel, poderá considerá-lo como uma boa opção de renda para seus planos de aposentadoria. Dependendo da localização, você poderá alugar um dos quartos para temporada, por exemplo. 

3. Coloque sua vida financeira em ordem

A saúde financeira de fundamental para qualquer fase da nossa vida. Na aposentadoria, ela é ainda mais importante.

Portanto, reveja sua relação atual com o dinheiro e avalie o que pode ser melhorado. 

Não gaste mais do que você ganha. Coloque todas as suas despesas do mês na ponta do lápis e evite fazer dívidas longas.

Corte gastos desnecessários e aprenda a juntar dinheiro para comprar o que você deseja à vista.

Isso vai te ajudar a evitar o uso do cartão de crédito com coisas desnecessárias.

Se você adotar esses hábitos no presente, certamente, terá uma aposentadoria mais tranquila e sem dores de cabeça. 

4. Comece a pensar em maneiras de conseguir renda extra

Se o seu objetivo é passar pela velhice descansando à beira mar ou viajando pelo mundo, isso significa que o momento para conseguir renda extra é agora. Explore uma habilidade que você tem e ganhe dinheiro com ela.

Existem várias atividades nas quais você pode se inspirar e começar a lucrar agora.

Algumas delas são aulas, venda de artesanato, hospedagem de animais de estimação, design, entre outras. 

O importante é você identificar aquilo que você faz de melhor e divulgar como produto ou serviço.

Todo o dinheiro que você ganhar com isso deve ser investido em uma das opções que mencionamos no tópico 2 deste artigo.

senhor de idade sentado em uma poltrona usando um laptop

Leia também: Como planejar a aposentadoria a partir dos 30 anos?

5. Cultive sua saúde e seu bem-estar

A saúde financeira depende de uma boa saúde física e mental. Portanto, valorize a boa alimentação, a prática de exercícios, os momentos de lazer e as consultas regulares com o médico, assim como a realização de exames preventivos. 

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão da Faculdade Doctum, os gastos com saúde representam mais de 50% da renda dos idosos.

Isso pode fazer com que boa parte da renda da aposentadoria fique comprometida.

Lembre-se de que é sempre melhor prevenir do que remediar. Quanto mais cedo você adotar hábitos saudáveis, maiores serão as recompensas dos seus planos de aposentadoria.

Como você percebeu, para ter uma vida financeira organizada na terceira idade, nós precisamos começar a investir agora. 

Portanto, estude mais a respeito de educação financeira e aposte em qualidade de vida para que suas metas sejam alcançadas no futuro.

Aqui no blog do Bom Pra Crédito, você encontra uma série de conteúdos relevantes sobre finanças. Acompanhe as atualizações e fique por dentro das informações a respeito de renda extra, empréstimo online, compra de imóveis, entre outros assuntos.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *