Tudo Sobre Pirâmide Financeira

Larissa Civita

| 4 minutos para ler

imagem com diversas pirâmides uma ao lado da outra

Continua depois da publicidade

Saiba como identificar e evitar ser vítima desse golpe cada vez mais comum

Em 2020, é praticamente impossível que você não tenha ouvido falar ao menos uma vez sobre algum negócio que é baseado no esquema de pirâmide financeira, ainda que ele não saiba como identificá-lo dessa maneira.

Ao longo desse texto você vai aprender a reconhecer esse tipo de cilada e vai entender por que ela é proibida no Brasil.

O que é uma pirâmide financeira, afinal?  É um modelo comercial em que os lucros estão baseados no recrutamento progressivo de pessoas. 

Por causa do seu criador, o italiano Carlo Ponzi, esse tipo de estratégia pode ainda ser reconhecido como “esquema Ponzi” ou “Pirâmide Ponzi”.

Considerado um crime contra a economia popular (Lei 1.521/51), a pirâmide é vantajosa apenas enquanto atrai novos investidores.

Veja agora: Como começar a investir

Como não se baseia exatamente na venda real de algum produto (apesar de existirem alguns casos utilizarem produtos de “fachada”), os órgãos de defesa do consumidor salientam que a pirâmide em geral é usada para ocultar esquemas fraudulentos. 


imagem com diversas pirâmides uma ao lado da outra

Por isso, quando novos participantes param de entrar no negócio para cobrir os retornos financeiros que o esquema propõe, ela quebra. 

Como identificar uma pirâmide financeira?

As principais características da Pirâmide Financeira se repetem: você será apresentado a uma promessa de ganho fácil, com um lucro grande e retorno garantido do seu investimento.

Ganhos extras ao indicar novos clientes e, um dos mais importantes: a falta de informação básica sobre o produto ou empresa responsável por tudo.

Numa linha do tempo da pirâmide, podemos classificar os passos da seguinte forma:

  • Quem aplica a fraude está no topo da pirâmide. É ele quem convida investidores para aplicar dinheiro em algum ativo financeiro rentável e seguro.
  • Você é apresentado à lógica da remuneração desse negócio imperdível: os investidores mais antigos são pagos com o dinheiro dos novos participantes.
  • Para sustentar o negócio e garantir o retorno prometido, você precisa recrutar novas pessoas, e as pessoas que você recruta precisam trazer mais pessoas, e assim por diante.
  • Matematicamente, só são necessários alguns ciclos para o negócio quebrar. Assim, quando as receitas diminuem, a remuneração dos investidores fica comprometida. Os pagamentos são interrompidos e quem investiu perde dinheiro. 

Qual a diferença entre marketing multinível e pirâmide? 

O esquema da pirâmide se aproveita da semelhança com outros tipos de negócios para iludir novos participantes.

É o caso do Marketing Multinível, que também trabalha com o recrutamento de pessoas, mas é permitido por lei.

Imagem formando um leque de notas de 50 reais

Também conhecido como marketing de rede, ele é usado por grandes empresas de venda porta a porta.

Você deve conhecer algumas, como Mary Kay, Avon, entre outras. Os criminosos da pirâmide se utilizam dessas estruturas parecidas, mas no Marketing Multinível os ganhos vêm da venda de produtos. 

É um modelo comercial que é sustentável. Já na pirâmide, a remuneração vai depender quase que exclusivamente de mais das taxas de adesão — elas podem ser justificadas pela aquisição prévia de produtos, treinamentos e outras. 

Estima-se que na pirâmide, mais de 85% dos seus integrantes tenham apenas prejuízos, ou seja, só os que estão no topo dela (pouquíssimas pessoas) vão lucrar alguma coisa com o negócio.

E, em poucos anos, ele quebra. 

Descubra como guardar dinheiro para pagar seu empréstimo corretamente

O que fazer se for vítima de uma pirâmide financeira?

Os especialistas indicam que o ideal nesses casos é reunir o máximo de provas sobre a existência do negócio, sua participação com os investimentos, e levar o seu dossiê a uma delegacia do consumidor.

Você pode contar com testemunhas, e-mails, mensagens trocadas, gravações e áudios, contratos, e mais. 

A contratação de um advogado também é indicada.

Ele pode propor na justiça uma indenização por danos materiais e morais, além de recorrer a algumas medidas para tentar reaver imediatamente os valores aplicados (e perdidos) na pirâmide.

O nosso Código Civil prevê a responsabilidade da empresa em restituir o capital investido. 

Pesquise investimentos

Ainda que seja necessário prestar atenção nesse tipo de negócio para não ser enganado, é importante que você não fique inseguro para cogitar investir o seu dinheiro.

Existem diversas outras maneiras de fazê-lo trabalhar para você sem ser de forma ilícita.

Desconfie sempre de promessas imperdíveis e lucros exorbitantes. No mais, você pode se informar melhor com investidores confiáveis e ainda buscar um empréstimo pessoal para aplicar da maneira que quiser.

No site do Bom Pra Crédito você encontra as melhores condições de juros e parcelamentos para o seu empréstimo pessoal, uma vez que as opções são apresentadas a você de acordo com o perfil que você se enquadra.

É como se fosse um shopping de crédito online seguro e sem custos adicionais para te ajudar a alcançar seus objetivos financeiros.  

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *