Pagar juros do cartão e cheque especial sai caro demais

Larissa Civita

| 3 minutos para ler

Pagar os juros do cartão e cheque especial é caro demais

Continua depois da publicidade

Quem está acostumado a pagar juros do cartão do crédito ou cheque especial precisa repensar suas escolhas, porque está pagando bem caro. É que tanto o cartão de crédito como o cheque especial possuem os juros mais altos do mercado.

A seguir, o Bom Pra Crédito esclarece por que o cartão de crédito e o cheque especial não são as melhores alternativas, como se livrar das dívidas e a melhor opção para quem está precisando de dinheiro.

Cartão de crédito: por que não é a melhor alternativa?

Os juros do crédito rotativo continuam subindo em 2018. De acordo com o Banco Central (BC), com o aumento, pelo terceiro mês consecutivo, a taxa média de juros atingiu 243,3% ao ano, em fevereiro.

O crédito rotativo funciona como um financiamento da dívida em aberto, ou seja, é como se o banco ou administradora do cartão emprestasse mais dinheiro para você. E, claro, esse empréstimo de emergência sai muito caro para o cliente.

Na tentativa de diminuir o índice de inadimplência dos consumidores, desde abril de 2017, passaram a valer as novas regras do cartão de crédito.

Em resumo, quando o cliente realiza o pagamento mínimo ou no valor entre mínimo ou total, o banco é obrigado a oferecer, na fatura do mês seguinte, uma opção de parcelamento da dívida do cartão de crédito. No parcelamento, também são cobrados juros – e são caros!

Pagar mínimo ou parcelar o cartão de crédito são alternativas caras para quem está enfrentando problemas financeiros. Se você pagou o mínimo, veja como se livrar da dívida do crédito rotativo.

Agora, se você ainda não pagou a fatura e está em dúvida sobre qual opção escolher, saiba que um empréstimo pessoal pode ajudar você a não só pagar a dívida do cartão de crédito também equilibrar o seu orçamento. Compare juros do cartão de crédito e empréstimo pessoal!

Cheque especial: por que não é a melhor alternativa?

Quem usa o cheque especial com frequência enxerga o dinheiro do banco como sendo complementar à renda, o que está longe de ser verdade.

O Banco Central divulgou a taxa média do cheque especial em fevereiro de 2018: 324,1% ao ano. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) divulgou em março que estuda possíveis mudanças no cheque especial ainda em 2018, a fim de reduzir o custo dos juros altos cobrados aos correntistas. No entanto, nenhuma alteração foi divulgada até o momento.

É importante dizer que o cheque especial é um serviço opcional oferecido ao correntista, ou seja, pode ser cancelado.

Se você está usando o cheque especial e não sabe como se livrar da dívida, leia as nossas dicas de como sair do cheque especial.

Procure se livrar da dívida do cheque especial o quanto antes, para não continuar pagando juros e perdendo dinheiro.

Fique atento: ao consultar o extrato bancário, o saldo total pode aparecer da seguinte maneira: saldo disponível na sua conta + limite do cheque especial.

Sempre que consultar o saldo da sua conta corrente, considere apenas o saldo disponível na sua conta corrente, excluindo o limite do cheque especial.

Se você está precisando de dinheiro, prefira uma linha de crédito mais barata do que o cheque especial, como o empréstimo pessoal.

Você também pode aproveitar o dinheiro para pagar a dívida do banco, se for o caso, e assim ficar com saldo positivo na sua conta bancária.

Pare de pagar juros altos: conheça as vantagens do empréstimo pessoal

  • Modalidade de crédito com juros menores que o cartão de crédito e cheque especial;
  • Contratação rápida e online: peça o seu empréstimo pessoal agora mesmo!
  • Não precisa justificar o motivo do seu pedido de empréstimo pessoal: você pode usar o dinheiro para qualquer finalidade, como quitar dívidas ou para viajar.
  • Escolha da data de vencimento ideal, de acordo com o seu orçamento pessoal;
  • Parcelamento na medida certa: você escolhe a quantidade de parcelas e valor ideais, que não pesam no seu bolso;
  • Possibilidade de descontos na antecipação de parcelas do seu empréstimo pessoal.

Chega de pagar juros abusivos! Aumente as suas chances de encontrar um empréstimo mais barato aqui no Bom Pra Crédito: com apenas um único cadastro, o seu perfil é avaliado pelos nossos parceiros e você tem mais chances de encontrar o empréstimo pessoal perfeito para o seu perfil, aquele que mais atende às suas necessidades. 

Aproveite agora mesmo!

Solicite seu empréstimo pessoal

Serviço gratuito, seguro e rápido.