Blog > O que é um carro alienado?
Empréstimo Pessoal - todas as financeiras num só lugar

O que é um carro alienado?

2018-05-29T16:22:27+00:00

O que é um carro alienado?

Quando um comprador financia um veículo por meio de banco ou financeira e escolhe o próprio veículo como garantia de pagamento da dívida, está optando por um contrato de alienação fiduciária. É uma opção de financiamento que costuma tornar a compra de um veículo mais barata.

Enquanto as parcelas do financiamento do veículo não forem quitadas, ou seja, o contrato de alienação fiduciária estiver em andamento, o dono ou dona do veículo financiado possui um carro alienado.

O carro alienado deve ter suas parcelas pagas em dia, caso contrário, o veículo pode ser tomado pelo banco ou financeira.

 

Conheça gratuitamente as opções de empréstimo:

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO PESSOAL

 

Posso vender um carro alienado?

Está pensando vender o seu carro alienado para comprar um novo veículo? O ideal é que você pague todas as parcelas do financiamento, para desalienar o carro, e só depois colocá-lo à venda.

Agora, se você está pensando em vender o carro alienado para se livrar da dívida, atenção: o contrato de alienação fiduciária estará ativo.

Há duas alternativas: pagar todas as parcelas e quitar o financiamento ou encontrar um novo comprador disposto a assumir a dívida e que queira pagar tudo ou assumir as próximas parcelas. Nessa última opção, é necessário que a transferência seja aprovada pelo banco ou financeira credora.

Caso encontre um novo comprador disposto a assumir a dívida, entre em contato com o banco ou financeira para saber se a transferência do financiamento do seu veículo está liberada e quais são os próximos passos.

O mais esperado é que o novo comprador tenha que passar por uma análise de crédito, como se estivesse adquirindo um novo veículo.

Não é tão simples assim, e pode não dar certo. Portanto, para vender o seu carro de maneira mais rápida, a melhor escolha é você mesmo quitar as parcelas que ainda faltam e ter o veículo liberado para venda, processo chamado de desalienação do veículo.

 

Posso comprar um carro alienado?

Quem está pensando em comprar um carro que ainda não foi quitado pelo antigo dono, deve analisar bem antes de adquirir a dívida, se isso for possível e liberado pelo banco ou financeira (credor).

Que tal buscar uma negociação com o vendedor, pagar as parcelas que ainda faltam e quitar o financiamento? Essa escolha pode ser vantajosa para ambos, para quem está precisando vender o carro e para quem está pensando em adquirir um veículo.

Isso porque, depois de ter as parcelas quitadas, o veículo deixa de ter restrição para venda e pode ser vendido normalmente, facilitando assim a transferência de documentação.

Antes de fechar a compra do carro usado e financiado, confira se as parcelas do financiamento até o momento presente estão pagas e que não há pendências passadas – só então feche o negócio. 

Peça um comprovante do que foi pago até o momento e procure confirmar as informações com a empresa credora. O contrato de compra e venda do carro alienado é indispensável para a segurança do vendedor e do comprador.

VEJA TAMBÉM  Dicas para economizar em uma viagem

Para comprar o carro alienado mais rápido, prefira negociar a quitação do financiamento com o vendedor. Um empréstimo pessoal pode facilitar e acelerar a compra de um carro usado.

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO PESSOAL

 

Posso contratar seguro para carro alienado?

Sim. O seguro para carro financiado não é o mesmo para carro comprado à vista. Os seguros para veículos alienados incluem cliente, seguradora e instituição financeira. A indenização também não funciona da mesma maneira.

No caso de carro alienado, a indenização total do veículo só é liberada após a quitação das prestações do financiamento.

A seguradora pode também se dispor a pagar para o cliente as parcelas que faltam para o término do financiamento.

O segurado também pode avaliar a possibilidade de usar a indenização para pagar a dívida com a financeira e adquirir um novo veículo.

 

» Leia também:  11 dicas para economizar no seguro de carro

 

Como funciona o financiamento de carros?

De acordo com o Banco Central (BC), as operações de crédito dividem-se entre operações de financiamento e de empréstimo. O próprio bem financiado pode servir de garantia (alienação fiduciária), tornando a operação mais segura para o banco ou financeira (credor) e os juros mais baixos para o consumidor.

No pedido de financiamento do carro, as instituições financeiras realizam a análise de crédito, avaliam o veículo a ser adquirido e, eventualmente, se o comprador possui outras garantias de pagamento da dívida.

O crédito direto ao consumidor (CDC) é o financiamento para a aquisição de veículos, entre outros bem duráveis, como imóveis. Ele é concedido por uma instituição financeira em parceria com a loja ou empresa que está vendendo o veículo, após realização de cadastro e análise de crédito do cliente.

Já o leasing funciona como um aluguel de veículo. O carro pertence ao banco ou financeira até a quitação das parcelas. O veículo passa a ser propriedade do comprador só depois do pagamento de todas as prestações.

 

VEJA TAMBÉM  Entenda as horas extras e banco de horas

Entenda a diferença entre as operações de crédito (empréstimo, financiamento e leasing) na tabela do Banco Central – BC:

Crédito da imagem: Banco Central do Brasil

 

Qual a diferença entre consórcio e financiamento?

Ao adquirir um consórcio de carro, que conta com um grupo de pessoas interessadas no mesmo bem, o comprador tem de pagar prestações e acompanhar os sorteios mensais: se for sorteado, pode retirar o carro.

É possível também oferecer um lance para quitação das parcelas que faltam e ser contemplado com o carro, quando o lance é escolhido.

Diferente do que acontece no financiamento, o valor das prestações de um consórcio sofre variações ao longo dos pagamentos: pode aumentar ou diminuir, de acordo com o preço do veículo na tabela durante o período.

Também não há cobrança de juros, apenas uma taxa de administração informada no momento do contrato.

 

» Saiba mais sobre: Diferenças entre empréstimo, leasing e financiamento

 

Pensando em trocar de carro ou comprar um novo?

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO PESSOAL