Mulheres investidoras: 09 brasileiras que alcançaram seus objetivos

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

mulher segurando computador e óculos de costas para parede rosa

Continua depois da publicidade

Se inspire nas mulheres que alcançaram o sucesso e saiba quais desafios elas venceram

Segundo estudo da B3 sobre o perfil dos investidores do país, até o final de 2020 existia cerca de 26% de mulheres investindo no mercado financeiro. Apesar do número parecer pequeno, aconteceu um salto no número de  mulheres investidoras.

O desejo por independência financeira inspirou essas mulheres a vencerem os desafios e começarem a investir. Confira a seguir as 9 brasileiras que conseguiram sucesso no mercado financeiro e saiba o que você deve fazer para ser uma delas.

mulher investidora sentada a uma mesa mexendo em seu computador e segurando uma xícara

Para aprender mais: 5 histórias de empreendedorismo feminino para você se inspirar

1. Luiza Helena Trajano

A conhecida empresária Luiza Helena Trajano investiu na abertura de capital e transformou a pequena empresa da família, o Magazine Luiza, na grande varejista do Brasil. Isso só foi possível graças à sua visão de negócio e a sua trajetória nos investimentos.

2. Oprah Winfrey

Vinda de uma família humilde, Oprah se tornou a maior apresentadora dos Estados Unidos e logo descobriu que teria sucesso se investisse seus lucros na TV, no mercado financeiro. Com isso, comprou ações em outras empresas e multiplicou em 8 vezes seus investimentos.

3. Geraldine Weiss

Na década de 1960 Geraldine Weiss lançou um boletim sobre investimentos que analisava os números das grandes companhias e recomendava os melhores investimentos. Décadas depois, seu boletim teve uma alta de 11,2% de rendimentos no mercado financeiro.

4. Eufrásia Teixeira Leite

Pioneira, Eufrásia foi a primeira mulher a investir na bolsa de valores no Brasil, em 1873. A brasileira usou o valor que herdou dos pais para investir na bolsa e conseguiu multiplicar seus rendimentos, em uma época em que as mulheres eram limitadas a cuidar do lar.

5. Cristina Junqueira

Outro grande nome no Brasil é o de Cristina Junqueira, sócia do Nubank. Cristina aproveitou o dinheiro que recebeu de uma rescisão de um banco em que trabalhava para entrar como co-fundadora da fintech.

6. Regina Camargo

Regina Camargo é considerada uma das mulheres mais ricas no Brasil. Com investimentos no mercado financeiro, conseguiu levar a empresa de sua família, a construtora Camargo Corrêa, a se tornar um dos maiores grupos econômicos de capital fechado do país.

7. Cleusa Maria da Silva

De origem humilde, Cleusa Maria se tornou uma empreendedora de sucesso com a rede Sodiê Doces. Cleusa começou com pouco e, após um investimento de cerca de 3 mil reais, tornou sua loja em uma das maiores varejistas de bolo e doces do Brasil.

8. Abigail Johnson

Assim como Geraldine Weiss, Abigail Johnson também apostou em empresas de investimentos. Herdeira de uma empresa de família, Johnson se tornou presidente da FIdelity Investments e multiplicou sua fortuna em 15 bilhões de dólares.

9. Sallie Krawcheck

Outra que se aventurou a investir em empresas do ramo financeiro foi Sallie Krawcheck, que já participou da presidência de inúmeras instituições financeiras. Hoje, ela comanda a Ellevest, uma empresa de investimentos voltada apenas para mulheres.

mulher de blazer branco segura pasta enquanto está parada ao lado de um prédio

Leia também: Como vencer as adversidades e fazer parte da história de mulheres empreendedoras

Como ser uma das mulheres investidoras de sucesso

Para saber como começar a investir e se tornar uma mulher investidora,  vale a pena seguir estas dicas: 

Estudar o mercado financeiro

Você deve saber o mínimo de como o mercado financeiro funciona para começar a investir. Entender o que é investimento, quais os tipos e as tendências de mercado, é um bom começo.

Ter confiança

Você precisa confiar nos seus conhecimentos sobre o assunto para ter mais liberdade no momento de investir. Sem medo de arriscar, será mais fácil alcançar ganhos.

Ter um planejamento

É preciso que você defina seus objetivos e, a partir deles, crie estratégias para conseguir atingir suas metas com mais tranquilidade.

Esperamos que as histórias dessas mulheres investidoras  te inspire a começar a aplicar no mercado financeiro. Desde os perfis mais conservadores ou moderados aos mais agressivos, foi através dos investimentos que essas mulheres conseguiram mudar suas vidas.

Se você quer começar agora mesmo, saiba que é possível até usar o FGTS para aumentar os investimentos

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *