Juros do empréstimo pessoal diminuíram, o que você pode ganhar com isso

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

homem de camiseta salmão comemorando de costas para uma parede amarela

Resumo da matéria

  • Por que os juros do empréstimo pessoal diminuíram?
  • Posso aproveitar que juros do empréstimo pessoal diminuíram para quitar dívidas?
  • Cuidados que devem ser tomados na hora de pedir empréstimo online

Continua depois da publicidade

Antes de pedir dinheiro emprestado, preste atenção nas dicas do Bom Pra Crédito

No dia 29 de julho de 2020, o Banco Central do Brasil divulgou uma informação importante para quem está com a conta no vermelho: os juros do empréstimo pessoal diminuíram!

Antes de tomar a decisão de pedir empréstimo, é importante entender o motivo dessa queda e qual é o objetivo do governo ao estipular taxas menores de juros.

Confira as dicas que preparamos para que realmente você tire o melhor proveito disso.

Por que os juros do empréstimo pessoal diminuíram?

A pandemia do novo coronavírus pegou todo mundo desprevenido. Nesse cenário que estamos vivendo, o isolamento social tem interferido diretamente na nossa vida financeira e na situação econômica do Brasil.

Como consequência, passamos a comprar cada vez menos. O problema é que com pouco dinheiro circulando no país, a gente corre o risco de criar problemas ainda maiores.

Um deles é a recessão, que surge quando a produção de produtos e serviços diminui porque não tem ninguém que compre o que está sendo oferecido.  Com isso, os lucros caem, o desemprego aumenta e a renda familiar é reduzida.

É justamente para evitar que o Brasil entre em um estado de recessão que o governo tem tomado uma série de medidas. A mais recente é a informação de que os juros do empréstimo pessoal diminuíram.

Com a taxa Selic a 2%, as linhas de empréstimo pessoal caíram 1,15% em comparação com o mês de junho de 2020.  Esses dados, compartilhados pelo Procon-SP revelam que os bancos estão contribuindo para reverter os efeitos da crise atual.

Posso aproveitar que juros do empréstimo pessoal diminuíram para quitar dívidas?

O melhor a ser feito nesse momento de incertezas é reajustar as despesas e mudar a relação que você tem com o dinheiro. Caso seja necessário pedir empréstimo pessoal, o ideal é fazer com que as parcelas caibam dentro do seu orçamento.

Para isso, comece por um bom planejamento. Coloque todas as suas contas na ponta do lápis. Todas mesmo, desde os gastos que você tem com o pão até as despesas mais altas, como financiamento do carro, da casa ou outros empréstimos.

Some tudo e veja se o seu salário  dá conta de pagar. Fechou o mês no azul? Então talvez não seja a hora de pedir empréstimo. Nesse caso, para fazer sobrar ainda mais dinheiro, comece reduzindo gastos.

Avalie quais são as contas que podem ser diminuídas e economize com água, internet, energia, lazer, entre outros elementos. Você não precisa abrir mão de nada, a ideia aqui é encontrar outras opções de custo menor.

Economizar é sempre bom, mesmo pra quem não tem nome sujo ou que fecha o mês direitinho, sem dever nada. No entanto, como entrar no vermelho pode acontecer de vez em quando, é possível aproveitar que os juros do empréstimo pessoal diminuíram.

Mas, antes de entrar no site do Bom Pra Crédito, o ideal é saber exatamente do quanto vai precisar pedir emprestado. Para isso, considere as seguintes informações:

Renegociação de dívidas: Entre em contato com o banco, loja ou outra empresa para quem você está devendo e proponha uma renegociação. Não tenha vergonha de pedir desconto e propor parcelas que caibam no seu bolso.

Portabilidade de crédito: Essa dica é uma boa opção para quem financiou a casa ou o carro. Nesse caso, basta entrar em contato com um banco  que oferece melhores condições de pagamento e aceite pegar a dívida e cobrar  juros menores.

Troca de empréstimos: Quem já está pagando parcelas de um empréstimo com juros altos, pode aproveitar para pedir outro empréstimo com taxas menores e trocar a dívida por parcelas menores.

imagem ampliada de uma pessoa segurando uma caneta e fazendo contas em uma calculadora

Veja também: Como simular empréstimo pessoal online?

Cuidados que devem ser tomados na hora de pedir empréstimo online

Tome cuidado para não cair em golpes de empresas que prometem a redução da taxa de juros, mas aumentam outras tarifas do CET (Custo Efetivo Total) do empréstimo. Leia todos os termos do contrato antes de assinar para não correr esse risco.

Caso opte pelo empréstimo online do Bom Pra Crédito, forneça todos os dados solicitados durante do cadastro. Quanto mais completas forem as informações, maiores são as chances de conseguir parcelas que cabem no seu bolso.

Calcule o valor exato de dinheiro que você vai precisar. Pedir mais do que o necessário pode deixar o valor das parcelas muito alto.

O contrário também não é bom, já que pedir menos dinheiro do que o ideal não resolve o problema e pode gerar ainda mais dívidas.

Vai aproveitar que os juros do empréstimo pessoal diminuíram? Conte com o Bom Pra Crédito para te encontrar as propostas de mais de 30 bancos, dependendo do seu perfil e necessidades.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *