Investir em Banco ou Corretora?

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

pessoa segurando calendário analisando laptop com gráficos em pizza e em torre sobre rendimento em banco ou corretora

Continua depois da publicidade

Qual dos dois é mais seguro e qual deles vai fazer o seu patrimônio render mais? Descubra aqui!

A resposta para essa pergunta segue um preceito muito simples: o da oferta e procura. Mas, e aí, vale mais a pena investir em banco ou corretora?

Você sabe qual é a real diferença de investir em um Banco e procurar uma Corretora de Valores? Nas Corretoras as ofertas são mais amplas, já que elas oferecem aplicações de várias instituições financeiras, entre elas os próprios Bancos.

As grandes instituições financeiras contam com uma vantagem que é já ter uma cartela de clientes muito grande, que são as pessoas com conta corrente nos Bancos.

Quem é apenas correntista no banco e não conhece muito de investimentos talvez nem saiba da existência da Corretora de Valores. Isso é normal porque muita gente acha que isso é para quem tem milhões para investir. 

Muitas vezes isso acontece por conta da comodidade mesmo, o Banco oferece algum investimento de baixo risco e os correntistas acabam aceitando investimentos ali “dentro da casa” mesmo.

Mas, é preciso pensar que por essa ótica os Bancos não precisam se esforçar para oferecer rendimentos melhores.

Já as Corretoras de Valores, sim. Elas precisam atrair novos investidores, então o natural é que elas se preocupem com isso e ofereçam aplicações com remunerações mais atrativas.

Isso quer dizer que se você for apenas um cliente normal do seu banco, precisa ficar atento a um detalhe.

Pode ser que você esteja recebendo propostas de investir com retorno financeiro que fica abaixo da média de mercado, só porque o seu banco imagina que você não viu ainda o mundo de possibilidades que seus clientes podem ter nessa área.

Mas e se o fundo que eu investi na Corretora falir?

Sim, tudo o que é “novo” pode ser visto como inseguro, mas saiba que não existem muitas diferenças em relação à segurança entre Corretora e Banco quando o assunto é investimento.

Ambos possuem mecanismos que protegem o seu cliente em caso de falência.

No caso das Corretoras, que oferecem opções de aplicações como Fundos de Investimentos, os clientes que escolhem essa modalidade também estão protegidos.

Os fundos têm CNPJ próprio, isso quer dizer que se o fundo falir, ele pode ser repassado para um novo gestor. Nesse caso ninguém é afetado pela falência.

Já os bancos, que podem oferecer investimentos de renda fixa como CDBs, LCIs e LCAs, ou seja, você empresta dinheiro ao banco em troca de rendimentos mais seguros, também são protegidos de falência. No caso deles, pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC). 

O FGC é mantido pelos próprios bancos para garantir a segurança do sistema financeiro.

Se o emissor desses títulos quebrar, o fundo reembolsa o prejuízo ao investidor até o limite de 250 mil reais. Isso também é válido para quem investe em CDBs, LCIs e LCAs por meio de corretoras.

Leia mais: O que Investimento? Tipos, Benefícios, Dicas, e Como Começar

Preste atenção nisto para investir em banco ou corretora:

pessoa segurando caneta preta analisando gráficos dos resultados entre bancos e corretoras

Segurança

Você precisa estar ciente dos riscos que corre fazendo qualquer investimento, e se preferir tomar decisões mais conservadoras, tudo bem. O que você não pode abrir mão de jeito nenhum é da segurança.

Escolha um banco ou uma corretora da sua confiança, você pode comparar diversas instituições pesquisando sobre a satisfação de outros clientes no mercado, verificando taxas, variedade de portfólio.

Rentabilidade

Como já falamos, as corretoras costumam ter mais variedade e ofertas mais promissoras de rendimentos do que os bancos. Isso porque em geral eles não perdem muito tempo com pequenos investidores. 

Fique de olho em quanto o seu dinheiro vai render e compare para fazer a sua escolha.

Diversificação de investimentos

O primeiro mandamento do investidor é a diversificação de onde ele investe o seu dinheiro. Pelo mesmo motivo do argumento anterior, pode ser que você nem tenha acesso a certos investimentos no seu banco.

Procure a ajuda de alguém que entende bem do mercado e poderá te explicar de maneira bem didática quais são as suas opções diante da sua realidade financeira.

Por exemplo: no que você pode realmente investir? Só desse jeito você pode crescer.

Taxas e tributos

As taxas e tributos que você paga por causa de um investimento afetam diretamente a sua rentabilidade.

Afinal, de que adianta fazer uma aplicação se você tiver mais encargos para pagar do que o próprio título rendeu? A conta não fecha.

É por isso que você precisa ficar muito atento, pois com as melhores condições você pode maximizar os seus lucros.

Em geral as corretoras também apresentam taxas e tributos menores do que os grandes bancos.

Praticidade

Aposte na praticidade e não na comodidade. A segunda opção pode te fazer amargar rendimentos abaixo dos satisfatórios só porque você não quer sair da zona de conforto.

As Corretoras costumam ter aplicativos focados em investimentos que são bem fáceis de usar, procure saber sobre eles e você pode se surpreender.

Em geral o seu banco só está te oferecendo aplicações menores e você está perdendo muitas oportunidades do mercado financeiro ficando preso às sugestões limitadas que o seu gerente dá. 

Viu só como uma escolha simples entre Banco ou Corretora pode fazer a diferença na hora de investir?

E você, está com a saúde financeira em dia? Se a resposta for não, considere um empréstimo pessoal para quitar dívidas de uma só vez com descontos reais.

calculadora e caneta pretas sob gráficos de rendimento entre corretora ou banco

Leia mais: Gastos Diários: Dicas e 18 aplicativos para Controlar Seu Dinheiro

Agora se está tudo em cima mas só te falta dinheiro, também existem opções para quem precisa de um empréstimo para investir. No Bom Pra Crédito você conta com uma plataforma que analisa entre mais de 30 instituições financeiras parceiras as melhores taxas e parcelas para você. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *