Independência financeira: como se programar para atingi-la ainda em 2020

Larissa Civita

| 4 minutos para ler

homem usando óculos vestindo camisa com listras celebrando algo que viu em seu laptop que está sobre uma mesa e ao fundo uma janela

Continua depois da publicidade

Em um ano, você paga suas dívidas, consegue economizar e, ainda por cima, vai poder investir dinheiro sem sofrimento

Uma das nossas metas ao longo da vida é conquistar a tal da independência financeira. Para conquista-la, não existe fórmula mágica, ou seja, não dá para dormir e acordar no dia seguinte sem preocupações com o dinheiro.

É preciso ter bastante disciplina, conhecimento, foco e força de vontade. Por isso, leia esse artigo com atenção e descubra quais são os passos que você deve seguir para cuidar do seu dinheiro com sabedoria.

Afinal, o que é independência financeira?

Quando a gente vai crescendo e aprendendo a cuidar do próprio nariz, é comum depender cada vez menos dos nossos pais.

Terminamos os estudos, arrumamos um trabalho e começamos a pagar as próprias contas.

Então quer dizer que já conquistamos nossa independência financeira? Ainda não!

Ter uma vida organizada quando o assunto é dinheiro é muito mais complexo do que simplesmente arcar com as contas da casa.

Ser independente financeiramente é saber administrar o que se ganha e o que se gasta.

Mais do que isso, é fazer o dinheiro render, poupar, conseguir renda extra e saber resistir ao consumo de coisas que não são tão necessárias assim.

Leia mais: Trabalho Home Office, veja 07 profissões que você pode realizar do sofá de casa

grupo de 5 pessoas sendo três mulheres e 2 homens sobre uma mesa estudando independência financeira

Ano Novo, metas novas

O ano de 2020 começou a todo vapor. Você já parou para dar uma analisada na sua conta bancária, despesas essenciais e metas que pretende alcançar? Ainda não?

Então pegue um caderno ou instale um aplicativo de finanças que a gente vai te ajudar.

Coloque tudo na ponta do lápis. Mesmo se isso parecer assustador e você perceber que anda gastando mais do que pode. Esse choque de realidade é necessário nesse início.

É ele que vai te tirar da zona de conforto e te fazer acordar para a vida.

Para começar sua jornada rumo à independência financeira, escreva as metas que você pretende alcançar até o final do ano. Mas, cuidado! Elas devem ser reais.

Metas muito grandes podem desestimular, principalmente se você estiver no vermelho. 

O que você quer? Sair da casa dos seus pais, pagar as dívidas, viajar, fazer um curso?

Dependendo da sua organização, você pode conseguir tudo isso ao mesmo tempo. Com as metas anotadas, vamos aos passos para realiza-las.

Aprenda a gastar para se tornar independente

Comece a analisar para onde seu dinheiro está indo. Com o que você gasta mais? Isso pode ser diminuído? Anote tudo o que você paga e avalie. O hábito do registro vai te fazer identificar onde você pode economizar.

Se você está gastando muito com almoço, que tal aderir ao estilo dos marmiteiros e fazer sua própria comida? Os gastos são com roupas? Então proponha o desafio de ficar 1 ano sem comprar uma peça, por exemplo.

Isso pode ser feito em diferentes contextos. Diminua seu plano de internet, fique menos tempo no chuveiro para economizar água e energia e divida as assinaturas da Netflix e Spotfy com familiares e amigos.

Comece a investir

Se você levar a sério as dicas que apresentamos no tópico anterior, é natural ver  dinheiro sobrando na sua conta, certo? Use-o para investir No Tesouro Direto, por exemplo, você pode começar investindo 30 reais por mês.

Se você não sabe como fazer isso, é só começar a seguir influenciadores digitais que dão dicas de educação financeira. Você vai ver que não é um bicho de sete cabeças e que o governo não vai roubar seu dinheiro.

Conte com planos B, C, D, E…

Tudo bem que a situação econômica do nosso país não está lá essas coisas. Mas, isso não é motivo para você cruzar os braços e colocar a culpa na taxa Selic.

Use a criatividade para ganhar uma renda extra.

Aproveite o que você sabe fazer e os elogios que recebe para ganhar dinheiro com isso.

Pode ser docinhos para vender no trabalho, aulas particulares, cuidar dos pets de quem viaja, revisar textos, entre outras possibilidades.

O importante é usar seu talento para conquistar independência financeira.

Isso pode dar tão certo que você vai abrir sua própria empresa sem dificuldades e com a maior naturalidade do mundo. 

Leia mais: Faltou dinheiro no fim do mês? Confira o que pagar primeiro e erros que te impedem de sair do vermelho

grupo de cinco jovens se cumprimentando com um high-five

Pague suas dívidas

Com bastante organização, você consegue pagar tudo o que deve, limpar seu nome e  guardar dinheiro ainda neste ano. Para isso, o ideal é pedir um empréstimo online.

Esse tipo de serviço, oferecido pelo Bom Pra Crédito em parceria com mais de 30 bancos, vai te ajudar a encontrar as melhores taxas e condições de pagamento, dependendo do seu perfil financeiro.

Mas, antes de solicitar o empréstimo, vá até os lugares onde você deve e proponha uma negociação.  Não tenha vergonha de pechinchar sua dívida e pedir desconto para pagamentos à vista.

Com isso, você ficará livre de juros e multas e poderá se organizar para ter sua independência financeira mais rápido do que você imagina.

Ah!

Outra dica importante: pegue emprestado apenas o valor de que você precisa para não fazer mais dívidas.

E aí? Pronto para fazer seu dinheiro render e trabalhar para você?

Aproveite para compartilhar essas informações com outras pessoas para que elas também possam descobrir que é possível manter uma vida financeira saudável com pequenas atitudes. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *