IGP-M acumulado. Entenda a alta deste imposto e no que ela impacta em sua vida

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

homem de camisa sentado a uma mesa fazendo cálculos com uma claculadora e anotações em um papel. A frente, é possível observar gráficos e linhas na cor branca

Resumo da matéria

  • Para que o IGP-M é usado?
  • O que é IGP-M Acumulado?
  • Como o IGP-M é calculado?
  • Por que o IGP-M acumulado é importante para o mercado?

Continua depois da publicidade

Descubra o que é IGP-M acumulado e compreenda de que forma ele atinge os preços dos produtos e serviços que consumimos no nosso dia a dia

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) é um termo usado para indicar a inflação. Calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), ele é popularmente conhecido como inflação do aluguel.

Isso significa que ele serve de base para ajustes de contratos imobiliários. No entanto, apesar de ter esse contexto de cálculo, o IGP-M interfere diretamente nos preços de diversos produtos ou serviços que não possuem relação direta com imóveis.

É justamente por isso que é importante ficar por dentro da tabela de IGP-M acumulado. Afinal, ela serve para indicar as mudanças de valor na moeda e as constantes alterações nos preços.

Para que o IGP-M é usado?

Como já dissemos, o valor do índice IGP-M é considerado uma das bases para o reajuste de uma série de tarifas e contratos.

Em outras palavras, ele determina, por exemplo, o preço da conta de energia, da mensalidade da escola e da prestação do carro.

Como esses exemplos, fica mais fácil compreender sua importância e de que forma ele interfere diretamente na nossa vida financeira. Vale lembrar que o IGP-M também interfere nas carteiras de investimentos.

O que é IGP-M Acumulado?

O IGP-M acumulado é um cálculo feito com base nos valores mensais desse índice. Ele é realizado a partir dos juros compostos, os famosos juros sobre juros.

Considerando o período entre janeiro e novembro de 2020, o IGP-M acumulado foi de 21,9682, conforme a tabela a seguir indica:

2020
MÊSMensal %Acumulado nos últimos12 meses %Acumulado no ano %
Janeiro0,487,82230,4800
Fevereiro-0,046,83890,4398
Março1,246,81781,6853
Abril0,806,69082,4987
Maio0,286,51032,7857
Junho1,567,31334,3892
Julho2,239,26936,7171
Agosto2,7413,02059,6411
Setembro4,3417,937414,3995
Outubro3,2320,924518,0947
Novembro3,2824,517321,9682

Fonte: Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), da Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Veja também: IOF: o que essas 3 letrinhas têm a ver com a sua vida?

Para ter acesso aos dados atualizados e acompanhar a evolução desse índice mês a mês, basta acessar o portal do Instituto Brasileiro de Economia (IBRE). Ele oferece dados detalhados sobre a interferência desse índice em diversos setores da economia.

Como o IGP-M é calculado?

Como já dissemos, o cálculo do IGP-M é realizado a partir de juros compostos. Além disso, o índice é formado pelo Índice de Preços por Atacado- Mercado (IPA-M), Índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M) e Índice Nacional do Custo da Construção – Mercado (INCC-M) com pesos de 60%, 30% e 10%, respectivamente.

A base de cálculo é estabelecida a partir de critérios rígidos de pesquisa de preços em várias regiões do Brasil. Geralmente, essa pesquisa é feita entre o dia 21 do mês anterior até o dia 20 do mês atual.

Por que o IGP-M acumulado é importante para o mercado?

O IGP-M acumulado, como já dissemos, é medido pela FGV, instituição privada confiável que realiza uma série de pesquisas a respeito da economia brasileira. Isso significa que ele é o termômetro da nossa vida financeira.

Vale dizer que os indicadores usados pelo IBRE medem diferentes setores da economia, como bens de consumo e bens de produção. Também são considerados alimentos, bebidas, medicamentos, aluguel, transporte, vestuário, cartório, correios, entre outros.

As informações obtidas são avaliadas e, a partir delas, os índices mensais são gerados. Dessa forma, é possível compreender melhor o comportamento da economia e evitar, por exemplo, diferenças muito grandes na comercialização de produtos e serviços.

Em outras palavras, o IGP-M abrange toda a população, independente da renda, escolaridade, padrão de consumo e por aí vai. Ou seja, ninguém fica de fora desse índice e, certamente, você é impactado por ele todos os dias.

Com essas informações, você já pode compreender porque os preços dos produtos e serviços que você usa sempre variam. Agora que você já sabe o que é IGP-M acumulado, continue aqui no nosso blog para conhecer outros termos da economia do Brasil.

O Bom Pra Crédito disponibiliza uma série de conteúdos gratuitos para te ajudar a controlar melhor seu dinheiro e sempre tomar as melhores decisões. Ah, e conte conosco caso esteja precisando de um empréstimo pessoal, também!

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Avatar

    resumos de novela

    Artigo interessante, irei até retornar ao seu site com mais
    frequência, para mais artigos como estes. Obrigado. 🙂

    Responder