Entenda as horas extras e banco de horas

Larissa Civita

| 2 minutos para ler

Entenda as horas extras e o banco de horas

Continua depois da publicidade

Entenda as horas extras e o banco de horas

Conhecer os direitos do trabalhador é fundamental para os profissionais que trabalham sob o regime CLT, afinal de contas, passamos um terço das nossas vidas trabalhando e não podemos perder nenhum benefício ao longo dos anos.
A Constituição prevê aos cidadãos jornada normal de trabalho que não ultrapasse oito horas diárias ou quarenta e quatro horas semanais. E para variação no tempo da jornada de trabalho existe as opções de horas extras e banco de horas que vamos explicar agora para você.

O que é Hora Extra

A Hora Extra inicia quando o trabalhador ultrapassa 10 minutos da sua jornada de trabalho com o limite de até duas horas.

Nessa situação, cabe a ele receber o valor equivalente a hora normal de trabalho e 50% adicional (em dias uteis) ou 100% aos domingos e feriados.

  • Vantagens: as horas acumuladas podem ser utilizadas para ausências.
  • Desvantagens: nessa modalidade os funcionários sempre receberão o mesmo salário.

O que é Banco de Horas

O Banco de Horas funciona como uma compensação das horas excedentes na jornada de trabalho. Diferente da Hora Extra que recompensa em dinheiro, o Banco de Horas dá ao trabalhador o direito de descontar essas horas da sua jornada de trabalho.

Ou seja, ele pode entrar mais tarde no dia seguinte ou sair mais cedo, descontando as horas que trabalhou a mais. O trabalhador pode ainda negociar uma folga a mais na semana.

  • Vantagens: elevação do salário com o acréscimo das horas extras
  • Desvantagens: o funcionário não acumula horas para desconto em ocasiões que precisar.

Agora que você já entende as horas extras e banco de horas confira estes posts relacionados:

» Entenda o que é MEI e como fazer

» Descubra se vale a pena ser CLT ou PJ

» Saiba tudo sobre o Seguro Desemprego: como consultar, dar entrada e sacar o benefício