Economia brasileira, guia completo do setor

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

imagem de cédulas de 100 e 50 reais

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Descubra agora por que saber o que é e como funciona a economia brasileira é importante para a organização da sua vida financeira

Como está a economia brasileira?

Quando a gente escuta esse tipo de pergunta, logo pensamos em duas coisas: está tudo caro e o salário continua o mesmo.

Esse raciocínio não está errado, mas, e se a gente for um pouco além disso?

Saber exatamente o que significa economia brasileira e entender de que forma ela interfere na nossa vida é uma das coisas que nos ajudam a manter nossa vida financeira em ordem.

Pensando nisso, a gente decidiu dividir com você algumas informações importantes sobre esse setor. 

Veja agora: Como a política econômica afeta a sua vida

O que é economia brasileira?

A Economia é a ciência que diz respeito à produção, distribuição e o consumo de bens e serviços.

E o que isso significa? Basicamente, isso quer dizer que ela se refere às medidas que devemos tomar para aumentar nossa riqueza ou diminuir a pobreza, ou seja, manter nosso orçamento em equilíbrio.

Quando você fala que não ligará o chuveiro ou o ferro em horário de pico para economizar, significa que está pensando em diminuir os gastos com a conta de energia.

imagem de cédulas de 100 e 50 reais

Nesse caso, você pode aumentar sua riqueza com o dinheiro que economizou, ou diminuir a pobreza, controlando os gastos quando o orçamento está apertado.

Quando a gente fala em economia brasileira, o conceito é bem parecido com esse exemplo, mas, claro, com um nível de complexidade um pouco maior.

O Governo, assim como nós, precisa administrar a casa, que é nosso país.

Isso significa criar medidas que permitem que todas as pessoas possam usufruir dos recursos de forma sustentável e equilibrada.

Por isso, os órgãos governamentais devem organizar o que é produzido, distribuído e consumido dentro do nosso território. 

Quem cuida da economia do Brasil? 

O Ministério da Fazenda é responsável por cuidar da economia do país. Ele conta com diversas funções e uma delas é planejar e executar a política da economia brasileira.

Para isso, ele conta com diversas instituições, como o Banco Central e a Secretaria do Tesouro Nacional, Receita Federal, entre outras. 

O ministro da fazenda é a figura de maior importância no ministério.

Ele é responsável por administrar as chamadas política fiscal e política monetária. Entenda o que significa cada uma delas:

Política fiscal: Se refere à gestão do quanto de dinheiro entra e sai dos cofres públicos.

Assim como acontece com a gente, o Governo Federal possui um orçamento, que é obtido, basicamente, dos impostos. Ele deve saber usá-lo para pagar as contas.

A maneira como ele gerencia os gastos está relacionada à política fiscal.

Dessa forma, se o Governo gastar mais do que arrecada, ele entra em uma situação de déficit fiscal, ou seja, de saldo negativo. 

Se isso não for controlado, o país entra em crise. Os gastos devem ser direcionados para que haja equilíbrio e bem-estar da população.

Com isso, o dinheiro poderá ser distribuído corretamente para os setores de educação, saúde, segurança, lazer, entre outros. 

imagem de um galho de árvore com uma moeda de 50 centavos "botando" dela

Política monetária:  Está relacionada à quantidade de dinheiro que o Governo determina que pode circular no país.

Dessa forma, ele pode incentivar a produção em curto prazo, o que pode causar o aumento da inflação porque a oferta de produtos é maior do que a procura. 

O contrário também pode acontecer. Para conter a inflação, o Governo desestimula a produção em curto prazo.

Nesse caso, as empresas podem param de produzir, o que pode gerar desemprego.

Portanto, é necessário que haja gestão equilibrada da política monetária. 

Leia mais: Guardar dinheiro em casa, será que ainda tem gente que faz isso?

Quais os principais termos da economia brasileira?

Existem várias palavras que fazem parte do vocabulário das atividades que envolvem a economia brasileira.

Listamos as que mais são faladas em noticiários, sites e redes sociais para você entender o que significa cada uma delas:

Ação:

Nome dado ao documento que indica o poder sobre o capital, ou seja, sobre os recursos financeiros de uma empresa.

As ações servem para indicar o quanto uma pessoa que detém esse documento pode participar nas decisões e qual é a parte dos lucros que ela tem direito. 

Balança comercial: 

Diz respeito ao cálculo que é feito sobre o que se exporta, ou seja o que é vendido para outros países e o que se importa, ou seja, o que se compra dos outros países.

O resultado dessa conta é a balança comercial.

Quando as exportações são superiores às importações, diz-se que a balança comercial apresentou um superávit. 

Nesse caso, o Brasil vendeu mais do que comprou. Quando as importações são maiores, ocorre um déficit, que indica que o país comprou mais do que vendeu.

Banco Central do Brasil:

Órgão responsável por administrar o sistema financeiro e as instituições bancárias do Brasil que regulamenta as atividades de compra e venda de produtos financeiros, como o empréstimo pessoal.

O Banco Central também é responsável pela emissão de dinheiro em papel e metal que circula no país. 

Câmbio:

Taxa que existe na troca do real por uma moeda estrangeira, como o dólar, por exemplo. O valor do câmbio é definido pelos países que são mais fortes economicamente.

IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Ampliado):

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) avalia a evolução de preços e sua relação com o consumo das famílias que possuem renda entre 1 a 40 salários mínimos.

Esse índice é medido mensalmente em diversas regiões do Brasil. 

Juros:

Lucro que o dono ou o administrador do dinheiro ganha quando concede um empréstimo.

O valor dos juros é medido em porcentagem.

Ele tem como base a taxa Selic e é definido de acordo com o valor que será emprestado, a quantidade de parcelas e o CET, Custo Efetivo Total da dívida. 

PIB (Produto Interno Bruto):

Valor que se obtém a partir da soma de bens e serviços gerados por todas as pessoas, instituições e empresas brasileiras no período de um ano.

O PIB é usado para medir e comparar o crescimento da economia brasileira.

Quando ele é menor ou igual em relação aos anos anteriores, isso quer dizer que o país não cresceu.

Previsões da economia do Brasil para 2020?

Um relatório publicado pelo IBRE-FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas) indica que a economia brasileira terá um desempenho mais positivo em comparação com o ano de 2019.

A expectativa do instituto é que a atividade econômica quase dobre. Há previsões de um crescimento de 2,2% do PIB (Produto Interno Bruto) em 2020. Como a gente explicou, esse número indica que o país está crescendo.

E o que essas previsões interferem em nossa vida financeira? Com a economia em equilíbrio, a gente pode se organizar para controlar nosso orçamento e cuidar do dinheiro com mais tranquilidade.

Se tem uma coisa que a crise econômica pela qual estamos passando nos ensinou é estudar sobre finanças e organizar melhor nossos gastos e investimentos.

Não é à toa que a previsão para este ano é que os brasileiros guardem dinheiro em 2020.

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revelou que investir no Tesouro Direto ou em ações é a principal meta financeira do brasileiro para este ano.

Das pessoas que foram entrevistadas, 49% responderam que vão estudar sobre o mercado financeiro para descobrir em que investir.

Além delas, 30% responderam que investirão em viagens. A compra ou reforma da casa ficou em terceiro lugar, com 28%.

Por fim, 27% dos entrevistados disseram que irão pagar as dívidas e sair do vermelho em 2020.

Se essa for a sua meta, não deixe de acompanhar os índices da taxa Selic antes de pedir um empréstimo.

Nesse caso, o ideal é solicitar o serviço em uma plataforma que possui parceria com mais de 30 instituições financeiras.

O Bom Pra Crédito é uma empresa de empréstimo online que oferece as melhores taxas e condições.

Com isso, você saberá administrar seu dinheiro com mais tranquilidade.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *