Dicas para enfrentar a crise financeira

Larissa Civita

| 2 minutos para ler

Dicas para enfrentar a crise financeira

Continua depois da publicidade

Dicas para enfrentar a crise financeira
Dicas para enfrentar a crise financeira.

Diante de um cenário econômico difícil, com o país em crise financeira e alta inflação, o consumidor sofre com os preços dos serviços e produtos, ao mesmo tempo em que o desemprego aumenta. Para superar a crise, é preciso ter controle financeiro e ficar atento com os gastos desnecessários.

 

Confira abaixo nossas dicas de como enfrentar a crise financeira!

 

1) Equilibre os gastos
O jeito mais fácil de fugir da crise financeira é colocar todas as despesas na balança e priorizar as mais importantes, como água, alimentação e energia elétrica, que são as necessidades básicas. Juntas, essas despesas impactam consideravelmente a renda mensal. Isso significa que, quanto menor o gasto, mais alívio para o bolso. Considere também reduzir serviços, como internet e TV por assinatura, mesmo que temporariamente. Controle tudo em uma planilha de gastos.

 

2) Ajuste seu estilo de vida
Durante a crise financeira, a mudança de hábitos é essencial para não ficar sem dinheiro. Exemplo clássico é o cafezinho na rua diariamente. A soma dos gastos diários é que deve ser levada em consideração. Outras despesas que podem ser revistas são: academia, vestuário, gasolina, almoço e lazer. Opte por praticar exercícios físicos ao ar livre, caminhar até o trabalho, passear no parque. Aproveite o que não custa nada e ainda faz bem à sua saúde.

 

3) Pague suas Dívidas
Quando a situação apertar, procure opções para pagar as contas mesmo sem dinheiro. O fato de não pagar as dívidas pode piorar ainda mais a sua situação financeira. No caso de dívidas com juros altos, como cartão de crédito ou cheque especial, a dica é buscar créditos com juros menores, como o empréstimo pessoal, com parcelas que cabem no seu bolso. Para te ajudar, o Bom pra Crédito busca as melhores condições de crédito, rápido e sem custo.

 

4) Procure uma renda extra
Fontes alternativas de renda são sempre bem-vindas para driblar a crise financeira. Você pode aproveitar o que sabe fazer para ganhar mais dinheiro. Use as redes sociais para divulgar seu serviço e, assim, conquistar clientes com mais facilidade. Você também pode vender coisas que não utiliza mais, que apenas ocupam espaço na sua casa. Agora é a hora de exercitar a sua criatividade, porque as pessoas estão buscando pagar menos por serviços e produtos.

5) Economize nas compras, pesquise preços
O aumento no preço de alimentos e outros itens de supermercado é resultado da aceleração da inflação brasileira. Para economizar mais dinheiro, a dica principal é preparar um checklist antes de ir às compras e, sempre que possível, fazer compras sem fome. Dessa maneira, fica mais fácil resistir às tentações das prateleiras. Lembre-se de priorizar os itens básicos e trocar as marcas mais caras por mais baratas. Pelo menos, enquanto a crise durar.

 

 Quer saber quanto poderia pegar de Empréstimo Pessoal para trocar dívidas?

Cote agora mesmo! É sem custo e sem compromisso!