Dicas de finanças para quem vai casar

Larissa Carvalho

| 2 minutos para ler

Dicas de finanças para quem vai casar

Continua depois da publicidade

Um novo casal precisa se preocupar em manter o orçamento doméstico em dia. É necessário que marido e mulher se respeitem inclusive no que se refere às contas bancárias.

Sempre é bom, para evitar conflitos, separar uma parte da renda para que cada um gaste sem ter de dar satisfações.

O restante pode ser direcionado para um caixa comum, proporcionalmente ao salário de cada cônjuge, para pagar as contas da casa, sem atrasos, conforme a prioridade estabelecida previamente.

Controle os gastos antes e depois de casar

Facilita muito a vida financeira a dois por tudo numa planilha de gastos, desde as grandes até as pequenas despesas: gastar R$ 1,50 por dia num doce significa ter menos R$ 45,00 no final do mês.

Além disso, é necessário fazer uma reserva para extras como presentes para parentes próximos, remédios eventuais ou um jantar romântico.

Evite o desperdício

Também vale evitar desperdício de alimentos, fazendo compras semanais e priorizando o consumo conforme os prazos de validade.

Fique de olho nos benefícios de seus cartões de crédito. Se for viável, é bom unificá-los para economizar em anuidades.

Fale sobre finanças

Acima de tudo, para casar, o casal deve ser franco e transparente ao falar de dinheiro, dando opiniões objetivas e abrindo espaço para que o outro também se manifeste.

O casamento dos seus sonhos está saindo mais caro do que você imaginava? Empréstimo pode ser a solução:

Solicite seu empréstimo pessoal

Simule crédito com parcelas que cabem no seu bolso

Planeje a vida a dois

Mais: desde a hora do “sim”, no altar, o casal deve pensar em planos de saúde e aposentadoria!

✉️ Você gostou deste post? Então aproveite a visita para assinar a nossa Newsletter. Assim você vai receber dicas e novidades sobre finanças pessoais no seu e-mail! 😉

Veja também mais dicas para organizar o casamento com economia: