Blog > Como organizar suas despesas
Empréstimo Pessoal - todas as financeiras num só lugar

Como organizar suas despesas

Como organizar suas despesas

Primeiro passo: anotar todas despesas num papel ou planilha.

Organizar as despesas, ou seja, o orçamento doméstico, pode parecer uma tarefa difícil, porém a organização das despesas é indispensável para quem busca um equilíbrio financeiro, que é aquele “respiro” no fim do mês. Ela não só ajuda a manter a vida financeira mais tranquila, como também facilita o planejamento com gastos de curto e longo prazo.

Por exemplo, se você quer comprar uma TV no próximo mês, com a organização das finanças, consegue saber de antemão se a nova TV pode ou não prejudicar o seu bolso. O mesmo raciocínio pode ser aplicado para compras maiores, como uma viagem ou um carro: com as despesas em dia, tudo é possível. 

A seguir, o Bom Pra Crédito esclarece tudo que você precisa saber para organizar as despesas de uma vez por todas!

 

Organizando as despesas: primeiro passo

Você já parou para se perguntar se você gasta mais dinheiro do que ganha? Parece complicado responder essa pergunta, não é mesmo?  Só existe um jeito de ter certeza: esclarecendo quanto você ganha e quanto você gasta. Então, vamos lá!

O primeiro passo é anotar, no papel ou em uma planilha de orçamento, sua renda (salário e extras) e seus gastos mensais:

  • gastos fixos – que são as despesas altamente necessárias para a sua sobrevivência, como moradia, alimentação, transporte e saúde;
  • gastos variáveis – que são os gastos que poderiam ser descartados, como lazer, roupas, restaurante, entre outros.

Apesar de serem dispensáveis, os gastos supérfluos fazem parte de uma boa qualidade de vida, desde que o bolso não seja prejudicado.

Portanto, não tenha medo de anotá-los: o quanto você gasta (em média) por mês com lazer, como cinema e teatro? O quanto você gasta por mês comprando roupas, sapatos e acessórios?

Há um infinidade de perguntas que podem ser feitas em relação ao seu dinheiro (e como ele é gasto todo mês), e esse é o momento para não deixar passar nada.

Quando todos os seus gastos fizerem parte de um planejamento financeiro, vai ficar mais fácil manter o seu bolso em dia.

 

Organizando as despesas: análise da situação

Agora que você já sabe o quanto ganha e o você gasta por mês, avalie se a situação é tranquila, alarmante ou assustadora:

Tranquila

É quando você paga todas as suas contas sem atrasos; não usa cheque especial; não compromete o limite do cartão de crédito; economiza o dinheiro sem sacrifícios; tem guardado uma reserva para situações de emergência; sobra, pelo menos, um pouco do seu dinheiro para investimentos e viagens.

O que fazer: você está no caminho certo, continue assim. Para manter o bolso em dia, anote diariamente os seus gastos.

 

Alarmante

É quando você paga as suas contas, mas não respeita à risca os vencimentos; usa o cheque especial em um momento de emergência; tem de fazer sacrifícios para não ficar sem dinheiro; até consegue guardar dinheiro, porém resgata com frequência; consegue consumir, mas não investir.

O que fazer: está na hora de repensar os hábitos com o seu dinheiro. Crie metas e busque mudar a sua realidade o quanto antes.

 

Assustadora

É quando você não consegue pagar as suas contas ou vive pagando tudo com juros; ocorre restrição de crédito no seu nome constantemente; usa todo o limite do cartão de crédito e do cheque especial; não guarda dinheiro para emergências; não consegue adquirir bens de consumo duráveis (ex: automóveis, eletrodomésticos).

O que fazer: não espere mais para organizar as suas despesas. Negocie as suas dívidas e faça o possível para manter os pagamentos em dia.

Se precisar, faça uma simulação de empréstimo sem compromisso conosco, assim você pode se programar para colocar as contas em ordem.

Aqui, no Bom Pra Crédito, você consulta gratuitamente empréstimo de todas as instituições financeiras em nosso ambiente online, com um só cadastro!

 

Precisando de dinheiro para organizar as despesas?

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO

Sem custo e sem compromisso!

 

Organizando as despesas: gastos esperados

No fim do ano, o aumento das despesas com presentes e confraternizações é esperado pela maioria dos brasileiros.

O problema é que poucos planejam os gastos do fim do ano e acabam comprometendo boa parte de sua renda, inclusive o 13º salário.

Quem está em busca do equilíbrio financeiro, precisa lembrar das despesas que ocorrem do início ao fim do ano, principalmente as despesas obrigatórias, como IPTU e IPVA.

Essas despesas anuais que já são esperadas devem ter seus pagamentos planejados antes mesmo de aparecerem.

No planejamento anual, os gastos com datas comemorativas e presentes também devem ser lembrados. Para ficar mais fácil planejar os seus gastos e controlar o seu orçamento mensal, considere a tabela abaixo:

 

Janeiro

Fevereiro

Março

IPVA

IPTU

Carnaval

Material escolar

Check up (saúde)

Abril

Maio

Junho

Páscoa

Dia das Mães

Dia dos Namorados

Julho

Agosto

Setembro

Férias escolares

Dia dos Pais

Dia dos Avós

Outubro

 

Dezembro

Dia das Crianças

Natal

Ano Novo

Férias escolares

 

Para complementar, consulte a tabela de feriados nacionais e do seu estado e monte sua própria tabela de datas que pedem um planejamento de gastos.

 

Organizando as despesas: quando fazer o orçamento mensal?

O ideal é começar a organizar as suas despesas do mês alguns dias antes de receber o seu salário. Para não esquecer, escolha uma data, exemplo, todo dia 30, para anotar as despesas que serão necessárias no próximo mês. Assim, é possível saber como está a sua situação financeira e dificilmente ter surpresas.

Nesse primeiro momento, você vai anotar aqueles gastos já esperados no mês, como:

  • aluguel;
  • água (média);
  • luz (média);
  • alimentação (média);
  • remédios (média);
  • entre outros.

O gasto médio pode ser calculado com base nas últimas três contas, mas é importante que os valores estejam próximos. Veja como é simples: basta somar os três valores e dividir por três.

 

Organizando as despesas: o que anotar na planilha de orçamento?

A resposta é simples: anote tudo! Os gastos que parecem insignificantes, como o “famoso” cafezinho, podem comprometer a sua renda e prejudicar a sua saúde financeira.

Vamos a um exemplo prático:

Suponha que você gaste R$ 7,50 por dia (de segunda a sexta) para tomar café antes de iniciar o seu expediente.
Na semana, você terá gasto R$ 37,50.
Em um mês com quatro semanas, R$ 150,00.

Certamente, esse valor é significativo, portanto, até mesmo os pequenos gastos precisam ser planejados. Somente depois de esclarecer todos os seus gastos você saberá quais atitudes com o seu dinheiro precisam ser repensadas.

 

Organizando as despesas: compras parceladas

Conhecido por muitos como o verdadeiro “vilão” da saúde financeira, o cartão de crédito oferece diversos benefícios para quem sabe usá-lo. Saiba como usar o cartão de crédito a seu favor.

Na hora de organizar o seu orçamento mensal, lembre-se de que as compras parcelas no cartão de crédito totalizam um determinado valor que deve ser considerado no seu planejamento financeiro.

Por exemplo, se você pretende adquirir um carro em um determinado ano, quanto do seu dinheiro está comprometido?

Para ficar mais claro, se comprar algo no valor de R$1.000,00 e parcelar em 12 vezes, você comprometeu R$ 1.000,00 do seu orçamento anual, não somente R$ 83,33 por mês.
Significa que, dentro da sua renda anual, R$ 1.000,00 já está comprometido.

Muitas vezes, enxergar os gastos dessa maneira é um grande desafio, mesmo raciocínio de comprometimento de renda vale para financiamentos e carnês, mas é importante fazer estimar essas despesas também para que você faça seu controle financeiro corretamente.

E evite o uso do cheque especial, pois os juros dele são muito altos e a dívida acaba virando uma bola de neve.

Se você precisar de crédito, é mais fácil solicitar um empréstimo pessoal, que você pode utilizar o dinheiro como quiser, e pagar um determinado valor por mês do que ficar pagando alto juros sobre o seu dinheiro.

Você pode simular crédito pessoal online sem compromisso de todos os bancos e financeiras.

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO

 

By | 2018-03-27T15:26:46-03:00 29 de dezembro de 2017|