Orientação financeira, 15 dicas para você controlar os seus gastos

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

imagem ampliada de pessoa colocando moeda dentro de cofre branco em formato de porco

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Você já cansou de ficar sem dinheiro e nenhuma dica para economizar funcionou até agora? Então leia este artigo

O fim do dinheiro chegou, mas o fim mês ainda não. Todo mundo se identifica com essa situação, e tudo porque tivemos pouca ou nenhuma educação financeira enquanto crescemos. É nessas horas que a orientação financeira se torna necessária!

Os brasileiros quase não recebem informação, formação e orientação financeira, de forma que fica muito mais difícil melhorar a compreensão sobre tudo o que envolve dinheiro e tomar decisões mais conscientes sobre seus gastos.  

Quebrar esse ciclo é ainda mais complicado.

Quem quer sair do vermelho, começar a poupar, fazer aquela compra mais cara ou até mesmo investir precisa pesquisar. 

Há muito conteúdo na Internet sobre isso, mas nem todos são acessíveis para quem está começando a se preocupar com o bolso. 

É esse problema que o artigo de hoje veio resolver: com orientações simples e sem sacrifícios, dá pra controlar as finanças: 

Pagar as contas em dia 

Evite multas e juros pagando suas contas em dia. Saiba a data de vencimento de cada uma delas e organize os pagamentos com antecedência para não perder o prazo.

Por menores que sejam as multas e juros dos boletos, é um gasto desnecessário. 

imagem de mulher dando aula de orientação financeira dentro de sala e ao fundo pessoas sentadas em cadeiras

Veja também: Vídeos de educação financeira que você precisa assistir

Cozinhar em casa

Se você não sabe cozinhar, está na hora de aprender. Ao fazer a sua própria comida, dá para gastar menos dinheiro comprando alimentos que você gosta, que cabem no seu bolso e que rendem muito mais. 

Pedir menos delivery

Você é do time que come pizza toda sexta-feira? Transforme o delivery em um hábito quinzenal ou estabeleça um limites de pedidos no mês.

Nas demais ocasiões, opte por preparar sua própria refeição ou pela retirada no restaurante – assim você economiza no frete e na gorjeta. 

Repensar seus serviços de assinatura

Ninguém precisa de tantos serviços de assinatura. Netflix, Spotify, Rappi Prime, clube de vinhos, TV a cabo… Assine um de cada tipo, de acordo com a sua preferência, e considere os planos mais baratos.

Outra opção é dividir o pagamento dos benefícios com amigos e familiares. 

Não descontar frustrações em compras 

Depois de uma semana difícil no trabalho ou uma discussão com o parceiro, muita gente se recompensa com aquele mimo.

Procure cortar esse padrão. Além de se tratar de um gasto impulsivo, as adversidades vão acabar virando um gatilho pra você fazer uma nova compra. 

Aproveitar cupons de desconto

Na hora de fazer uma compra, confira se há cupons de desconto ou um programa de cashback disponíveis.

Dá para fazer isso em extensões para desktop ou aplicativos como Méliuz, Cuponeria e outros. 

Pedir mais coisas emprestadas

Em vez de comprar uma panela de fondue para usar só uma vez no ano – quando faz aquele frio -, por que não emprestar a do seu amigo?

Muitas das coisas que você precisa, principalmente aquelas que você vai usar poucos, podem ser emprestadas e depois devolvidas. 

Resgatar o seu cofrinho

Aquele velho hábito de juntar moedinhas que você tinha na infância pode ser uma boa forma de guardar dinheiro.

Se você guardar todas as moedas que recebe, depois de um tempo vai ter uma graninha extra sem fazer nenhum esforço.

Comprar medicamentos genéricos

Desde 2000 dá para substituir aquele medicamento caro, mas essencial para a sua saúde, por um tão bom quanto, só que bem mais em conta.

São remédios que possuem o mesmo princípio ativo, dosagem, forma farmacêutica e método de administração, mas que foram lançados após os medicamentos de referência, fazendo com que os genéricos sejam mais baratos. 

Fazer suas próprias unhas

Uma bela dica de orientação financeira para as mulheres vaidosas! Em vez de ir ao salão para pintar as unhas, faça isso em casa.

Com um pouco de prática, o resultados será tão bom quanto ao da manicure. Faça o mesmo para a depilação e sobrancelhas. 

Limpar a casa

Dispense a diarista e comece a limpar a sua própria casa. Dessa forma, você conseguirá cortar uma despesa fixa.

Você pode separar um dia na semana ou na quinzena para dar um trato no lar ou limpar um pouco todo dia.

Se o problema é a falta de tempo, reduza a frequência da profissional e faça você mesmo a manutenção da faxina.

Compre produtos de limpeza baratos

As funções dos produtos de limpeza são muito similares, independente da marca.

Por isso, aposte em detergentes, desinfetantes, água sanitária, amaciantes e demais itens de menor valor.

Marcas próprias de mercados e produtos caseiros vendidos no seu bairro são ainda mais baratos e mantém a mesma qualidade das marcas que aparecem na TV. 

Observar as condições climáticas

As temperaturas, as chuvas e os ventos são capazes de alterar preços de produtos.

No inverno, as botas ficam mais caras. Se chove demais, o preço do tomate sobe.

Leve esses fatores em consideração e prefira frutas, verduras e legumes de época, mas compre peças de vestuário antes da temporada começar.

pessoas sentada em cadeiras dentro de uma sala tendo aulas sobre orientação financeira

Leia mais: Educação financeira para empreendedores: por que é indispensável para seu negócio?

Fazer compras sem filhos

Quem tem filhos sabe como eles podem ser persuasivos pedindo por produtos na hora de ir ao mercado, à papelaria ou ao shopping. Por isso, evite levá-los a esses locais. 

Comparar preços 

Antes de fechar qualquer negócio, o ideal é comparar preços, pois pode haver uma diferença significativa entre valores de um mercado para o outro, um eletricista para o outro ou de um hotel para o outro, sem perder a qualidade. 

Com um pouco de orientação financeira, mas principalmente muita vontade de fazer o dinheiro render mais, é possível controlar seus gastos sem fazer esforço. 

E se em algum momento você se descontrolar financeiramente, não se preocupe, pois acontece. Dá para realizar um empréstimo rápido conosco!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *