Controle de gastos pessoais: 17 apps para controlar gastos

Larissa Civita

| 12 minutos para ler

Controle de gastos pessoais 17 apps para controlar gastos

Continua depois da publicidade

Planejar e manter um controle de gastos é fundamental para quem busca não só viver bem e com qualidade de vida, mas também para quem almeja realizar seus sonhos, como a compra da casa própria, de um veículo ou até mesmo a feitura de uma viagem para o exterior que sempre desejou.

Cientes do papel central do controle de gastos para que tenha uma vida equilibrada, confortável e segura, elaboramos este conteúdo, que apresenta o que é controle de gastos e a sua importância.

Também aborda dicas de controle financeiro e fornece 17 aplicativos que podem te ajudar a administrar seus gastos pessoais.

O que significa Controle de Gastos?

Alguns especialistas definem o controle de gastos como o processo racional pelo qual se busca manter certo monitoramento em relação aos gastos realizados dentro de um período ou tempo definido.

Outros observam o controle de gastos como uma ferramenta que pode nos ajudar a manter a nossa situação financeira saudável e perfeitamente bem gerida.

Ainda, existem aqueles que apontam o controle de gastos como o instrumento que é capaz de garantir que consigamos alcançar os nossos objetivos com maior velocidade, em razão do “controle” de gastos que é exercido.

Muitas são as considerações feitas pelos estudiosos do tema. No entanto, se perceber bem, todas elas são pertinentes e se vinculam ao objetivo geral do controle de gastos, que é: garantir que tenha uma vida tranquila e segura, a partir da gestão eficiente de seus recursos financeiros.

Isso pode levar você a alcançar os seus objetivos de forma mais rápida.

É somente controlando efetivamente e eficientemente os gastos que podemos alcançar os nossos planos de vida e evitar situações embaraçosas que possam tirar a nossa paz.

Quer saber se o seu controle financeiro anda em dia e com saúde? Leia sobre os 5 sinais de que você está perdendo o controle financeiro e descubra!

Importância de manter o controle de gastos pessoais e familiares organizados

O controle de gastos se apresenta como uma ferramenta indispensável para quem busca paz, tranquilidade e saúde financeira.

Ele evita situações que podem tirar a sua tranquilidade, como dívidas e mais dívidas no cartão de crédito e utilização do cheque especial para quitá-las, que, como sabemos, é regido por juros considerados abusivos.

Se não pagá-lo em dia, o valor do cheque especial pode se tornar uma bola de neve e consumir não só todo o seu dinheiro, mas também a sua energia.

Quem nunca colocou a cabeça no travesseiro e, por mais que tentasse, não conseguiu dormir, porque estava pensando nas dívidas? O controle de gastos busca justamente evitar isso e, dessa maneira, garantir que consiga dormir e ter saúde mental. Mais que isso: saúde financeira, saúde mental e realização de sonhos.

Às vezes, o empréstimo pessoal pode ser uma solução.

O controle de gastos evita que se entre numa furada, contraindo dívidas e mais dívidas no cartão de crédito e, ao mesmo tempo, possibilita que consiga realizar os seus sonhos, como descrito: planejamento de viagens, compra da casa própria, compra de objetos que deseja, compra de carro, etc.

Quando a pessoa não dá valor ao controle de gastos, ela não só pode ter insônia, devido aos problemas de dívidas acumulados, mas também pode estagnar no tempo, não prosperando ou progredindo financeira e materialmente.

Se perceber bem, o controle de gastos pode evitar, basicamente, quatro problemas:

  • insônia
  • desgaste físico e mental;
  • desequilíbrio financeiro;
  • não realização de seus planos.

Descubra 9 razões para manter os gastos em dia e faça hoje mesmo a sua planilha de controle de gastos para evitar esses e outros problemas que podem sugar a sua energia física e mental.

Como fazer um controle de gastos? 9 dicas de controle financeiro

Ainda que algumas pessoas tenham ciência de que precisam melhor gerir os seus recursos financeiros, elaborando para isso um controle de gastos, muitas delas não sabem como fazer essa ferramenta ou desenvolvê-la.

É uma realidade que aos poucos está sendo mudada, devido à cultura da educação financeira que vem sendo trabalhada no país nos últimos anos.

Um exemplo nesse sentido foi o decreto presidencial 7.397/2010, que instituiu a Estratégia Nacional de Educação Financeira, com o objetivo de promoção da educação financeira; capacitar os cidadãos de escolher sobre como administrar o seu recurso financeiro; e contribuir para a eficácia financeira dos mercados.

Neste contexto, para que comece desde já a gerir os seus recursos financeiros, apresentamos abaixo nove dicas que podem te ajudar a elaborar o seu controle financeiro.

São dicas tanto para quem busca elaborar um bom e eficiente controle financeiro quanto para quem já desenvolveu um, mas que deseja aperfeiçoá-lo.

1. Registre todos seus gastos e ganhos

Um bom controle financeiro envolve o registro dos ganhos e gastos ao longo do mês, geralmente. Então, como primeira dica, registre todos os seus gastos e ganhos.

Quanto você ganha ao mês? Quais são suas fontes de renda? Quais são os seus gastos mensais e em longo prazo? Fazer essas e outras perguntas pode ajudar nesse momento.

Os ganhos de uma pessoa podem envolver o salário mensal, recebimento de aluguel, rendimento de investimento, venda de algum objeto, pensão, aposentadoria, etc.

Os gastos, por sua vez, podem ter origem diversa: pagamento mensal do carro, pagamento do imóvel, compras correntes de produtos de alimentação, compra de roupas, entre outras.

Colocar tudo isso na planilha ou app de controle de gastos pode garantir a você a visibilidade necessária em relação aos ganhos e gastos, de modo que possa tomar atitudes no sentido de amenizar as dívidas e economizar mais.

2. Organize seus gastos em categorias

Organize seus gastos em categorias

Organizar os gastos em categoria é importante no processo de controle de gastos, pois garante maior poder de gestão em relação às suas dívidas.

Também permite que possa cortar gastos em uma categoria, se perceber que está gastando além do considerado adequado. Algumas categorias que pode adotar, a depender de sua realidade, são:

  • Alimentação;
  • Gasolina;
  • Roupas;
  • Aluguel.

Alguns especialistas, objetivando maior organização, indicam criar subcategorias. Por exemplo, quais dívidas estão relacionadas com a casa? Alimentação, botijão de gás, manutenção mensal, telefone, água, luz, internet etc. Nesse caso, temos a categoria “casa” com suas subcategorias.

Já se formos pensar nos gastos com um carro, temos: gasolina, manutenção, lavagem, etc.

Outros estudiosos recomendam ainda enfatizar que se trata de um gasto fixo ou transitório. A água seria, nesse contexto, um gasto fixo. Já a compra de uma mesa, por exemplo, seria um custo transitório, com data de término.

3. Verifique onde você gasta a maioria de seu dinheiro

Como terceira dica, verifique em qual categoria você gasta mais dinheiro. É na categoria alimentação? Gasolina? Roupas? Móveis para casa?

Sinalizar com vermelho, por exemplo, a categoria que mais consome seu dinheiro serve de alerta para que possa pensar em ações que sejam capazes de reduzir os custos em relação a essa espécie.

Se for com alimentação, por que não cortar o consumo de alimento realizado fora de casa? É apenas uma ideia que pode adotar, caso essa seja a categoria que mais gasta dinheiro.

4. Defina seus gastos prioritários e compre com mais critério

A depender do estilo de vida, uma pessoa tem no mês, diversos gastos: aluguel, se for o caso; energia elétrica; água; alimentação; roupas; gastos com saúde, etc.

Então, como quarta dica, defina seus gastos prioritários e compre com mais critério. Mas, como fazer isso? Dos gastos que têm todo mês, quais podem ser considerados essenciais para manter minimamente o seu padrão de vida?

Existem aqueles gastos que são fixos, como alertamos, mas também existem aqueles que podem ser eliminados, como gastos com roupas e alimentação. Estabelecer critérios de gastos pode ajudar você a encontrar o que é prioridade e o que não é.

Se você tem, por exemplo, 10 calçados, por que comprar mais um quando você pode usar os que possui? Existe realmente a necessidade de comprar mais um?

Tal reflexão pode fazer com que se tome a decisão certa, no sentido de garantir que gaste com o que realmente precisa.

Vale salientar que quando fazemos dívidas e não as pagamos, somos obrigados a pagar juros de mora, multa, etc. Isso corrói o orçamento financeiro e pode nos envolver em uma bola de neve.

5. Planeje a quitação de suas dívidas

Depois que mapear os gastos, bem como os ganhos, é importante planejar a quitação de suas dívidas. Para isso, é fundamental que elabore um calendário de pagamento de dívidas, que seja capaz de orientar você durante esse processo.

Se é uma dívida de um ano, então trace um planejamento que seja capaz de garantir que saiba exatamente quando essa pendência terminará. Isso vale para todas as outras dívidas, seja a curto, médio ou longo prazo.

Uma maneira de colocar as dívidas em dia ou quitá-las de uma vez por toda é solicitando um empréstimo pessoal com o Bom Pra Crédito.

6. Defina metas e objetivos financeiros claros

Uma das maiores dificuldades para quem busca controlar os seus gastos é definir metas e objetivos financeiros claros. Afinal, por que se está fazendo isso? Ciente disso, apresentamos, a título de ilustração, um objetivo financeiro que pode clarear a sua mente, caso esse seja o seu problema:

— Comprar um carro: o seu objetivo principal, nesse caso, é a compra de um carro. Mas, para que consiga, é preciso não somente disciplina em relação ao controle de gastos, mas talvez juntar uma boa quantidade de dinheiro para dar de entrada.

Digamos que precise juntar R$ 10.000,00. Em quanto tempo acha que consegue juntar esse valor? O tempo pode variar, a depender de fatores como: quanto vai economizar por mês e a disciplina em relação ao controle de gastos.

À medida que for resolver as pendências financeiras, esse valor pode ser juntado de forma mais ágil, e talvez até saiba quando terá esse valor, pois o controle de gastos fornece uma visão ampla em relação às dívidas que possui e o prazo de quitação de cada uma.

7. Identifique e melhore seus hábitos financeiros

Identifique e melhore seus hábitos financeiros

A disciplina é fundamental em qualquer coisa que façamos, e não é diferente com relação ao controle de gastos.

É fundamental que identifique seus hábitos financeiros, buscando melhorá-los para que alcance os objetivos financeiros que traçou.

Por exemplo, é influenciado a gastar mais pelas pessoas que estão ao seu redor? Mude isso! Tem a mania de comprar coisas somente para acumular? Mude isso também!

8. Use uma planilha dinâmica de controle de gastos em 2019

Uma maneira de fazer o controle financeiro é criando uma planilha dinâmica de controle de gastos. A seguir, saiba o que é, como usar e como fazer uma:

O que é uma planilha de gastos e como usar uma?

Uma planilha de gastos é uma ferramenta ou sistema que pode lhe ajudar a controlar efetivamente e eficientemente seus gastos, de maneira a evitar contratempos que possam prejudicar sua vida presente e futura.

Ela pode ser feita por qualquer pessoa que deseje a organização clara e eficiente de suas despesas.

Para usá-la é simples: basta, de acordo com as categorias de gastos que definiu, preencher os espaços indicados. Fazendo isso, você terá total controle de seus gastos e rendimentos mensais ou a longo prazo.

Gostou da ideia? Então baixe gratuitamente a sua planilha de gastos do Bom Pra Crédito!

Como fazer uma planilha de gastos no celular?

Devido ao avanço da tecnologia, hoje, podemos contar com a possibilidade de se fazer uma planilha de gastos no celular.

Softwares como Excel e Word, entre outros, podem ser acessados tanto via desktop como pelo celular, o que nos permite controlar os nossos gastos com estilo e acessibilidade.

Mas, como fazer uma planilha de gastos no celular? É simples. Entre no Excel, defina as colunas e as linhas que vai utilizar, monte a sua lista de ganhos e gastos e estabeleça fórmulas que podem otimizar o processo de soma e subtração.

No entanto, outra forma mais simples é através da nossa planilha, que pode tanto ser utilizada em desktop como celular.

Além dessa possibilidade, você pode simplesmente baixar um aplicativo de controle de gastos, tecnologia que é feita exclusivamente para facilitar o processo de gestão de dívidas e gastos.

9. Use um app para controlar seus gastos pessoais

Um app, como dito, pode garantir maior otimização ao processo de controle de gastos pessoais, considerando que se trata de uma solução que foi feita exclusivamente para isso. Abaixo, saiba melhor porque deve utilizar essa solução para o controle de seus gastos e conheça os 17 melhores apps nesse sentido!

Por que usar aplicativos para controlar seus gastos?

Além de garantir maior otimização ao processo de controle de gastos, utilizar um app pode oferecer as seguintes vantagens:

  • Flexibilização em relação ao preenchimento das dívidas e ganhos;
  • Economia de tempo, considerando que pode fazer isso de forma rápida, simples e ágil;
  • Monitoramento constante, visto que o celular, na maioria das vezes, está em suas mãos;
  • Recomendações estratégicas em relação à categoria que precisa reduzir os gastos;
  • Visão ampla em relação às saídas e entradas, de modo que possa tomar atitudes que reduzam as saídas;
  • Capacidade aumentada de preenchimento de dados, levando em conta que pode fazer isso enquanto gasta.

17 melhores apps para controlar gastos pessoais

17 melhores apps para controlar gastos pessoais

A seguir, confira quais os melhores aplicativos para controlar os seus gastos pessoais:

Organizze

Solução utilizada por mais de 1 milhão de pessoas. Ele fornece os gastos por categoria, como educação, saúde, casa e gasolina, por exemplo.

Possui duas versões: a Básica, que é gratuita, e a Mais, que é paga e fornece dicas de metas e de controle de gastos.

Fonte: https://www.organizze.com.br/

Mobills

Mais de 5 milhões utilizam essa solução, que garante o controle de seus gastos de forma fácil e rápida. Possui três planos: Mobills Free; Mobills Premium Anual; Mobills Premium Mensal. O primeiro é gratuito e os dois últimos são pagos. Diferenciam-se pela quantidade de recursos que oferecem ao usuário.

Fonte: https://www.mobills.com.br/

Meu Dinheiro

Possui mais de 250 mil usuários. É completo, de fácil uso e gratuito. Assim como os dois anteriores, dispõe de gastos por categoria: educação, saúde, gasolina, etc.

Além disso, importa extratos bancários e dá dicas de metas e de controle de gastos. Dispõe de quatro planos: Gratuito, Pessoal, Profissional e Família.

Fonte: https://www.meudinheiroweb.com.br/

Grana

Grana

Grana é um aplicativo financeiro que analisa como estão as suas finanças e quais as melhores escolhas que você pode tomar para melhorá-las. Além de oferecer a possibilidade de planejamento financeiro, dá dicas de produtos financeiros, de maneira que possa aumentar seus rendimentos.

Tem a função de sincronização bancária e de categorização inteligente.

Fonte: https://grana.me/

Jimbo

É um aplicativo que ajuda você a lembrar de seus compromissos financeiros, como pagamentos que precisam ser efetuados. Com isso, ele garante que pague suas dívidas em dia e evita, por exemplo, a cobrança de juros.

Fonte: Jimbo

Minhas Economias

Além de permitir que possa gerenciar suas finanças, ou seja, controlar os seus gastos e ganhos, esse aplicativo fornece indicadores financeiros e dicas de controle e de definições de metas que podem te ajudar a alcançar os seus objetivos de forma mais rápida.

Fonte: http://minhaseconomias.com.br/

Money Lover

Money Lover

É um gerenciador de finanças pessoais gratuito, que pode ser utilizado tanto por quem usa Android, como por quem utiliza iOs, Windows Phone e Windows. Ele fornece relatórios de receitas e despesas e calendário financeiro.

Fonte: https://moneylover.me/

Controle Financeiro Wisecash

É grátis e foi desenvolvido para auxiliar no controle financeiro pessoal. Destaca-se pela simplicidade de uso. Oferece recursos como: lançamento de gastos e rendimentos; notificações de pagamento; gráficos que podem ajudar a visualizar a entrada e saída de recursos; e relatórios de receitas e despesas.

Fonte: http://www.wisecashapp.com.br/

Toshl Finance

Permite que integre suas contas financeiras de forma rápida e fácil. Além disso, tem função de pagamento de despesas e receitas. Ajuda na definição de metas financeiras e garante que tenha controle financeiro.

Tem três planos: Básico, que é gratuito, Pro e Medici, sendo esses pagos.

Fonte: https://toshl.com/pt/

Expense IQ: Fluxo de Caixa App

Ajuda no controle de despesas. Combina funcionalidades como rastreador de despesas, planejamento de orçamento, cadastro de cheques e lembretes para garantir uma boa experiência ao usuário.

Fonte: Expense IQ Gerente de despesa

Gastos Diários 3: App de Gastos Pessoais

Gastos Diários 3: App de Gastos Pessoais

Foi projetado para ajudar na organização das suas despesas e rendas por datas. Oferece relatório que garante ampla visualização em relação às entradas e saídas de recursos financeiros.

Fonte: Gastos Diários 3

CoinKeeper

Essa solução reúne quatro funções: finanças, orçamento, contas e controle de gastos. Com ela, é possível gerir melhor as finanças e poupar dinheiro, de maneira que possa alcançar seus objetivos de forma mais rápida.

Fonte: https://coinkeeper.me/ab

Orçamento Fácil

Com essa tecnologia, é possível checar as suas despesas diárias e traçar um plano ou meta com o objetivo de garantir maior economia.

Fonte: Orçamento Fácil

Finance: App Para Planejamento Financeiro

Esse aplicativo permite a gestão financeira de contas correntes, conta caixa e cartão de crédito. Ainda é possível lançar transações de maneira fácil e intuitiva, bem com sincronizar a conta com os dados bancários, de maneira que possa gerir tudo a partir de uma única plataforma.

Fonte: Finance

Money Manager

É um aplicativo voltado para a gestão otimizada das despesas e receitas pessoais. Possui plano gratuito e pago. Os planos pagos oferecem uma maior quantidade de recursos, como remoção de anúncios e número ilimitado de ativos.

Fonte: https://www.moneymanagerex.org/

Monefy

É considerado um dos melhores aplicativos para gerir as despesas diárias. Com ele, você pode lançar os gastos diários, como comprar um café, pegar um Uber ou comprar uma pizza.

Fonte: http://www.monefy.me/

Splitwise

Por fim, temos o Splitwise, que é uma ferramenta gratuita para amigos e companheiros separarem e rastrearem contas e despesas, conforme a descrição do produto no Play Store. É perfeito, se pensar bem, para aqueles eventos que necessitam da partilha de custos, como churrasco e aniversário.

Fonte: https://www.splitwise.com/

Conclusão

Conclusão

O controle de custos é indispensável para quem busca alcançar os seus objetivos de vida de forma mais rápida e fácil.

Uma maneira de conseguir isso é se valendo da tecnologia existente, como é o caso dos apps de controle de custos ou de uma planilha de controle de gastos.

Eles não só permitem que possa gerir a sua vida financeira da melhor maneira possível, mas também garante que possa ter tranquilidade e paz. Tudo o que precisamos para viver bem e feliz e com as contas em dia, é claro.