Perfil de investidor, todo mundo tem um e você vai descobrir o seu agora

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

em uma mesa de madeira estão três pilhas de moedas com mudas de plantas em cima em ordem crescente

Resumo da matéria

  • Perfil de investidor: quais as principais características?
  • Quais são os quatro principais perfis de investidores?

Continua depois da publicidade

Você sabia que é possível descobrir qual o seu perfil de investidor e qual a carteira de investimentos mais se encaixa com a sua personalidade e estilo de vida, com base em apenas algumas perguntas? 

Os perfis de investidor têm ligação direta com aspectos da personalidade de cada indivíduo e inclusive os aspectos emocionais. 

Como sabemos, investimentos são feitos para se obter um aproveitamento financeiro depois de determinado prazo, mas se for para causar estresse, ele acaba se perdendo como uma via de utilidade.

Ou seja, se o fim de obter algum mínimo ganho, acarretar ao mesmo tempo em uma grande perda de tranquilidade esse caminho é praticamente uma trilha para frustração. 

Isso porque ir contra a sua individualidade e características pessoais é um equívoco que pode trazer prejuízos irreversíveis e agir assim em seus investimentos pode ser ainda mais danoso.

Por isso, é muito importante primeiro conhecer qual perfil de investimento mais combina com você para que ao final, além do benefício financeiro, você se sinta seguro e satisfeito com a escolha feita. 

E além disso, seguir adequadamente o seu perfil de investidor (também conhecido como suitability) pode determinar o seu sucesso com relação aos resultados de suas aplicações financeiras.

Existem basicamente 4 tipos de perfis que podem se encaixar com as pessoas que optam por realizar algum tipo de investimento. E você saberia dizer em quais desses perfis você se insere melhor?

Então fique atento, pois esse breve artigo irá te ajudar a entender melhor como essa definição. 

Perfil de investidor: quais as principais características?

De forma simples, o perfil de investidor é definido como resultado de análise de aspectos pessoais que cada pessoa carrega, dependendo de qual personalidade ela tem, quais os objetivos e os riscos que está disposta a correr.

E alguns questionamentos são basilares para distinguir o tipo ideal de investimento que mais se encaixa com você.

Começando, primeiramente, com o seu aspecto emocional: geralmente, como você reage nas situações que acontecem na sua vida? Sua personalidade é mais calma e paciente? Ou você tende a ter o estopim curto e desejar que as coisas aconteçam de forma imediata?

E quanto a sua flexibilidade: Você se importaria de esperar um prazo maior para ver os seus resultados? Ou você tem pressa de que eles aconteçam logo?

Quão preocupado você é? Tem receio dos riscos e prefere ter mais controle de um resultado que você já praticamente saiba qual vai ser? 

Ou você é aventureiro e não se importa muito com riscos, pois sabe também que os resultados podem ser melhores do que se espera? E que também podem não ser.

E além do mais, identificar o seu perfil, é proveitoso não somente para você conseguir entender melhor os seus resultados práticos, mas também porque as próprias corretoras de investimento sempre buscam analisar o “lado” investidor de seus clientes antes de sugerir quais os investimentos poderiam ser melhores e mais rentáveis. Então saber apontar o seu perfil é mais vantajoso para todos.

Mas chega de conversa e vamos lá!

em uma mesa estão três homens de terno preto e camisa branca de frente para seus laptops com um deles segurando uma folha nas mãos

Confira: Qual o seu perfil financeiro na hora de gastar dinheiro?

Quais são os quatro principais perfis de investidores?

1. PERFIL CONSERVADOR

Quão preocupado com a sua segurança financeira você é? Com o fim maior de preservar o seu patrimônio, o primeiro perfil se relaciona com o tipo conservador, que geralmente tende a ser o perfil mais comum entre os investidores, pois é o que detém menos quantidade de riscos e mais estabilidade.

Além disso, o perfil conservador diz respeito à liquidez das aplicações, já que os investidores desse tipo preferem uma maior possibilidade de resgate e com pouquíssimas perdas.

Investimentos: Risco menor

Dessa forma, a aplicação mais adequada de ser escolhida nesse caso são os investimentos de renda fixa. A renda fixa abarca os títulos que tendem a trazer retornos mais esperados. Tais como:

  • Poupança;
  • Tesouro Direto;
  • CDB;
  • LCI;
  • LCA.

No entanto, mesmos tendo o perfil conservador, é possível que o investidor faça uma analise de outros investimentos para aplicar uma parte muito pequena de seu capital e conseguir obter aplicações diferenciadas que possam trazer mais ganhos, ao final.

Mas claro, sempre com muita ponderação e equilíbrio. Tais como:  

  • Ações pagadoras de dividendos;
  • Fundos multimercados;
  • Fundos de ações;
  • Fundos de investimento no exterior;
  • Fundos cambiais;
  • Fundos imobiliários (FIIs).

2. O PERFIL MODERADOR

Você tende a ser mais radical nas suas ações ou é mais moderado? Se for a segunda opção, o seu perfil apresenta justamente esse mesmo nome. Nesse caso, você se encaixa logo entre os perfis conservador e arrojado.

Isso quer dizer que você está disposto a ir um pouco além do risco zero, e se arriscar um pouco mais com relação a sua rentabilidade. Mas sem nenhum exagero, obviamente.

Investimentos: Risco Médio

Nesse caso, é possível dividir a carteira de investimentos, escolhendo aplicações de renda fixa e variável, mesmo que uma seja em maior quantidade que a outra. Em se tratando de renda variável, o perfil de investidor moderado tende a aplicar em fundos de ações e multimercados.

  • Fundos Imobiliários;
  • Fundos de Renda Fixa.

Assim, este tipo de investidor tende a esperar retornos em médios e longos prazos.

3. PERFIL ARROJADO

Quão estratégico e corajoso você é? Esse perfil traz como definição justamente a coragem para arriscar dentro de um plano traçado, levando em conta o fator de risco e de perdas.

Aqui o investidor arrojado acredita que quanto maior o risco dentro de um limite planejado, maior a rentabilidade, com o fim de atingir uma carteira muito mais farta ao final.

Nesse perfil, o investidor não se importa de perceber a porcentagem de perdas por um momento, pois acredita que posteriormente, haverá uma potencialidade de ganho maior. O que o torna mais paciente e também ousado.

Investimentos: Risco Alto com planejamento

Mas isso não quer dizer que ele não tenha previsibilidade dos seus rendimentos, já que apesar de não se importar com os riscos, o investidor arrojado geralmente age de forma bem estratégica e com observação de mercado.

Ou seja, aqui o investidor arrojado arrisca, mas com equilíbrio e ponderação, objetivando benefícios maiores do que as possíveis perdas ao longo do trajeto de aplicação.

  • Ações;
  • COE;
  • Fundos Multimercado;
  • Fundos Cambiais;
  • Debentures;
  • Criptomoedas.

imagem ampliada de uma tela com gráfico de investimentos em frente a  um homem posicionando seus óculos

Leia também: O que um investidor iniciante precisa saber?

4. INVESTIDOR AGRESSIVO

Quão audacioso você é?! Esse perfil é o mais radical de todos e o menos comum, por conta dessa mesma razão. É um nível além do perfil arrojado, pois não há previsibilidade. 

O investidor agressivo é ambicioso e visa ganhos ainda maiores, estando disposto a correr riscos que não tenham sido previstos anteriormente. O que de fato acarreta em uma grande chance de perda e prejuízos financeiros também.

 O perfil agressivo, tende também a ser impulsivo com iniciativas tomadas por conta própria, tendendo a agir sob emoção e sem se preocupar com as chances de prejuízo, deixando de lado o histórico das ações, como exemplo. 

Acontece que esse perfil de investidor, mesmo sendo audacioso, é altamente recomendável que tenha uma reserva própria de emergência para necessidades que possam surgir repentinamente.

Investimentos: Risco alto sem planejamento

O tipo de investimento procurado pelo investidor agressivo tende a ser assemelhado a jogos de cassinos.

Assim, geralmente o investidor aqui realiza apostas bem altas, norteado e encorajado pela ânsia de grandes rendimentos, mas também levado pela incerteza do resultado e pela possibilidade de grandes perdas.

Qual desses perfis de investidores mais se compatibiliza com você? Você se considera conservador, moderado, arrojado ou agressivo?

E não se esqueça, aqui no Bom Pra Crédito você encontra as melhores dicas para manter sua saúde financeira sempre no azul! Acompanhe nosso conteúdo!

E, se estiver precisando de um empréstimo pessoal, está no lugar certo. Conte conosco, sempre!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *