Viver de Renda é possível. Calcule em quanto tempo você consegue

Larissa Carvalho

| 6 minutos para ler

empresário de terno e camisa branca sentado a uma mesa branca com semblante feliz de frente para um computador

Resumo da matéria

  • Será que é possível sobreviver apenas com investimentos?
  • Saiba como fazer investimentos promissores para viver de renda
  • Quais são os melhores investimentos para quem quer viver de renda?
  • Seja persistente e paciente

Continua depois da publicidade

Apesar dos pesares, iremos te provar que sim. Com este artigo você vai conseguir calcular em quanto tempo isso será possível

Você já ouviu a expressão: Viver de renda? Se ainda não conhece, essa é uma forma de basicamente poder obter todo mês um valor que seja suficiente para se viver minimamente bem, como fruto de aplicações financeiras que prosperaram e possibilitaram esse privilégio aos investidores que souberam como investir o seu dinheiro guardado. 

E isso sem continuar trabalhando. Ou melhor: fazendo o seu dinheiro trabalhar por você.

E afinal, quem não gostaria de viver de renda, não é mesmo? Imagine ter aquele dinheiro investido e poder aproveitar o rendimento dele para se ter uma vida mais tranquila.

Pois é esse o sonho de grande parte da população brasileira. E inclusive é a razão que faz com que milhões de pessoas diariamente continuem apostando na loteria e Mega Sena.

Pois imagine não precisar de chefe, de uma rotina maçante de trabalho, de se submeter a tantas dores de cabeça para se receber um salário no fim do mês? Seria no mínimo extraordinário.

Será que é possível sobreviver apenas com investimentos? 

Qual seria a base de valor que se precisaria investir, para tirar um mínimo de rendimento por mês, como por exemplo R$ 5.000 de renda mensal? Será mesmo que isso é possível ou é apenas um sonho?

Vamos explicar o que é viver de renda, como funciona esta questão e as possibilidades existentes no mercado, atualmente. 

Antes de prosseguirmos, já te adiantamos: É POSSÍVEL. E o caminho para esse sonho é justamente aprender a controlar financeiramente os seus gastos, saber aplicar bem em investimentos que possam valorizar os seus ganhos e ter paciência para que os resultados apareçam.

Outro ponto que é importante pontuar: se você não tiver herança ou auxílio externo de alguém, você precisará trabalhar muito duro para viver de renda.

Vamos então para os passos a serem seguidos para primeiramente ter controle e tranquilidade dos próprios gastos, para que ao fim seja possível trilhar o caminho rumo ao sonho de se viver satisfatoriamente de renda.

homem de camisa xadrez cinza e azul sentado a uma mesa estudando como viver de renda e como calcular seus investimentos

Leia também: Mercado de ações e tudo o que você precisa saber para começar a investir nele

Primeiro investimento: controle financeiro

O passo número 1 para você viver apenas das suas rendas é saber fazer um balanço financeiro.

Esse passo é crucial, inclusive para sua própria tranquilidade pessoal e independente da finalidade de se investir em aplicações. 

Seja sincero: você sabe dizer exatamente o seu balanço financeiro do final do mês? Ou seja, o quanto ganha, o quanto gasta e quanto poderia economizar mensalmente?

Pois esse passo tem que ser o primeiro. E você pode fazer isso por conta própria em um papel, com a anotação de todos os gastos fixos mensais.

Ou em uma planilha no computador, que é uma forma mais organizada de poder se editar e administrar os valores variáveis.

Existem diversos aplicativos e ferramentas que podem te auxiliar nessa tarefa de forma ainda mais fácil por meio do celular. Pois assim, você poderá ter acesso mais rápido sempre que tiver um gasto e estiver na rua.

Dessa forma, é necessário colocar todo o seu ganho mensal, os seus gastos fixos e os que variem e as dívidas em atraso para se obter um balanço final de todos os seus gastos.

Controle suas dívidas

Como você lida com elas? Você tem algum valor que está em atraso? Esse passo é básico, porque nunca será possível prosseguir nesse caminho, se houver pendências passadas que ainda te prendam e limitem financeiramente.

E inclusive se você tem o hábito de acumular dívidas, MUDE JÁ de comportamento, pois isso só traz resultados negativos ao final.

Uma alternativa que pode te ajudar é solicitar um empréstimo para pagar dívidas já existentes e, assim, conseguir se organizar financeiramente. 

Reserve um valor para aplicar

Feito o controle financeiro e das dívidas, é hora de partir para o próximo passo: você tem alguma reserva de dinheiro que possa ser direcionada  exclusivamente para aplicações financeiras?

Esta etapa é fundamental. Se você ainda não tem reserva, se organize imediatamente para ter.

Porque isso é crucial não somente para investimentos, mas também para necessidades imprevisíveis que possam surgir de repente.

Assim, muitos consultores de investimento chegam a dizer que uma das melhores aplicações já existentes é justamente poder POUPAR o próprio dinheiro. 

Isso porque sabemos que temos um punhado de gastos que são desnecessários e que acabamos fazendo por impulso, somente com o intuito de satisfazer um desejo de consumo.

E o consumo excessivo é o maior inimigo de quem sonha em viver tranquilamente, seja de renda, ou inclusive próprio trabalho mesmo.

Até mesmo porque a satisfação do consumo em abundância, passa e, infelizmente, o dinheiro não retorna. Então esse passo é crucial, visando repensar melhor a própria forma de consumo, inclusive refletindo sobre o que pode ser reaproveitado e não descartado.

Pois além de poder guardar melhor o seu dinheiro no final e ter mais controle de seus atos, isso ainda vai te possibilitar contribuir com o meio-ambiente de forma mais sustentável.

Saiba como fazer investimentos promissores para viver de renda

O próximo passo para se conseguir trilhar um caminho com o fim de se viver de renda é saber aplicar bem. 

Para poder seguir esse passo, é fundamental que você conheça a si próprio e saiba identificar em qual perfil de investidor melhor se encaixa.

Afinal, de nada adianta aprender sobre quais os melhores investimentos, se você ainda não sabe determinar qual o seu perfil de investidor.

Um tipo “conservador”, por exemplo, é aquele que optaria por aplicações de renda fixa com quase nenhum risco.

Caso prefira dividir sua carteira entre gastos mais conservadores e aplicar uma parte em investimentos com mais riscos, está entre os investidores mais moderados. 

O perfil arrojado, mas também estratégico, gosta de planejar a carteira de aplicações com cuidado e, mesmo que ela seja arriscada, procura manter o plano de rendimento, trabalhando sempre com a possibilidade de perdas que possam vir a ser superadas posteriormente por ganhos superiores.

Por fim, você pode estar junto com o conhecido “investidor agressivo”, que assume absolutamente os maiores riscos, com o fim de obter em curto prazo retornos que sejam muito prósperos, mesmo que possam incidir em prejuízos.

Independente do seu perfil, uma coisa é certa: você precisa construir uma carteira de investimentos para que consiga ter bons rendimentos. E o ponto mais importante de uma carteira de investimentos é a diversificação.

Quais são os melhores investimentos para quem quer viver de renda?

Com o objetivo de viver de renda a longo prazo é preciso aplicar em investimentos de renda fixa que sejam mais seguros, mas também é necessário arriscar um pouco para se ter maior ganho maior e poder acelerar o processo.

Assim, os investimentos de renda fixa que possuem um bom rendimento garantido são:

  • Tesouro Direto;
  • Certificado de Depósito Bancário (CDB);
  • Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA);
  • Letras de Câmbio (LC).

Por fim, calcule o valor do patrimônio necessário para se obter a renda desejada.

Assim, para se ter noção de um valor aproximado do patrimônio que precisa ser conquistado para poder se viver de renda, é necessário fazer algumas contas.

Por exemplo, com uma taxa de 6% ao ano, para e obter uma rentabilidade realista e superior à inflação, realize o cálculo seguinte:

Trace o objetivo de renda mensal a ser desfrutada mensalmente e a multiplique pelo número de meses do ano (12) para se obter a aproximação de sua renda anual.

Posteriormente, dívida esse valor total por 0,06 (os 6% que referimos acima de inflação) para se obter o valor do seu patrimônio minimamente ideal.

Por exemplo, para se obter uma renda mensal de cerca de 5k, a conta é a seguinte:

(R$ 5 mil x 12) / 0,06 = R$ 1 milhão.

Assim, este é o patrimônio que precisa ser acumulado com o fim de se atingir a tão sonhada liberdade financeira. Mas é válido lembrar que esta conta simulada dependerá diretamente da inflação anual.

homem usando camisa branca e calça jeans azul sentado em seu sofá sorrindo com um computador no colo enquanto mexe em seu celular

Veja mais: Ações que pagam dividendos: conheça as mais rentáveis e como investir

Seja persistente e paciente

A persistência e paciência são as características mais essenciais para se alcançar um resultado financeiro proveitoso.

Inclusive porque o lado emocional pode afetar e muito o seu objetivo de ter uma vida financeira tranquila. Por isso, independente das circunstâncias, nunca esqueça do seu objetivo e se mantenha focado.

Nesse sentido, tenha esperança no sentido de ‘esperançar’, ou seja, lutar no presente para se conquistar o que se deseja no futuro.

Pode ser muito difícil ser paciente. E o processo pode demorar mais de 10, 15 anos se você conseguir guardar pouco dinheiro. No entanto, ser paciente é a melhor forma para atingir a meta de se viver de renda.

E por mais que todo esse prazo de espera para o resultado das aplicações possa parecer bastante tempo, se pararmos para olhar com uma visão mais abrangente, é possível concluir que na verdade é pouco tempo levando em consideração o tempo necessário para se aposentar, por exemplo, com a previdência social atual que foi fruto de reforma, trazendo alguns prejuízos ao trabalhador e inclusive com um teto menor de salário.

Por isso, o caminho para se conquistar uma liberdade financeira e tranquilidade futura, deve ser iniciado o quanto antes. E não amanhã, mas hoje mesmo. 

Aqui no Bom Pra Crédito você encontra uma série de conteúdos que vão te ajudar a construir uma carteira personalizada de investimentos com diversificação e rentabilidade garantida.

Se estiver em busca de empréstimo pessoal aproveitando as taxas de juros mais baixas do mercado, fale conosco.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *