Como usar o pix em todos os bancos

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

homem de jaqueta jeans parada em calçada sorrindo enquanto usa o celular

Resumo da matéria

  • Como utilizar o PIX?
  • Como funciona o PIX na prática?
  • Como usar o PIX para fazer transferência?
  • Como receber pelo PIX?

Continua depois da publicidade

Realize pagamentos e receba dinheiro de maneira simples e rápida

Muito popular nos últimos meses, o novo sistema de transferência vem ganhando cada vez mais espaço no setor financeiro e no gosto dos brasileiros. Mas, você sabe como usar o PIX e aproveitar todas as suas funcionalidades.

Desenvolvido pelo Banco Central, o sistema de pagamento instantâneo estreou em novembro de 2020 e passou a ser uma nova opção de transferências ao lado do TED (Transferência Eletrônica Disponível) e do DOC (Documento de Ordem de Crédito).

Já no setor de pagamentos, o PIX também aparece como uma opção ao lado dos cartões de débito.

De acordo com o Banco Central, o PIX traz algumas importantes vantagens para o sistema bancário brasileiro, como a disponibilização do serviço 24 horas por dia, todos os dias da semana, incluindo feriados.

Além disso, a velocidade da transação também é outro diferencial: as transferências são realizadas em até 10 segundos.

Para entender como funciona o PIX na prática, separamos explicações de como usar o PIX nos principais bancos do Brasil.

Como utilizar o PIX?

Disponível nos principais bancos, instituições financeiras e fintechs de meios de pagamento.

Para utilizar, o primeiro passo é criar a chave PIX, que pode ser a identificação por CPF (em caso de Pessoa Física) ou CNPJ (no caso de Pessoa Jurídica), e-mail, número do celular ou até mesmo um código aleatório.

Neste último caso, a chave aleatória é uma forma de receber um PIX sem precisar informar dados pessoais, ou seja, irá funcionar como um login, composto por um conjunto de números, letras e símbolos gerados de maneira aleatória que identificam a conta do destino do dinheiro.

homem sentado a uma mesa com um laptop e contas olha com estranhamento para seu celular

Para aprender mais: PIX: os pagamentos instantâneos vão começar. Veja o que muda

Como funciona o PIX na prática?

O PIX é uma função que aparece no aplicativo de celular dos principais bancos do Brasil, demais instituições financeiras e empresas de pagamento.

Para utilizá-lo, na hora de fechar uma transação – pagamento ou envio de dinheiro – basta escolher a opção “PIX” no aplicativo como forma de realizar a operação.

A seguir, você irá entender como utilizar o PIX no Bradesco, no Santander, no Itaú, na Caixa e no Banco do Brasil.

  • Bradesco

No aplicativo

Ao acessar o app, o correntista receberá um pop-up com o convite para cadastrar sua chave PIX. Clicando em “Quero me Cadastrar”. Caso já tenha visto essa mensagem e ela não apareça novamente, basta ir no Menu e clicar em PIX.

No internet banking

O correntista deverá acessar a conta pelo navegador do seu computador e, no Menu, clicar em PIX.

  • Santander

Tanto para Pessoa Física, quanto para Pessoa Jurídica, é preciso cadastrar as chaves PIX no aplicativo ou no Internet Banking.

  • Itaú

Para usar o PIX no Itaú, é preciso fazer o login no aplicativo com os dados da agência, conta e senha, acessar o Menu PIX, escolher a chave que quer utilizar (CPF/CNPJ, celular ou e-mail) e confirmar a chave escolhida.

  • Caixa Econômica

Na Caixa, é possível cadastrar a chave PIX, tanto no aplicativo, no internet banking ou nos terminais de Autoatendimento do banco, disponíveis nas agências da Caixa.

Ao escolher e acessar o canal a opção do PIX estará disponível e as orientações irão aparecer na tela. 

  •  Banco do Brasil

No aplicativo do BB, acesse o menu PIX e clique em “Cadastrar chave”. Em seguida, digite a que escolher e clique em “Avançar”.

Caso o correntista tenha conta corrente e conta-poupança, será preciso selecionar a conta desejada e clicar em “Avançar” novamente. Por fim, basta digitar o código de confirmação recebido por e-mail ou SMS.

Como usar o PIX para fazer transferência?

Uma das dúvidas mais comuns dos usuários é sobre como usar o PIX para fazer transferência.

Contudo, apesar de alguns detalhes serem diferentes entre diferentes bancos e carteiras digitais, a transferência de dinheiro pelo PIX é muito simples e são bastante similares entre as instituições.

Vamos ao passo a passo:

  1.  Ao acessar a conta, é preciso ir até a área destinada ao PIX;
  2. Em seguida, após a página principal, procure pela opção “Transferir”;
  3. Este passo pode variar de aplicativo para aplicativo, ou seja, de banco para banco. Em alguns bancos, como é o caso do Itaú, por exemplo, é necessário, em primeiro lugar, escolher o destinatário por meio da chave PIX ou com as informações de agência e conta bancária; depois, indique o valor que será enviado. Já em outros casos, será necessário escolher o valor a ser transferido e, depois, o destinatário;
  4. O quarto passo é conferir as informações preenchidas e as disponibilizadas pela instituição financeira. Em outras palavras, é necessário confirmar se o dinheiro está sendo transferido para quem você gostaria de enviar. Vale destacar que é possível escrever uma mensagem para a pessoa que vai receber o dinheiro;
  5. Entre com a sua senha online;
  6. A transação pelo PIX foi realizada e o dinheiro irá cair na conta do destinatário em questão de segundos, independentemente de qual seja o banco.

É importante destacar que o serviço de pagamento instantâneo também pode ser utilizado por QR Code. Além disso, o PIX pode ser usado para criar cobranças a serem enviadas a outras pessoas.

imagem ampliada de um homem de camisa xadrez sentado a uma mesa usando um celular de frente para seu laptop

Veja também: WhatsApp Pay, tudo o que você precisa saber sobre o novo jeito de transferir dinheiro

Como receber pelo PIX?

É possível receber dinheiro via PIX de algumas formas. Vamos a elas:

Via chave PIX:

Compartilhe com a pessoa que irá realizar o pagamento a sua chave PIX cadastrada.

Via QR Code:

  1.  No Menu PIX, toque em QR Code;
  2. Selecione a opção “Receber”;
  3. Escolha a chave para a qual quer gerar o QR Code;
  4. Digite o valor a ser recebido;
  5. Você pode inserir um título e descrição para o QR Code;
  6. Clique em Criar QR Code;
  7. Apresente o QR Code gerado ao pagador ou compartilhe via mensagem pelo aplicativo desejado.

As transações realizadas pelo PIX são gratuitas e ilimitadas quando realizadas através de chaves. Já as transações PIX feitas nas vendas via checkout de e-commerce ou QR Code, podem ter cobranças de taxas.

Vale destacar que o PIX é um serviço gratuito para Pessoas Físicas e para Microempreendedores Individuais. 

Ah, e caso você tenha chegado aqui à procura de um empréstimo pessoal, pode contar conosco também.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *