Como movimentar o CPF: seu Score nas alturas

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

mulher de blusa bege segurando um cartão não direita e um celular na mão esquerda

Continua depois da publicidade

Saiba o que influencia na sua pontuação e o que fazer para ela inflar

Sabia que você pode ser avaliado o tempo todo pelo mercado de crédito? Isso mesmo, é como se você tivesse seus passos (ou melhor, sua reputação financeira) vigiados por aqueles que podem te emprestar dinheiro. E ainda ganha uma pontuação por isso: é o seu score de crédito, calculado à medida você movimenta o seu CPF. Veja como movimentar seu CPF e aumente seu Score!

O que é Score de crédito?

O Score de crédito é uma pontuação criada para identificar quem são os bons pagadores.

Assim como temos o cadastro de negativados, aquelas pessoas com dívidas, existe o Cadastro Positivo, que é um currículo do histórico de pagamentos do consumidor.

Quanto maior for a sua pontuação de crédito, maior a facilidade de obter crédito no mercado, e isso dependerá dos seus hábitos de consumo.

mulher de camisa branca passando cartão de crédito para realizar compras

Leia mais: Pontuação do Score: como isso pode te ajudar a conseguir crédito?

Como funciona?

O Score de crédito calcula a probabilidade de alguém pagar as contas em dia.

Hoje, 4 birôs de crédito possuem metodologias próprias de composição da sua nota, que podem variar entre as empresas.

Os birôs autorizados pelo Banco Central do Brasil para atuar no novo Cadastro Positivo são: SPC Brasil, Serasa Experian, Boa Vista e Quod.

Já o Cadastro Positivo é uma maneira segura das empresas terem as suas informações de pagamentos.

Isso não impede ainda que algumas instituições usem seus próprios métodos para avaliar o risco de inadimplência.

No Bom Pra Crédito, por exemplo, também existe um score de crédito, ele indica a possibilidade de aprovação do seu empréstimo na plataforma.

O que dizemos grupos?

O Score de crédito tem três grupos de risco que determinam as chances de inadimplência: ele pode ser baixo, médio ou alto. Confira:

De 0 a 300: quem está nesse grupo apresenta um grau de perigo de inadimplência alto. Se você está nesse grupo, fique de olho nas dicas a seguir para movimentar o seu CPF e sair dessa urgente.

De 301 a 700: nesse grupo, o grau de perigo de inadimplência considerado médio. Sua situação é melhor do que a do grupo anterior, mas ainda dá pra melhorar e muito. Você não é uma prioridade para quem concede crédito.  

De 701 a 1000: aqui só entra gente que tem um baixo grau de inadimplência. Sua meta é chegar nesse nível e manter seu bom relacionamento com o mercado.

Vamos movimentar esse CPF

  • Limpe o seu nome: um dos principais vilões do seu score é o nome sujo. Porque ele basicamente vai contra o propósito do score, que é mostrar que você não apresenta risco de inadimplência. 

Para começar a movimentar o seu CPF, faça uma busca e veja se existe alguma dívida sujando o seu nome.

Se a resposta for sim, dê um jeito de negociar e pagar tudo com um acordo bom para as duas partes.

Seu score não vai mudar da noite para o dia assim que você pagar a dívida, essa é uma mudança contínua, mas é o caminho certo a seguir para construir uma boa pontuação baseada no seu bom relacionamento com o mercado.

  • Mantenha seu Cadastro Positivo atualizado: o Cadastro Positivo é uma plataforma que recolhe todas as suas informações de movimentações financeiras, como os seus pagamentos. Em geral, os bancos mandam para as empresas que recolhem essas informações e publicam seu score. 

Mantendo seu cadastro atualizado, está sempre enviando uma informação às instituições de que não tem nada a temer e está disposto a ser muito transparente com as suas contas. 

  • Tenha conta bancária e contas no seu CPF: tem gente que já é adulta, mas ainda é totalmente dependente dos pais. Não tem uma conta bancária, não possui contas no próprio nome. Não tem um cartão de crédito. 

Como os birôs que recolhem as informações sobre os seus pagamentos vão identificá-los se você usa o cartão de outra pessoa, paga a conta de luz ou telefone no nome de outra pessoa, não tem conta bancária para movimentar.

Evite esse movimento fantasma e tome as rédeas dos seus pagamentos para que eles possam ser contabilizados. 

  • Movimente sua conta bancária: mais até do que ter uma conta bancária, você deve movimentá-la. Quando você usa operações do seu banco, está se relacionando com o mercado, então isso é levado em consideração. 

Movimentar sua conta, no entanto, não é gastar mais.

É só usar mais sua conta com os pagamentos que já tem que fazer: seja depósito de dinheiro ou saque, usar o cartão de débito ou de crédito, fazer pagamentos de boletos, transferir quantias para outras contas suas ou de terceiros, e etc.

  • Mitos e verdades

Existem muitas dúvidas que cercam o funcionamento do Score de crédito. Vamos desmistificar algumas delas:

Pedir o CPF na nota melhora seu score

MITO! A inclusão do CPF em todas as suas notas fiscais não vai interferir na sua pontuação. Simplesmente porque isso nem é avaliado pelos analistas na hora de calcular o seu score. 

Seu nome só fica sujo por cinco anos

VERDADE! Por causa daquela regrinha que faz com que a dívida caduque, ou seja, ela prescreve após 5 anos, esse débito desaparece do seu Cadastro.

Mas, não se engane, você ainda precisa pagar a sua dívida. Ela não deixa de existir, só não pode mais ser cobrada na justiça, mas a empresa está liberada para cobrá-lo extrajudicialmente. 

Cancelar o cartão de crédito melhora pontuação 

MITO! Não importa se você tem 1 ou 4 cartões de crédito, contanto que você seja um bom pagador.

Isso sim, pagar as contas antes do vencimento, influencia a melhora do seu score.  

homem de camisa azul empilhando moedas em fileira crescente segurando uma lâmpada

Leia mais: Tudo o que você precisa saber sobre Score de Crédito

Manter meu cadastro atualizado melhora o score

VERDADE! Quanto mais as empresas de crédito te conhecer, mais chances de aumentar a pontuação.

O Cadastro Positivo, serviço de registro voluntário de adimplentes, é um exemplo disso.

O seu salário aumenta sua pontuação

MITO. O seu Score de crédito considera somente o seu histórico como bom pagador, o dinheiro que cai na sua conta não costuma ser levado em consideração.

A maioria dos scores vai considerar aquilo que já falamos aqui: atrasos e pagamento em dia. 

Consigo financiamento com Score baixo

Verdade! Ter o Score baixo não te impede de conseguir um financiamento, mas é possível que isso afete a qualidade do financiamento que você vai acabar conseguindo. Isso se ele for liberado. 

Como uma pontuação baixa dá às instituições bancárias a informação de que você não é um bom pagador, isso quer dizer que o seu risco de se tornar inadimplente para eles é alto.

Na prática, você terá menos benefícios. Taxas maiores, crédito limitado e etc.

E aí, tirou todas as suas dúvidas sobre a pontuação de crédito? Já sabe como movimentar seu CPF? Conta para a gente nos comentários!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *