Como melhorar a vida financeira com 06 passos que você pode tomar hoje

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

imagem de um cofre e ao fundo uma pessoa colocando uma moeda dentro dele

Resumo da matéria

  • Identifique as suas despesas
  • Reduza os pequenos gastos do dia a dia
  • Conheça a sua real situação financeira
  • Livre-se das dívidas rapidamente
  • Estabeleça metas de economia
  • Invista o seu dinheiro

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Não é só você quem precisa de saúde, sua vida financeira também. E quer saber como cuidar da sua? Acompanhe nosso artigo e siga essas dicas imperdíveis.

Administrar bem o nosso dinheiro e ter uma boa saúde financeira, apesar de necessário, nem sempre é uma tarefa das mais fáceis. Para os brasileiros em geral, esse parece ser um desafio bem grande. Mas, como melhorar a vida financeira de forma rápida e eficiente?

Segundo uma pesquisa realizada pelo Banco Central, 69% dos entrevistados afirmaram que não conseguem economizar nem uma parte de seus rendimentos.

E o que é pior, mais da metade admitiram não fazer sequer algum tipo de planejamento financeiro e, por consequência, têm uma péssima saúde financeira.

Se você se identificou com esses dados, temos uma boa notícia. Selecionamos algumas dicas fáceis e práticas que podem ajudar a descobrir como melhorar a sua vida financeira. Acompanhe!

Identifique as suas despesas

O primeiro passo para desenvolver o controle sobre suas finanças é ter em mente a quantia que será comprometida mensalmente com as suas despesas obrigatórias.

Comece considerando os custos fixos, como aluguel, parcela do carro, financiamentos, plano de saúde, impostos, etc.

As contas de consumo – como gastos com alimentação, luz e água – também devem ser levadas em conta, considerando o valor médio dos últimos meses.

Uma dica fundamental é registrar essas informações em papel ou em uma planilha virtual, facilitando a visualização dos seus gastos mensais.

Dessa forma, fica mais fácil dimensionar o total das suas despesas. O ideal é fazer esse levantamento logo no início de cada mês, assim você saberá o quanto terá disponível até o dia em que receber o seu salário novamente.

imagem de uma mulher loira e de casaco azul apoiada em uma mesa usando um tablet e um laptop


Veja também: Como diminuir gastos com contas fixas, como água, luz e internet

Reduza os pequenos gastos do dia a dia

Os maiores vilões de qualquer planejamento financeiro, sem dúvidas, são aqueles pequenos gastos de que costumamos nem nos dar conta.

Barzinho com os amigos, comer fora de casa ou um passeio no shopping podem parecer atividades inofensivas, a princípio.

Porém, quando somados, esses custos podem representar uma parcela significativa do seu orçamento.

Esse hábito pode ser prejudicial para quem busca controlar seu orçamento e, por isso, deve ser controlado de perto para que você possa melhorar a sua vida financeira.

É claro que isso não significa que você deve se privar de fazer aquilo que gosta de vez em quando. Mas é preciso ter consciência antes de colocar a mão no bolso se você quiser ter uma vida financeira estável.

A dica aqui é optar por atividades que não têm tanto impacto em seu orçamento, como uma reunião de amigos em casa, um passeio ao ar livre e opções de lazer gratuitas – as cidades estão cheias dela.

Assistir a um filme ou ler um bom livro em casa também podem ser ótimos passatempos que não lhe custarão praticamente nada.

Conheça a sua real situação financeira

Um dos principais motivos que levam a uma má relação com o dinheiro é o desconhecimento das pessoas sobre a própria situação financeira.

Afinal, quem fecha os olhos para essa questão e toma decisões baseadas em suposições dificilmente consegue desenvolver um controle adequado de seu orçamento.

Por isso, o ideal é acompanhar de perto o quanto você ganha e o quanto você gasta, estabelecendo um equilíbrio saudável entre as suas receitas e despesas.

Dessa forma, ficará muito mais fácil tomar decisões de maneira consciente, reduzindo os riscos de ficar endividado.

Livre-se das dívidas rapidamente

Por falar em dívidas, para melhorar a sua vida financeira, é fundamental que você as elimine o quanto antes — ou, pelo menos, se planeje para isso. Quando negligenciadas, as dívidas aumentam como uma bola de neve, tornando o objetivo da vida financeira organizada cada vez mais distante.

Se você tem dívidas em aberto, entre em contato com seus credores para descobrir exatamente o quanto deve ser pago.

Dependendo da negociação, pode ser até que você consiga um bom desconto ou uma condição facilitada para quitar os valores atrasados e conquistar o equilíbrio nas finanças pessoais.

Em muitos casos, o ideal é substituir várias dívidas com taxas absurdas por uma única que caiba no seu bolso. Um empréstimo pessoal, por exemplo.

Estabeleça metas de economia

Tudo o que fazemos é motivado por objetivos que queremos conquistar.

Ao aplicar esse conceito na vida financeira, com certeza ficará mais fácil poupar e ter controle do seu próprio dinheiro.

Para isso, você pode definir uma quantia que deve ser guardada todos os meses para a realização das suas metas.

Você pode começar poupando 10% da sua renda, por exemplo, e ir aumentando essa porcentagem gradualmente, à medida que você se adaptar ao hábito de economizar.

Essa ação é fundamental tanto para a realização de planos no longo prazo quanto para se prevenir.

No caso de uma emergência, por exemplo, você poderá contar com uma reserva financeira para arcar com qualquer despesa inesperada.

imagem de uma menina de óculos sentada a uma mesa usando seu laptop

Veja também: Como organizar e guardar suas contas pessoais. Um dia você pode precisar

Invista o seu dinheiro

Agora que você já sabe como gerenciar melhor as suas finanças e entende a importância de economizar uma quantia todo mês, é hora de fazer o seu dinheiro render.

Para isso, basta procurar investimentos que estejam de acordo com seu perfil.

Existem diversas opções de investimento no mercado. Escolhendo a opção certa, você estará multiplicando suas economias e construindo um futuro financeiramente estável.

Outra dica é buscar a diversificação das suas aplicações financeiras, a fim de diminuir riscos e aumentar as chances de rendimentos maiores.

Vale lembrar que o mais importante é mudar a sua mentalidade para prosperar financeiramente.

Ao adotar e transformar em hábitos as práticas que apresentamos neste artigo, você perceberá como as questões relacionadas ao dinheiro se tornarão muito mais simples.

Que tal, então, compartilhar este artigo com seus amigos em suas redes sociais e mostrá-los como melhorar a vida financeira?

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *