Blog > Poupança: como funciona?
Empréstimo Pessoal - todas as financeiras num só lugar

Poupança: como funciona?

Poupança: como funciona?

Poupança: como funciona?

Dos brasileiros que poupam dinheiro, 81% deles investem na Poupança, segundo dados da Fecomercio do Rio de Janeiro, isso mostra a imensa preferência do brasileiro pela modalidade.

Será que sabemos exatamente como funciona a famosa poupança?

Sob o ponto de vista da rentabilidade, a Poupança deixa a desejar. Mas, ela tem três importantes funções: perfeita para reservas de emergência, para quem está poupando por um prazo bem curto e, principalmente, para aqueles que estão começando o processo de guardar dinheiro.

 

Como abrir uma Poupança?

Uma poupança pode ser aberta por qualquer pessoa em uma agência bancária. Os documentos necessários são RG, CPF e comprovante de residência. Geralmente se consegue abrir uma poupança com apenas R$ 50.

 

Como funciona a Poupança?

As aplicações em cadernetas de poupança realizadas através de depósito em cheque, tem como data de aniversário o dia do depósito e não o dia da compensação do mesmo.

O rendimento é mensal. Ou seja, tem de esperar um mês do dinheiro aplicado para que no mês que vem, sejam contabilizados os rendimentos. Aplicações realizadas nos dias 29, 30 e 31 de cada mês, terão como data de aniversário o dia 01 do mês subsequente.

 

Precisando de dinheiro? Empréstimo pode ser a solução:

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO

 

Regras de Rendimento da Poupança

De acordo com a legislação atual*, o rendimento da poupança é composto por duas parcelas:

  • a remuneração básica feita pela Taxa Referencial (TR);
  • a remuneração adicional que corresponde a 0,5% ao mês, quando a meta da taxa Selic ao ano for superior a 8,5%; ou quando 70% da meta da taxa Selic ao ano, mensalizada, vigente na data de início do período de rendimento, enquanto a meta da taxa Selic ao ano for igual ou inferior a 8,5%.

* Art. 12 da Lei nº 8.177. de 1º de março de 1991. com a redação dada pela Lei nº 12.703. de 7 de agosto de 2012. e art. 7º da Lei nº 8.660. de 28 de maio de 1993.

O rendimento da poupança é calculado sobre o menor saldo de cada período, que equivale ao mês corrido, considerando a data de aniversário da conta de poupança no caso de pessoas físicas e entidades sem fins lucrativos.

Nos outros casos, o período de rendimento equivale ao trimestre corrido, também considerando a data de aniversário da conta de poupança.

 

Aniversário da Poupança

É considerada data de aniversário da conta o dia do mês de sua abertura, mas se a conta for aberta nos dias 29, 30 ou 31, nesse caso, o aniversário será o dia 1º do mês seguinte.

 

Remuneração da Poupança

A remuneração da poupança é depositada mensalmente, na data de aniversário da conta, para pessoa física e entidades sem fins lucrativos, e, trimestralmente, no aniversário, para os demais depósitos.

Vale lembrar que a aplicação em poupança tem risco baixíssimo, já que o Fundo Garantidor De Crédito cobre até R$ 250 mil por CPF (caso a instituição bancária venha a falir).

E o melhor de tudo, as aplicações de pessoa física são isentas da cobrança de imposto de renda.

 

Consulte todas as opções de empréstimo em um só lugar:

SOLICITE SEU EMPRÉSTIMO

 

Quer aprender mais sobre como poupar e colocar as finanças em dia?

Então confira estes posts que preparamos para você:

» Dicas para poupar dinheiro

» Opções para organizar as finanças pessoais

» Empréstimo Pessoal: dinheiro rápido e sem os altos juros do cartão ou cheque especial

 

By | 2018-03-07T15:59:50-03:00 28 de abril de 2014|