Como Fazer um Currículo Bom, Objetivo e Atualizado em 2019? Passo a Passo

Larissa Civita

| 11 minutos para ler

Como Fazer um Currículo Bom, Objetivo e Atualizado em 2019? Passo a Passo

Continua depois da publicidade

 Introdução

Você quer saber como fazer um currículo atualizado, bom e objetivo e garantir uma vaga no mercado de trabalho?

Saiba que para atingir esse objetivo é preciso seguir diversas orientações que, apesar de simples, exigem bastante cuidado e atenção.

Aquele tempo em que os currículos eram comprados prontos e bastava preenchê-los com as informações desejadas já passou.

Hoje, é necessário investir mais tempo escolhendo e informando corretamente os dados e mantendo tudo sempre atualizado.

No artigo que preparamos para você, vamos apresentar um guia completo de como fazer um currículo perfeito, mesmo que você ainda não tenha experiência no mercado de trabalho. Confira.

Leia também sobre o aviso prévio e descubra tudo sobre o assunto.

O que é um currículo e para que serve?

O currículo é um documento que reúne todas as informações relacionadas à sua formação educacional e profissional, além dos dados pessoais e de contato.

É nele que você vai informar onde concluiu seus estudos, quais são as suas qualificações, em quais empresas trabalhou nos últimos anos e por quanto tempo ficou nesses lugares.

O currículo é utilizado por quem deseja se candidatar a uma vaga de trabalho porque está desempregado ou porque deseja mudar de emprego.

É um documento base, que sempre é solicitado. Por isso, é muito importante ter em mãos um currículo realmente eficiente.

Importância do Currículo na Busca Por Emprego

Importância do Currículo na Busca Por Emprego

Apesar de ser algo básico, muitas pessoas têm dificuldades em elaborar um currículo efetivo, simples e ao mesmo tempo completo. Isso pode acontecer pela falta de conhecimento técnico ou pela não compreensão da importância do currículo para o alcance da vaga.

É o currículo que vai nutrir o contratante de informações básicas sobre você. É a partir dele que as empresas vão decidir se entram em contato ou não, solicitando-o para as próximas etapas da seleção.

Nos dias de hoje, grande parte das empresas recebem os currículos de forma online, por e-mail ou até mesmo por Whats App. Não há aquele contato direto com o candidato, pelo menos nesse primeiro momento.

Por isso, o currículo faz a ponte entre empresa e candidato. É um resumo do profissional que poderá futuramente fazer parte do quadro de funcionários da empresa. Sem um currículo original, informativo e atrativo, as chances de conseguir uma vaga são remotas.

Especialistas da área de recursos humanos dizem que o tempo médio que um empregador leva para ler um currículo é apenas sete segundos. Para se destacar dos demais e fazer com que o seu currículo prenda a atenção de quem o lê é preciso uma boa dose de esforço.

E se você ainda está na luta por um emprego e precisa de dinheiro até conseguir estabilizar-se, o empréstimo pessoal do Bom pra Crédito garante tranquilidade no seu orçamento doméstico, oferecendo segurança para que você possa se preparar para o mercado de trabalho novamente. Faça a sua simulação.

O que é uma Carta de Apresentação? Como Usar?

A carta de apresentação é um documento que acompanha o envio do currículo e tem como objetivo apresentar, como o nome já diz, o candidato a uma vaga de emprego.

Deve ser redigida de forma simples e sucinta contendo algumas informações básicas, tais como nome, endereço e telefone de contato, o nome de quem deverá receber a carta, a vaga pretendida, a disponibilidade para uma entrevista, um resumo das qualificações e das habilidades existentes.

Esse documento é indicado quando o candidato quer descrever de forma mais abrangente algumas das suas qualificações, uma vez que o currículo não acomoda tantas informações.

Para criar uma boa carta de apresentação, procure conhecer mais sobre a empresa e as necessidades que ela tem. Diga por qual razão você é a pessoa indicada para ocupar a vaga e para suprir tais necessidades.

Quer saber ainda como dar entrada no seu seguro-desemprego? Vale conferir mais sobre o assunto!

Formatos e Tipos de Currículos – Vantagens e Desvantagens

No geral, existem três tipos de modelos de currículos. Apesar das características específicas de cada um, todos são corretos e eficientes. Conheça cada um deles a seguir.

Currículo Cronológico

O currículo cronológico faz um resumo das suas últimas experiências profissionais, dando preferência para aquelas mais recentes. Esse tipo de currículo é muito indicado para quem está tentando uma vaga similar à experiência que possui.

Listada dessa forma, tal experiência fica mais acessível para o empregador e aumenta as chances do candidato de ser contratado.

Currículo Funcional

O currículo funcional dá mais atenção à formação educacional, às habilidades e ao conhecimento do candidato. É uma maneira de especificar tudo que ele sabe fazer, as atividades que domina, as qualidades que possui e que serão úteis à empresa.

Esse tipo de currículo deve ser considerado por quem está entrando agora no mercado de trabalho e, por isso, não tem experiência de trabalho, mas tem bastante carga educacional e habilidades natas ou adquiridas ao longo do tempo.

Currículo Misto ou Combinado

Nesse tipo de currículo é possível misturar um pouco de cada um dos currículos anteriores. Dê ênfase para seus conhecimentos e habilidades e, em seguida, descreva as suas experiências em outras empresas.

Agora você já sabe sobre os tipos de currículo, mas a pergunta que fica, afinal, é: como elaborar um bom currículo? Saiba adiante.

Como Fazer um Currículo Bom e Objetivo?

Como Fazer um Currículo Bom e Objetivo

Agora que você já sabe a importância de saber se candidatar a uma vaga de emprego, saiba agora como fazer um currículo bom e objetivo, com informações básicas e necessárias.

Adicione suas Informações Pessoais

Redija o seu nome completo, sua idade e o seu estado civil. Depois, insira o seu endereço contendo a cidade e o bairro. Não se esqueça de listar os seus canais de contato como telefone e e-mail.

É muito importante inserir um e-mail ativo e mais de um número de telefone. Se o empregador tiver dificuldade em falar com você por determinado meio, esteja certo de que ele terá outras opções para isso.

Escreva o Objetivo de Seu Currículo

Esqueça aqueles objetivos genéricos e comuns facilmente encontrados em currículos prontos na internet. O seu objetivo deve ser direto e de acordo com o que a empresa precisa. Escreva apenas o cargo que almeja.

Algumas empresas armazenam os currículos em uma base de dados e fazem pesquisas através de palavras-chaves usando os cargos que desejam ocupar. Assim, se você está se candidatando a uma vaga de jovem aprendiz, esse deve ser o seu objetivo.

Descreva Suas Experiências Profissionais

Em um currículo comum as experiências profissionais devem seguir a ordem cronológica, do cargo mais atual ao mais antigo.

Liste não só o nome da empresa, mas o tempo que permaneceu lá e a sua trajetória de crescimento dentro dela. Isso mostra que você é um profissional engajado e que gosta de sair da zona de conforto.

Deixe claro quais foram as suas conquistas, de que forma elas ajudaram a empresa para a qual trabalhou.

Aliás, esteja preparado para falar das suas experiências profissionais também durante a entrevista de emprego, outro grande desafio para os candidatos.

O que Fazer se Não Tiver Experiência Profissional Para o Currículo?

Grande parte das pessoas que estão em busca de um emprego são aquelas que nunca foram contratadas, ou seja, sem experiência.

Se esse for o seu caso, não se desespere. Liste os estágios que já fez, as monitorias das quais participou na faculdade, trabalhos voluntários, dentre outros. Mesmo não tendo um portfólio profissional para apresentar, você deixa claro que não ficou parado e buscou se qualificar.

Descreva Suas Formações Acadêmicas

Aqui você deverá listar a sua formação educacional desde os tempos escolares, passando pela universidade e também pelas especializações. Liste os cursos que possui como idiomas, cursos técnicos, cursos de extensão, dentre outros.

Descreva Outras Informações Relevantes Em Seu Currículo

Descreva Outras Informações Relevantes Em Seu Currículo

O seu currículo deve ser sucinto, porém com informações que contém pontos a seu favor. Veja a seguir algumas sugestões.

Habilidades Especiais

Descreva aqui aquelas habilidades que você considera valiosas, que se encaixam perfeitamente no cargo.

Você tem habilidade de negociação? Possui afinidade com vendas e captação de novos clientes? Se esses são pré-requisitos da vaga que deseja, mostre que é a pessoa perfeita para ela.

Interesses Pessoais

Não é obrigatório listar os seus interesses pessoais no currículo, mas essa estratégia pode ser útil. Empresas modernas valorizam hobbies e passatempos do candidato desde que eles tenham a ver com a vaga ou estejam alinhadas aos princípios da organização.

Idiomas

Falar outro idioma é uma qualificação básica. Se você tem alguma fluência ou sabe se comunicar tranquilamente em outra língua, especifique isso. Se só sabe o básico, diga também. Não queira enfeitar o currículo com conhecimentos que na verdade não possui.

Certificações

As certificações são os cursos, workshops, treinamentos e congressos dos quais você participou ao longo da sua vida. Elas são muito valiosas, principalmente quando são relacionadas ao cargo pretendido.

Publicações

As publicações são os artigos, projetos publicados por você em revistas e sites especializados no assunto abordado. É uma prática comum entre profissionais que seguem a vida acadêmica.

Como exige bastante dedicação e estudo, é um trabalho muito valorizado. Portanto, torna o seu currículo mais atraente.

Trabalho Voluntário

Quando você deixa claro no seu currículo que exerce ou exerceu trabalho voluntário em alguma instituição, a empresa entende que você é uma pessoa engajada, que se envolve não só com o social, mas em coisas em que acredita de verdade.

O voluntariado, além de ser benéfico para a sociedade, também ajuda o voluntário a amadurecer, a desenvolver habilidades e competências diversas, o que é muito buscado nos novos profissionais.

Trabalhe na Estrutura de Seu Currículo

A estrutura básica de um currículo é essa: nome, dados pessoais, objetivo, resumo das qualificações, formação educacional, experiências profissionais, cursos complementares e referências profissionais.

Seguindo essa linha de raciocínio do que colocar em um currículo, não tem como errar. Basta focar no preenchimento correto de todos esses dados. Também é preciso pensar no layout do currículo, na harmonização das fontes, cores do texto e formatação do documento, como você verá mais para frente.

Margens

Caso você escolha criar o seu próprio currículo, lembre-se de usar margens de 3 cm nos cantos superior e esquerdo e 2 cm nos lados inferior e direito da página.

Essa orientação está de acordo com as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

Alinhamento

Alinhamento

As informações devem estar alinhadas à esquerda, com exceção do nome que deve estar centralizado.

Fontes para Currículo

Não abuse das fontes. Opte por uma só dentre as que são mais utilizadas para esse fim que são: Arial, Verdana e Times News Roman.

Tamanho das Fontes de Seu Currículo

O tamanho ideal da fonte para o corpo do currículo deve estar entre 10 e 12, mantendo o cuidado de deixar o texto legível. Para o nome do candidato, use a fonte com tamanho 18.

Linhas

As linhas são utilizadas para quebrar a leitura de um texto, dando uma folga ao leitor para processar aquilo que ele está lendo. Podem ser usadas para separar títulos ou para quebrar uma página. Elas também servem para enfatizar e destacar alguma informação.

Bullet Points

Bullet points são usados para listar informações. Nada mais são do que marcadores, aquelas bolinhas que vêm antes das frases, deixando o texto em formato de lista. Apesar de serem aceitas em currículos profissionais, use-as com moderação.

Cores

Por mais que você queira dar destaque ao seu currículo, evite brincar com as cores. A não ser que a vaga que você almeja seja em uma empresa de publicidade ou com um estilo mais moderno e jovem, que tem a ousadia e a criatividade como parte da organização.

Se não for esse o caso, foque mesmo no tradicional que é papel branco e texto na cor preta.

Dicas Para Fazer um Currículo Para Estágio ou Jovem Aprendiz

Aquele que quer saber como fazer um currículo para estágio ou Jovem Aprendiz, mas não tem experiências profissionais para listar, precisa focar no marketing pessoal e também em um currículo atrativo.

Para isso, capriche na formatação, no layout, nas informações verdadeiras, bem escritas, sem erros, e com ênfase nas habilidades pessoais.

Escolha uma Boa Fonte

Prefira as fontes comuns, usadas em praticamente todos os documentos que são criados no Word: Arial, Verdana e Times New Roman são as mais populares. Jamais use fontes elaboradas demais, que possam confundir o empregador.

Use Negritos, Itálicos e Sublinhados de Forma Estratégica

Negritos, sublinhados e itálicos podem ser usados como uma estratégia para chamar a atenção do empregador para aquilo que você acha que é valioso para a empresa, como uma experiência especial.

Use uma Boa Formatação

Permaneça dentro do básico, que é o que dá certo na verdade. As margens devem ser fixas, o espaçamento deve facilitar a leitura do texto, as fontes precisam fazer com que o empregador não force a visão para ler o que está escrito ali.

Uma dica para não perder a formatação do seu currículo, o que é bastante comum quando você acessa o documento de outro computador, é manter sempre uma cópia dele no formato PDF.

Revise Seu Currículo! Ele Será Sua Primeira Impressão

Jamais envie o seu currículo sem antes revisá-lo com precisão. Se for preciso, leia-o em voz alta, use o corretor do computador e, também muito importante, ofereça o seu currículo para alguém ler, alguém que você confia. Peça que a pessoa seja crítica e aponte os possíveis erros.

Depois de revisá-lo inúmeras vezes, você pode enviar com segurança e tranquilidade, afinal, você fez o seu melhor. Lembre-se que o currículo é a primeira impressão que você causa no empregador. Faça bonito desde o primeiro contato.

Exemplo de Currículo para Fazer no Word

Exemplo de Currículo para Fazer no Word

O Word é o programa mais utilizado para fazer um currículo atualizado porque é muito fácil de usar e de fazer alterações. Existem inúmeros modelos de currículos que você pode fazer no Word e um deles é disponibilizado pelo Office da Microsoft.

É um template que você pode baixar ou editar no próprio navegador do seu computador. Basta inserir todas as informações que listamos ao longo desse artigo e criar o seu próprio currículo perfeito.

Erros de Currículo Mais Comuns

Além de aprender como elaborar um currículo bom e objetivo, também é importante saber quais os erros mais cometidos para fazer diferente. Saiba agora quais são esses erros e fuja deles.

Usar Foto ou Informações Desnecessárias

Foto só deve ser enviada se for solicitada pela empresa. Evite também encher o currículo de informações desnecessárias como números de documentos, referências pessoais, habilidades que você não possui e pretensão salarial, a não ser que a empresa peça essa informação.

Formatação Ruim

Texto ilegível, negritos aleatórios, fontes diferentes, marcadores sem necessidade, tudo isso pode passar uma péssima imagem sobre o candidato. Por mais que você gaste um pouco mais de tempo nessa fase, não deixe de fazer a formatação correta para o currículo.

Erros de Digitação ou Gramática

Erros de Digitação ou Gramática

Erros de gramática e de digitação são inaceitáveis em um currículo. Você não precisa dominar a língua portuguesa, mas deve ter o mínimo de cuidado ao pleitear uma vaga de trabalho mantendo o hábito de revisar sempre o seu currículo.

Se não souber a grafia correta de uma palavra, pesquise ou substitua por um sinônimo. Vale também pedir a ajuda de outra pessoa.

Mentir Sobre Qualificações

Esse é um dos erros mais comuns cometidos por quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho. E é também uma mentira fácil de ser descoberta, seja na hora da entrevista ou durante uma capacitação.

Não minta no seu currículo pensando em se destacar dos demais concorrentes. Se não domina determinada habilidade, destaque algo que sabe fazer de forma excelente.

Deixe claro o seu nível de desempenho na atividade citada. Mentir é feio, causa má impressão e não garante vaga de emprego.

Omitir Informações

Alguns candidatos costumam esconder informações profissionais do passado por medo de que isso influencie negativamente no resultado da seleção. Pode ser uma demissão que aconteceu de forma mais delicada ou um período muito longo desempregado.

A dica é falar a verdade. Claro que se você teve uma experiência muita curta de trabalho, e que não desperta nenhum orgulho, não tem problema em riscá-la do seu currículo. Mas, se essa mesma experiência tiver sido bastante longa, é melhor falar a respeito.

Saiba também o que fazer quando você é demitido.

Conclusão

Conclusão

Ao longo desse artigo você aprendeu como fazer um currículo perfeito. Viu que é preciso investir tempo e conhecimento na escolha e formatação do modelo correto, na descrição das informações e também na escrita em conformidade com as regras da nossa língua.

Todo esse processo pode ser um pouco cansativo, mas é um esforço que pode valer a vaga dos seus sonhos, especialmente se você acabou de ser demitido ou está de aviso prévio e precisa de uma nova colocação.

O Bom pra Crédito pode te ajudar a encontrar uma ótima oferta de empréstimo pessoal para que você consiga honrar as suas dívidas enquanto procura um novo emprego. Confira as nossas condições, faça uma simulação e solicite o seu empréstimo.