Como fazer a prova de vida do INSS ? Entenda o que é e porque ela é necessária

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

casal de idosos sentados em sofá branco sorriem enquanto usam um tablet

Continua depois da publicidade

O processo deve ser feito anualmente para evitar o bloqueio dos benefícios de aposentadoria, auxílio doença, entre outros

Se você recebe aposentadoria do governo, é importante entender como fazer a prova de vida do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e não correr o risco de ter esse benefício bloqueado.

Lembrando que, devido à pandemia de Covid-19, a prova de vida anual está suspensa desde março de 2020. Os segurados que não conseguirem realizar a atividade não serão afetados, já que o serviço deve voltar apenas no mês de maio.

Acompanhe o conteúdo que preparamos para você entender mais detalhes sobre o procedimento e como está o calendário do INSS para prova de vida.

O que é a prova de vida do INSS?

Todo ano, o beneficiário deve fazer a prova de vida para comprovar que está vivo e continuar recebendo o benefício do INSS. Este é um procedimento obrigatório por lei, com o objetivo de evitar fraudes, pagamentos indevidos e outros problemas.

Para você entender melhor, quando uma pessoa que é beneficiária do INSS falece, se nenhum parente avisa sobre o ocorrido, o pagamento continua sendo feito e o valor deixa de ser repassado para quem realmente precisa.

casal de aposentados sorri enquanto olha para um celular

Aprenda mais: Empréstimo para aposentado, veja as novas regras dos consignados do INSS

Quem deve fazer?

Normalmente, todos os segurados do INSS vão até o banco em que recebem o benefício e apresentam um documento com foto para realizar a prova de vida. Aqueles que não podem comparecer na agência, por motivos de doença ou dificuldade de locomoção, podem nomear um procurador.

Vale lembrar que o INSS prorrogou a suspensão da obrigatoriedade da prova de vida até o mês de abril de 2021. Ela não está ocorrendo desde março de 2021 em função da pandemia. 

Já para os servidores aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que recebem pelo Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape) o governo divulgou a suspensão do recadastramento anual até o dia 31 de maio. 

Prova de vida do INSS online

Uma parceria firmada em agosto de 2020, entre o INSS e a Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social), permitiu que 500 mil segurados realizassem a prova de vida digital. 

O projeto aumentou para 5,3 milhões o número de beneficiários que podem fazer a atividade sem sair de casa. 

Calendário

Viu só como fazer a prova de vida do INSS não é complicado? Agora fique ligado no calendário que é válido para aqueles que não realizarem a prova de vida digital.

Lembrando que, a partir do mês de maio, as obrigações devem ser retomadas normalmente. O beneficiário deve ficar atento à data de vencimento da sua comprovação de vida para não ter o pagamento cancelado.

Competência de vencimento da comprovação de vidaCompetência da retomada da rotina
março e abril/2020maio/2021
maio e junho/2020junho/2021
julho e agosto/2020julho/2021
setembro e outubro/2020agosto/2021
novembro e dezembro/2020setembro/2021
janeiro e fevereiro/2021outubro/2021
março e abril/2021novembro/2021

Como fazer a prova de vida online?

A prova de vida do INSS online foi ampliada para mais beneficiários, mesmo o processo presencial estando temporariamente suspenso. Só podem realizar a prova nesta modalidade aqueles que tiverem recebido uma mensagem de texto pelo número 280-41, e-mail ou pelo aplicativo “Meu INSS”. 

A prova de vida do INSS pelo celular é feita por biometria, com o reconhecimento dos traços do rosto para finalizar a etapa do processo de identificação. A biometria já precisa estar cadastrada na Justiça Eleitoral ou CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O projeto ainda é destinado somente aos segurados escolhidos para participar do piloto. Em caso de dúvidas o beneficiário pode ligar para o número 135 (telefone oficial do INSS). 

Confira o passo a passo da prova de vida digital do INSS:

  • O beneficiário deve ter os apps “Meu INSS” e “Meu Gov BR” para fazer a prova de vida por biometria facial;
  • Ao abrir o “Meu INSS”, o usuário verá a notificação: “Chegou a hora de fazer sua prova de vida! Faça agora, pelo celular, sem precisar sair de casa”;
  • O app irá redirecionar o segurado para o “Meu Gov Br”;
  • No aplicativo “Meu Gov Br”, vá em “Autorizações” e clique para “Autorizar” a que estiver pendente;
  • Depois, escolha “Realizar Validação”;
  • Clique na opção “Permitir” para que o app “Meu Gov Br” tenha acesso à câmera do seu celular;
  • Preencha o dado solicitado para confirmar sua identidade e clique em “Prosseguir”;
  • O aplicativo vai pedir que você centralize seu rosto no círculo que surgiu na tela do celular, até que ele fique verde;
  • Ao concluir o processo a mensagem “Validação Facial realizada com sucesso!” será exibida;
  • Quando o INSS concluir a sua de prova de vida, você receberá uma notificação no “Meu Gov Br”.

Como cadastrar um procurador

Dá para fazer a solicitação pelo aplicativo “Meu INSS”. Ao entrar no app, o usuário deve clicar na opção “Agendamentos/Requerimentos”. Depois, deve solicitar um “Novo Requerimento” e digitar no campo de pesquisa a palavra “procuração”.

Serão pedidos os seguintes documentos:

  • Documentos de identificação com foto do aposentado e do procurador;
  • Procuração pública ou particular;
  • Termo de responsabilidade;
  • Em caso de comorbidade do beneficiário, é necessário atestado médico;
  • Aposentados privados de liberdade, devem apresentar o atestado de recolhimento à prisão, emitido por autoridade competente;
  • Se o beneficiário for dependente químico e estiver internado, exige-se a declaração de internação da casa de recuperação;
  • No caso do beneficiário estar viajando, é solicitada a declaração escrita de viagem, dizendo se o aposentado está dentro do país ou fora e a previsão de tempo de ausência.

casal de idosos se abraça de frente pro mar e olhando o céu

Veja também: Como dar entrada na aposentadoria: passo a passo para seguir os trâmites corretamente

O que acontece se ela a prova de vida do INSS não for realizada?

O beneficiário que por qualquer motivo não fizer a prova de vida do INSS, deve saber que o pagamento pode ser suspenso até o procedimento ser realizado. 

Por isso, deixe tudo em dia. Consulte o calendário de prova de vida que deixamos mais acima para você e compareça no seu banco no período indicado.

Agora que você já sabe como fazer a prova de vida do INSS, fica muito mais fácil não perder nenhum prazo e garantir o recebimento do seu benefício. Conte sempre com o Bom Pra Crédito para te ajudar a organizar suas finanças!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *