Como definir metas financeiras e cumpri-las para alcançar o sucesso

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

imagem de um alvo preto e amarelo com um dardo em seu centro

Continua depois da publicidade

Ter um objetivo claro é importante para alcançar metas de curto, médio e longo prazo

Fazer planos é um hábito presente na vida de todas as pessoas. Porém, grande parte deles envolve um elemento comum: a necessidade de ter dinheiro para cumpri-los. Por isso, saber como definir metas financeiras é tão importante para o nosso futuro.

Algumas pessoas têm o sonho de adquirir bens e serviços, outras de buscar investimentos melhores ou aumentar seu patrimônio, mas todos pensamos em maneiras de melhorar a saúde do nosso bolso ao longo do tempo.

Por isso, estabelecer e avaliar metas financeiras acaba sendo um dos elementos primordiais nesse momento.

Porém, de nada adianta fazer resoluções e deixá-las guardadas em um papel, no fundo da gaveta.

Elas devem fazer parte de um planejamento financeiro de curto, médio e longo prazo e deve ser apoiado por estratégias que precisam ser seguidas com disciplina para que seja possível chegar ao resultado final.

Para te ajudar a defini-las, listamos alguns pontos importantes. Confira a seguir como definir metas financeiras!

homem de camisa branca parado em frente a uma janela de vidro com post-its coloridos

Para aprender mais: Independência financeira, super dicas para você alcançar a sua, ainda este ano

Por que é importante definir algumas metas quando se fala em planejamento financeiro?

Aqui mesmo no blog do Bom Pra Crédito você já deve ter ouvido falar que o planejamento financeiro é a base para uma vida orçamentária equilibrada e promissora.

Acontece que, na maioria das vezes, as pessoas costumam ter objetivos claros do que querem, mas, por não conseguirem planejar, acabam se perdendo no meio do caminho.

Já comentamos sobre os sonhos de cada um, mas vamos a um exemplo prático: se o seu maior sonho é comprar uma casa própria, você precisa começar a tomar providências para que isso saia do papel.

Ou seja, é preciso conquistar o capital necessário ou o seu plano dificilmente se tornará realidade e você, provavelmente, se sentirá frustrado com toda essa situação.

Ou seja, o que o impede de alcançar seus objetivos não é exatamente a falta de dinheiro, mas, sim, a falta de metas financeiras bem definidas e disciplina para seguir com o planejamento previamente feito.

Deste modo, traçar suas próprias metas financeiras é um passo essencial para conquistar seus objetivos. Afinal, alguns sonhos, infelizmente, custam caro!

Ainda não se convenceu de que é preciso se organizar financeiramente e definir metas de economia? Confira esta lista rápida que preparamos com 7 ótimos argumentos que irão mudar a sua ideia:

  1. Ajuda a juntar a reserva de emergência, que precisa ter, pelo menos, o valor relativo ao custo de três meses do seu gasto mensal;
  2. Reduz o número de compras por impulso, já que você tem em mente o seu objetivo;
  3. Favorece a conquista de um patrimônio de maneira planejada, seja por meio da aquisição de um carro ou uma casa;
  4. Evita o endividamento e a inadimplência, uma vez que você controla seus gastos;
  5. Diminui gastos supérfluos;
  6. Ajuda a traçar metas mais coerentes e alcançáveis de acordo com a sua realidade financeira;
  7. Garante uma vida mais tranquila e estável.

O que é meta financeira?

Em primeiro lugar, é preciso entender o que são metas, pois é fácil confundi-las com desejos.

Metas e desejos são coisas diferentes

Infelizmente, por não saberem diferenciar metas de desejos, muitas pessoas começam errando logo na definição. Por isso, é preciso saber quem é quem.

O problema não é almejar coisas grandiosas, mas, sim conseguir definir metas concretas pelas quais você consiga trabalhar ao longo do tempo para realizar os seus sonhos.

Qual é a melhor forma de estabelecer metas?

Para não confundir metas e desejos, é preciso tomar algumas precauções na hora de defini-las:

Seja específico

Lembre-se que ser muito abrangente na hora de definir uma meta pode fazer mais mal do que bem.

Por isso, ao estabelecer uma meta financeira, deixe bem claro para você mesmo o seu objetivo, traçando o que quer com clareza e detalhamento. Por exemplo: se a sua meta de longo prazo é acumular patrimônio, faça alguns questionamentos, como:

  • O que é confortável para você?
  • Qual seria o padrão de renda necessário para viver bem no futuro?
  • Como será a composição de seus gastos no futuro, daqui a 30 ou 40 anos?

Quantifique ao máximo as suas metas

Ao invés de dizer que você irá juntar dinheiro, trace uma meta como, por exemplo, poupar 30% do seu salário mensal, acumular a quantia de R$ 2 mil ao longo do ano, etc.

O importante é sempre optar por dados que possam ser mensuráveis, pois são eles que depois te informarão exatamente se você está próximo ou distante de atingir a meta que definiu para o seu futuro.

imagem ampliada de uma pessoa de terno analisando gráficos em barra azul em folhas sulfite

Veja também: Orientação financeira, 15 dicas para você controlar os seus gastos

Como alcançar objetivos profissionais e metas financeiras?

A melhor maneira para saber como alcançar objetivos profissionais e definir metas metas financeiras, é ser realista, afinal, estabelecer objetivos financeiros impossíveis de serem alcançados de acordo com a sua remuneração e suas contas, não irá causar nada além de frustração.

Desta forma, leve em conta os desafios do mundo real, pois muitas vezes nos esquecemos das várias limitações que surgirão com o tempo. Foque no seu orçamento mensal e tenha certeza que você conseguirá arcar com o que definiu.

Sempre revise suas metas financeiras

O hábito de voltar e revisar as metas definidas deve ser adotado, caso a sua situação orçamentária mude.

Neste caso, sempre opte por priorizar as metas que realmente farão a diferença na sua vida financeira e exclua as que não são tão relevantes ou prioritárias.

Contudo, tenha em mente que absolutamente tudo o que integra o seu planejamento financeiro de longo prazo precisa do seu compromisso e dedicação.

Em resumo, definir metas financeiras é…

Simples! Mas, requer cuidados. Evite resoluções e metas vazias e coloque no papel um planejamento claro do que você precisa fazer para chegar lá. Desta forma, a chance de que suas metas sejam atingidas será muito maior.

Conte sempre conosco quando estiver com dúvidas em relação à finanças pessoais! Ah, e se estiver à procura de um empréstimo pessoal, você veio ao lugar certo! 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *