Construir casas baratas. Dicas para economizar durante a obra

Larissa Civita

| 4 minutos para ler

casal feliz em sala nova após mudança

Continua depois da publicidade

Siga este passo passo e sobreviva sem grandes surpresas a uma obra daquelas!

Obra pode ser uma dor de cabeça, mas essa não precisa ser uma regra. Se com o mínimo de planejamento você pode ser surpreendido com gastos extras e erros, imagine se resolver se aventurar em uma obra feita de qualquer jeito. A questão é: dá para construir casas baratas?

A sua casa dos sonhos pode custar aquilo que você planejar para o que ela pode custar, respeitando, é claro, uma margem de gastos a mais que podem acontecer normalmente.

Mas, para isso, é preciso fugir de alguns erros que podem atrapalhar os seus objetivos de uma obra mais barata.

Por exemplo, nem em sonho cometa essas atitudes:

  • Comprar materiais sem planejamento;
  • Iniciar a obra sem um projeto fechado;
  • Contratar profissionais sem qualificação para economizar;
  • Fazer mudanças que não respeitam o orçamento  

Para ter uma construção bem feita e dentro das suas possibilidades financeiras, você pode ficar atento a alguns pontos.

Confira:

Planejamento acima de tudo

Aposte em um projeto bem detalhado, a mudança constante de itens na sua obra pode aumentar muito o custo da sua construção.

A certeza de uma obra que caiba dentro do seu bolso é esse planejamento. 

Até porque algumas mudanças podem exigir que alguns serviços sejam refeitos, novos materiais sejam usados.

Foque no projeto e tente seguir o seu cronograma ao máximo. 

mulher colando post-it rosa em lousa branca com outros post-its amarelos

Leia mais: Financiamento para construção, como solicitar empréstimo para esse fim

Contrate uma mão de obra qualificada

Você pode fazer a economia da sua obra de outras formas (vamos dar dicas disso mais à frente), mas de forma alguma tente gastar menos com os profissionais envolvidos na obra.

Dependendo do tamanho da construção, ter um arquiteto ou um engenheiro envolvidos em todo o processo pode fazer toda a diferença na falta de desperdício e até para encontrar soluções mais rentáveis em caso de imprevistos. 

Quanto menos atrasos, melhor

O item anterior puxa este. Com profissionais qualificados você vai ter menos chances de lidar com atrasos desastrosos.

Tanto um arquiteto, um engenheiro e até pedreiros experientes vão poder te orientar e ajudar a passar por “crises” durante o processo. 

Tempo é dinheiro e é importante que você confie em todos os envolvidos no seu projeto. Afinal de contas, tempo é dinheiro e você quer justamente economizar.

Junte econômico e qualidade 

Só porque um material é mais caro não quer dizer que ele é melhor. Você pode só estar gastando muito mais dinheiro em algo que nem vai durar o que deveria. 

Entre as alternativas interessantes estão o tijolo ecológico, o cimento queimado, a tinta de terra. 

Apostar num aspecto rústico para a casa pode reduzir algumas despesas, só garanta que o “rústico” não vire “mal feito”.

Pesquise bem na hora de fazer a sua escolha e lembre-se de não se entregar ao principal rival da economia: a impulsividade.

Controle a ansiedade e empolgação para não pesar no bolso mais tarde. 

Materiais reutilizados podem ser uma solução 

Se estiver difícil fugir dos preços altos, tente encontrar alguma loja de material de demolição ou de materiais reciclados na sua cidade.

Não precisa ser para a casa toda, mas em algum cômodo específico você pode aproveitar essa opção com preços bem mais baratos. 

Nessas lojas dá para encontrar madeira, pisos, vidros, granito, entre outros materiais em bom estado. Viu só, ponto para a economia alcançada!

Busque por descontos

Se você souber negociar bem, pode conseguir um bom abatimento nas suas compras de materiais.

Não tenha vergonha de pedir desconto, principalmente se você for fazer uma compra grande e tiver boas condições de pagamento.

Com dinheiro vivo a sua negociação está mais garantida. 

Isso nos leva a outro ponto dentro deste mesmo tópico: pesquisar os melhores preços é essencial, não compre no primeiro lugar que visitar.

Compre com fornecedores

Caso as lojas não consigam fazer boas ofertas de descontos para as suas compras, tente estabelecer algum contato direto com fornecedores.

Na hora de comprar os materiais mais usados na obra, como tijolos, cimento e afins, essa pode ser a melhor opção. 

homem de terno preto e capacete branco falando ao celular em canteiro de obras

Leia mais: Está difícil descobrir como economizar dinheiro? As dicas a seguir vão facilitar sua vida

Empréstimo pessoal

Para realizar o sonho da casa própria dos sonhos, você pode analisar a chance de fazer uma dívida boa: o investimento de adquirir um empréstimo pessoal.

Hoje em dia plataformas como o Bom Pra Crédito facilitam muito a nossa vida, dando a opção de fazer absolutamente tudo pela internet.

Além de burlar a burocracia, você também tem a chance de analisar as taxas e condições de pagamento de mais de 30 instituições financeiras parceiras.

Os juros podem ser aqueles que você estiver de acordo e escolher, veja essas opções que começam com 1,59% ao mês.

Na hora de construir a sua casa, planeje, execute e pague como for melhor para você. Veja o empréstimo pessoal como o que ele realmente é: uma oportunidade de crescer.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *