Como comprovar renda MEI: dicas e por que você pode precisar

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

computador aberto com a tela apagada em cima de uma mesa com um caderno e uma calculadora

Resumo da matéria

  • Entenda o que é um comprovante de renda
  • Por que é importante comprovar renda?
  • Para que posso precisar comprovar renda como MEI?
  • Como comprovar renda MEI?

Continua depois da publicidade

Microempreendedores individuais possuem diferentes formas de comprovar renda

Quem é um Microempreendedor Individual (MEI) ou mesmo aqueles que ainda estão em busca da formalização, normalmente se deparam com uma importante dúvida: como comprovar renda MEI?

Se você está em busca dessa informação e quer entender exatamente como um microempreendedor individual faz para comprovar sua renda, acompanhe as dicas selecionadas pelo Bom Pra Crédito.

Entenda o que é um comprovante de renda

Um comprovante de renda pode ser representado por qualquer documento que prove para uma terceira parte quais são os recebimentos mensais de uma pessoa, sendo eles fixos ou até mesmo variáveis.

Este documento é utilizado em diferentes situações. Ele pode, por exemplo, ser  solicitado por bancos ou demais instituições financeiras que definem qual limite de crédito será disponibilizado ao cliente e quais os tipos de serviços são mais apropriados de acordo com a renda comprovada. 

calculadora ao lado de uma folha com dados e uma caneta prateada em cima de uma mesa branca

Para entender melhor: Imposto de nota fiscal de quem é MEI: o que é importante saber?

Por que é importante comprovar renda?

O ponto principal da comprovação de renda é garantir para o banco a capacidade do cliente arcar com seu compromisso. Isso porque, no mercado financeiro, há uma regra de que uma pessoa não pode ter mais do que 30% da sua renda comprometida em um financiamento.

Desta forma, se um banco for consultar a renda do cliente, será possível saber se ele terá ou não a capacidade de honrar com o empréstimo, financiamento, pagar as parcelas do aluguel, etc.

Para que posso precisar comprovar renda como MEI?

É importante destacar em quais situações um microempreendedor individual precisa  comprovar renda:

  • Na hora de solicitar um financiamento de um carro;
  • Ao desejar alugar um apartamento ou uma casa;
  • No momento de solicitar um financiamento de imóvel;
  • Na hora de pedir empréstimo;
  • No momento de solicitar um cartão de crédito para as financeiras.

Como comprovar renda MEI?

Um Microempreendedor Individual possui quatro maneiras diferentes de comprovar renda. Confira cada uma delas:

Extrato bancário

O Microempreendedor Individual pode comprovar sua renda por meio do extrato de sua conta bancária. Geralmente, o período de comprovação é de 3 meses, mas pode ser que o banco solicite o comprovante de até 1 ano.  

Movimentações de investimento também podem ser anexadas ao comprovante de renda. Porém, o documento deve ser assinado pelo gerente da conta. Isso faz com que ele tenha uma validade ainda maior do que o obtido pelo caixa eletrônico ou pela internet.

Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos – Decore

A Decore é um documento que só pode ser elaborado e emitido por contadores autorizados pelo CRA (Conselho de Administração). Para o Microempreendedor Individual, o ela pode ser:

  • O livro-caixa da empresa;
  • As notas fiscais emitidas pelo MEI;
  • A Declaração Anual do MEI;
  • O Recibo de Pagamento de Autônomo (RPA); 
  • As guias de pagamento de contribuição previdenciária individual.

O MEI pode escolher qual o período de elaboração — aquele para o qual necessita comprovar renda. Os documentos  apresentados ao contador precisam conter as informações comprobatórias para que o profissional emita a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos.

calculadora cinza com teclado vermelho em cima de uma mesa com teclado branco

Para aprender mais: Como abrir MEI gratuitamente. Passo a passo para pedir o seu

Contratos de prestação de serviços

O Microempreendedor Individual que atua como prestador de serviços pode utilizar seus contratos como comprovação de renda. Neste caso, é preciso checar quais são os documentos aceitos pela  instituição solicitante. 

Em algumas situações, os contratos de prestação de serviços só são validados quando apresentados com outros documentos comprobatórios, que também servem para uma análise mais detalhada demonstrada pelo MEI.

Agora você já sabe como comprovar renda MEI. Para tornar todo esse processo mais fácil, a dica do Bom pra Crédito é para que o microempreendedor reporte relatórios mensais com todos os dados financeiros para a assessoria contábil. 

Deixar tudo organizado faz toda diferença na hora de pedir empréstimo pessoal, financiar veículos ou imóveis e até mesmo declarar Imposto de Renda.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *