É a hora de incrementar as suas vendas! Como começar a empreender e mudar o cenário da sua vida

Larissa Carvalho

| 5 minutos para ler

homem usando óculos de avental cinza por cima de uma camiseta vermelha fala ao telefone enquanto segura uma prancheta

Continua depois da publicidade

Neste dia do vendedor, preparamos um material especial para te ajudar a incrementar suas vendas, começar a empreender e ficar com a conta no positivo até o fim do ano

Como começar a empreender? Antes, vamos falar de uma data importante, porque esse texto é especial para homenagear profissionais que trabalham diariamente e fazem o mercado girar de maneira positiva: o vendedor. 

É isso mesmo que vocês começaram a ler, pessoal. Dia 01 de outubro é comemorado, no Brasil, o dia do vendedor. 

A data homenageia os profissionais que trabalham realizando a venda de produtos, serviços, conceitos e ideais e foi sancionada pelo então presidente Juscelino Kubitscheck, em 18 de julho de 1957, sob o seguinte número de regulamentação: lei nº 3.207.

Certo, agora que falamos da parte burocrática – porque informação é indispensável-, vamos à parte prática da coisa. 

O mundo vive, atualmente, sob mudanças drásticas causadas pela pandemia do Novo Coronavírus, que atingiu o país, em março de 2020, mais ou menos. Isso causou em todos, vendedores ou não, uma alteração na estrutura de vida e sociedade. 

E, consequentemente, a mudança de comportamento de consumo, também. A questão é que: as contas continuam vencendo do mesmo jeito, mas parece que em alguns casos o dinheiro diminuiu. 

Quem trabalhava em loja diariamente, se viu em casa, sem perspectiva ou ter o que fazer. A preocupação tomou conta e alguns chegaram ao desespero de não ter com quem contar. E, quando tudo parece perdido entra a reinvenção de costumes. Empreender, quem sabe? Por que não?

Por isso, se você é um dos vendedores que teve que alterar o seu modo de trabalho ou então, aproveitou a deixa para empreender, aí vão algumas dicas de como sobressair no mercado e conquistar de vez a sua independência financeira. 

Tem também aqueles que usam o pequeno negócio para garantir a renda extra que vai salvar as contas do fim do mês. Esse texto aqui também é pra você. 

1. Como começar a empreender? Primeiro de tudo, mantenha a calma

Exatamente. Empreender não é uma coisa fácil e o dinheiro não vai cair na sua conta da noite para o dia. Por isso, manter a calma e esperar por melhores momentos é essencial. Enquanto ele não chegar, você vai trabalhando para o negócio girar e os bônus começarem a aparecer. 

Veja alguns artigos importantes que vão te ajudar neste momento de planejamento e ação:

Aqui tem de tudo e com eles, você vai começar a vislumbrar a luz no fim do túnel do seu planejamento. 

Dicas para empreender e lucrar sem sair do bairro

Melhores negócios para abrir com pouco dinheiro

Empreender no Brasil, principais dicas para burlar as questões mais difíceis

Reserva de emergência, monte a sua para começar a empreender

2.Liste o que você gosta de fazer ou tem experiência

Você é vendedor ou vendedora de qual segmento? Acha que vale a pena continuar na área ou quer sair de uma vez, aproveitando o momento? Decida isso.

Tem gastronomia, produtos orgânicos, conserto de computadores… enfim, tudo o que era feito em um local físico se transformou em uma visita em casa.

O mercado está aberto para estas oportunidades e você pode unir o útil ao agradável, ou seja, o que você gosta de fazer, com o que vai te dar dinheiro. 

3.Comece a estruturar a sua comunicação, nome da empresa, logo…

Agora que você já sabe o que quer comercializar, é a hora de escolher o nome do empreendimento, logo que ele vai ter, cores, a mensagem que você quer passar… Lembre-se que é importante você agregar valor ao que vai vender.

A concorrência está em alta e é preciso ter um diferencial para o seu produto. Use a sua experiência de vendedor para colocar em prática o que os clientes vão querer comprar. 

Aprenda sobre comunicação digital

Um outro costume que a pandemia trouxe foram as vendas online. Segundo dados da ABCOMM (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), até o fim de 2020 estima-se mais de 115 bilhões em transações digitais.

Por isso, é importante ter um perfil comercial nas mídias sociais: Instagram, Facebook, Tik Tok e por aí vai. Veja onde seu público vai estar e comece a se comunicar com ele. Quanto mais isso acontece, mais você vai ganhando engajamento. 

Lembre-se: crie perfis novos para o seu negócio. Nada de usar a sua rede pessoal, tá certo? 

Anote seus gastos e organize suas finanças

Veja quanto você pode investir para começar a montar um estoque. Se você decidir vender semijoias por exemplo, existe uma série de empresas que te ajudam a se tornar revendedor.

Se for comidinhas, veja quanto vai gastar com os ingredientes. É importante ter em mente quanto vai gastar para organizar as contas e não ficar no prejuízo.

Apps delivery são um diferencial

Aplicativos delivery vão te ajudar nas vendas. É importante se cadastrar neles, já que agora entregam de tudo. Ifood, Rappi, entre outros devem estar em sua lista. Com eles, você vai ganhando mais notoriedade também. 

Monte um site

Não deixe de lado a construção de um site ou loja virtual. Ele vai ser mais um canal de vendas que tende a aumentar a sua visibilidade. 

Você pode criar um site de forma gratuita no WIX, por exemplo, e divulgar seu produto lá.

Que tal um empréstimo pessoal, para começar?

Essa é uma ótima pedida. O empréstimo pessoal, no começo do seu negócio, vai te ajudar a ter aquela grana que precisa para montar um pequeno capital de giro e estocar os produtos que vai vender.

Se for serviço a sua escolha, o dinheiro do empréstimo vai ser bom para montar a sua estratégia de comunicação digital. 

Um passo além, sempre

Agora, se acima de tudo, você não quiser empreender, mas quiser ter um suspiro positivo na hora de pagar as contas, pense que este momento pode ser ideal para você rever seus conceitos profissionais. 

Chega uma hora que é preciso se reinventar. Seja como vendedor de uma empresa ou como vendedor do seu próprio negócio. 

#ENTREVISTABPC

Erika começou a empreender, faz o que ama e está aprendendo um mundo novo

E vai dar certo, quer ver? Vai dar certo porque você merece ir além e também porque com o planejamento correto, uma boa ideia tende a crescer. Foi o que aconteceu com a Erika Palomare, dona da Sweet Soul Sobremesas, uma pequena empreendedora que vamos conhecer agora. 

Ela começou um pequeno negócio de vendas de cookies no Rio de Janeiro. Teve que se mudar para São Paulo, mas continuou com sua ideia, seu sonho… 

imagem de uma torta de churros com açucar e gotas de doce-de-leite no topo, com a escrita: vertical sabor churros.

BPC: Por que você decidiu empreender?

Erika: Decidi empreender pois cheguei num momento profissional que não me dava mais satisfação e acredito ter adquirido bastante bagagem para tal passo.

em uma mesa de madeira estão dois cookies de chocolate com as escritas: trocamos as gotas de chocolate por brócolis ops... granola

BPC: Quais foram seus medos do começo?

Erika: Precisar desistir. Estar arriscando num momento de mundo instável. Não dar certo.

BPC: Qual é a importância de agregar valor nos seus produtos?

Erika: Acredito que é tão valioso quanto o produto.

Estar atenta aos meus clientes, manter registro de gostos pessoais, fazer uma embalagem personalizada mesmo sem a necessidade disso. Trabalhar com pessoas tem que ter delicadeza. Todo mundo gosta de se sentir querido.

imagem com cookie e torta de chocolate com as escritas: não me quis assim. tá! pode me procurar assim...

BPC: Como está a Sweet Soul hoje?

Erika: Comecei em outro estado e com 7 meses de operação me mudei.

Teve todo um novo começo de conquistar cliente e espaço de mercado.

A Sweet tem apenas 2 anos e meio. Ainda estamos engatinhando mas já conseguimos fidelizar alguns clientes. Não sei se ainda se posso dizer que está firmado, mas estamos num bom caminho.

BPC: E no Instagram? Quem criou a linha editorial e quem faz os posts?

Erika: Sou eu! No momento faço tudo sozinha.  Estou aprendendo a fotografar, editar, trabalhar conteúdo.

BPC: Boa sorte na batalha. Estamos aqui para te ajudar no que for preciso. Feliz dia do vendedor e vamos que vamos! 🙂

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *