Cálculo de rendimento da poupança – não fique às cegas com seu dinheiro

Larissa Carvalho

| 4 minutos para ler

calculadora azul pela metade em cima de uma mesa laranja

Resumo da matéria

  • Entendendo o cálculo de rendimento da sua poupança
  • Quanto rende a poupança?
  • Rendimento da poupança em 2020
  • Qual é o banco que a poupança rende mais?
  • Vale a pena investir na poupança?

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

A poupança é a aplicação mais comum entre os brasileiros e a equipe do Bom Pra Crédito vai te contar tudo sobre os rendimentos e cálculos dessa opção de investimento

Primeiramente, antes de falarmos sobre o cálculo de rendimento da poupança, é interessante conhecermos um pouco melhor dessa modalidade tão tradicional em nosso país.

Certamente, se você precisou abrir uma conta bancária em algum momento de sua vida, se deparou com as expressões “conta corrente” e “conta poupança”.

De uma maneira geral, podemos diferenciar uma da outra como sendo, a primeira, uma conta para transações frequentes, tais como transferir, depositar, pagar contas e, a segunda, como próprio nome sugere, para “poupar”. 

É na poupança onde os titulares das contas deixam um valor guardado para emergências, por exemplo.

Nada impede que o valor fique parado na conta corrente, claro, mas a vantagem é que as cadernetas proporcionam rendimentos, ou seja, aquele valor rende juros mensais.

Você tem o hábito de deixar suas reservas renderem no banco? Reunimos dicas imperdíveis sobre rendimentos, seu cálculo e quais são as poupanças que mais rendem atualmente.

Então, se ficou interessado e não quer perder dinheiro, acompanhe esse artigo até o fim e aproveite as sugestões. 

Entendendo o cálculo de rendimento da sua poupança

Essa categoria bancária foi criada por Dom Pedro II, no século 19 e, manteve as mesmas regras de rendimento até 2012, oferecendo 6,17% de juros anuais.

Como se trata de uma alteração recente, muitos ainda acreditam que o lucro é de 0,5% mensais, adicionados do índice da Taxa Referencial (TR).

No entanto, essa mudança definiu que o rendimento será variável de acordo com a Selic, taxa básica de juros

Sendo assim, devemos considerar os seguintes rendimentos para depósitos a partir de 04 de maio de 2012:

  • Selic acima de 8,5% ao ano: o rendimento nesse caso será de 0,5% mensais somados à variação da TR;
  • Selic igual a ou abaixo de 8,5% ao ano: rendimento da caderneta será de 70% da Selic somados à variação da TR.

Para aqueles cujas contas são de datas anteriores à mudança, os rendimentos seguem de 0,5% mensais juntamente com a variação da TR.

Quanto rende a poupança?

O seu dinheiro está investido na caderneta não implica qualquer dificuldade para realizar o resgate e destiná-lo a outra necessidade ou, até mesmo, investimento.

No entanto, como os proventos são repassados no aniversário da poupança, repassados a cada ciclo de 30 dias.

Isso significa que, se realizar o saque do valor integral poupado no 29º dia útil, o retorno previsto para aquele mês é perdido. Por isso, antes de optar pela retirada do valor, pense bem para não levar desvantagem.

Não é difícil saber quanto rende a poupança, um cálculo simples como o que vamos fazer a seguir nos ajuda a visualizar, na prática, como seria o rendimento. Vamos lá! 

Inicialmente, defina o montante a ser aplicado e o prazo que pretende realizar tal aplicação. Utilizaremos como referência uma aplicação de R$ 7 mil por um ano. 

O último dado apresentado, em junho de 2020, mostrava o rendimento em 1,575% ao ano. De acordo com essa informação, o cálculo de rendimento da poupança fica da seguinte forma:

7.000 x 1,575% = R$ 110,25

Diante desse resultado é possível notar que os ganhos em cima da quantia aplicada serão de R$ 110,25 em um ano. 

Para saber quanto renderá mensalmente, basta dividir por 12 e, chegaremos ao resultado de que, R$ 7 mil aplicados na poupança tem uma rentabilidade de R$ 9,19 ao mês. 

Rendimento da poupança em 2020

Estamos vivenciando um ano atípico em todos os quesitos, e a economia se enquadra entre os setores mais afetados pela pandemia.

Com o novo corte da Selic, realizado no início de agosto, a rentabilidade da poupança se viu ainda mais comprometida, caindo de 2,5% para 2%, ficando abaixo da inflação. 

Na tabela a seguir é possível verificar como está a expectativa mensal de rendimentos para a poupança neste ano:

MÊS/ANORENDIMENTO MENSAL (PARA DEPÓSITOS FEITOS A PARTIR DE 4 DE MAIO DE 2012)
Janeiro0,25
Fevereiro0,25
Março0,24
Abril0,21
Maio0,21
Junho 0,17
Julho0,13
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
Fonte: Banco Central

Qual é o banco que a poupança rende mais?

Se você acompanhou até aqui, certamente entendeu que a alteração de rendimento ocorrida em 2012 não foi muito vantajosa para investidores.

Para uma comparação rápida, basta retomarmos o raciocínio anterior e aplicar as taxas da “velha poupança”. Vejamos:

7.000 x 6,17% = R$ 431,90

Ou seja, com a antiga poupança, aplicando o mesmo valor de R$ 7 mil, o retorno seria de R$ 431,90/ano contra R$ 110,25/ano da “nova poupança”.

A diferença é grande e leva a algumas dúvidas na hora de realizar um investimento. Prova disso é que, apesar dos bancos apresentarem algumas diferenças em suas taxas de manutenção, para a poupança isso não existe.

Todas as instituições praticam o mesmo cálculo de investimento, então, não adianta pesquisar: o seu dinheiro renderá uma quantia igual em toda poupança, seja ela de qualquer banco.

Outro ponto interessante a ser analisado é que, apesar de estar abaixo da inflação, a poupança não possui quaisquer custos de manutenção, taxas ou outros tipos de encargos e isso é ótimo.

Mas, para não correr riscos de outras cobranças, nossa dica é analisar outros quesitos antes de escolher o banco para abrir sua conta.

O primeiro, e principal deles, é a qualidade de atendimento, que hoje em dia pode ser considerado um diferencial e tanto, além disso, a localização e benefícios oferecidos também se encaixam como “bônus” na hora de iniciar suas aplicações.

Vale a pena investir na poupança?

Diante de todos esses fatores que vimos, é importante lembrar que a rentabilidade final da poupança está diretamente ligada à inflação que, diga-se de passagem, nos últimos anos vem gerando um efeito negativo para os investimentos ao fim do ciclo anual. 

Com isso, o melhor a se fazer é avaliar outras alternativas de investimentos caso deseje um rendimento real superior ao final de um ano, tais como o Tesouro Selic, a Certificado de Depósito Bancário (CDB) e outros. 

Claro, as coisas mudam constantemente e, com isso, é bacana analisarmos o cálculo de rendimento da poupança para saber se vale a pena ou não o investimento!

Nossos conteúdos trazem informações atualizadas que te auxiliam na hora de tomar qualquer decisão para controlar o orçamento, investir e gerar novas rendas.

Se estiver em busca de um empréstimo pessoal, está no lugar certo. O Bom pra Crédito é a sua opção.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *