Auxílio Emergencial Cancelado. O que fazer se acontecer isso com você

Larissa Carvalho

| 3 minutos para ler

foto ampliada de uma a uma mesa fazendo contas em uma calculadora e embaixo contas a pagar e um laptop

Resumo da matéria

  • Quem tem direito de receber o auxílio emergencial de 300 reais
  • Quem está desempregado vai receber as 4 parcelas de 300 reais?
  • Não consegui emprego, mas tive auxílio cancelado. Qual é o motivo?
  • Como fazer para voltar a receber o auxílio do governo?

Continua depois da publicidade

Entenda os motivos do cancelamento e descubra como contestar

Desde que o governo autorizou o pagamento das 4 parcelas de 300 reais, muitas pessoas têm tido problemas com o auxílio emergencial cancelado. Você sabe quais são os motivos disso?

Para te ajudar a encontrar a resposta, explicaremos a seguir quais são as novas regras para a continuidade do recebimento do benefício. Leia com atenção e descubra como contestar.

Quem tem direito de receber o auxílio emergencial de 300 reais

As regras para o recebimento do benefício continuam sendo as mesmas. Isso quer dizer que ele continua contemplando trabalhadores informais, desempregados e MEIs. E quem conseguiu emprego com carteira assinada após a aprovação do auxílio?

Se você estava desempregado e recebeu as 5 parcelas de 600 reais, mas começou a trabalhar agora, não receberá as próximas parcelas de 300 reais. Nesse caso, não há como contestar o auxílio emergencial cancelado porque as regras são claras.

Quem está desempregado vai receber as 4 parcelas de 300 reais?

A quantidade total de parcelas que você pode receber depende do mês em que o dinheiro entrou em sua conta. Só vai receber as 4 parcelas quem recebeu a primeira de 600 reais em abril.

As pessoas que receberam a primeira parcela de 600 reais em maio terão direito a 3 parcelas de 300 reais. Se você recebeu o primeiro auxílio em junho, será contemplado por 2 parcelas de 300 reais.

Quem recebeu a primeira em julho, terá direito a 1 parcela de 300 reais e, por fim, quem recebeu de agosto em diante, não terá direito à continuidade do benefício.

Não consegui emprego, mas tive auxílio cancelado. Qual é o motivo?

De acordo com o Ministério da Cidadania, várias são as razões que podem bloquear o recebimento do auxílio do governo. Quem começou a receber aposentadoria nesse período, por exemplo, teve auxílio emergencial cancelado.

Se você recebe outros benefícios, como seguro-desemprego, seguro defeso ou INSS, é bem provável que esse seja o motivo do cancelamento. A interrupção do pagamento também ocorre quando o beneficiário morre.

É importante que você saiba que a base de dados do governo é atualizada a cada mês. Por isso, o Ministério da Cidadania acaba cruzando dados e encontrando uma série de irregularidades.

No caso de falecimento do beneficiário, por exemplo, familiares ou terceiros com acesso à conta social acabam usando o dinheiro, agindo de má fé. Mas, quando o óbito passa a constar no sistema da Dataprev, automaticamente, o auxílio é cancelado.

casal com o auxilio emergencial cancelado calculando o valor de contas a pagar sentados a uma bancada com um laptop

Veja também:

Como fazer para voltar a receber o auxílio do governo?

Se você não se encaixa em nenhum dos motivos que poderiam cancelar seu benefício, pode ser que alguma informação em seu cadastro esteja errada. O que deve ser feito, nesse caso, é regularizar a situação, de acordo com os passos a seguir:

  • Abra o aplicativo Caixa Auxílio Emergencial ou acesse auxilio.caixa.gov.br;
  • Informe os dados solicitados. Eles devem ser iguais às informações registradas na Receita Federal;
  • Aguarde o processamento das informações;
  • O aplicativo ou site indicará o motivo do auxílio emergencial cancelado.
  • Selecione a opção Nova Solicitação, caso seja necessário alterar algum dado, ou Contestação, se você discordar da causa do cancelamento;
  • Aguarde a análise do pedido.

Não se esqueça de acompanhar o andamento da solicitação pelo aplicativo ou site. Só vá até uma agência da CAIXA se o problema apresentado estiver relacionado com o número de telefone.

De acordo com a regra, só é possível cadastrar um número por beneficiário. Por isso, não use seu telefone para fazer o pedido do auxílio do governo para terceiros.

O Bom Pra Crédito se preocupa com o seu bem-estar financeiro. Aproveite que você está aqui em nosso blog para aprender como controlar seu dinheiro, ganhar renda extra e passar por esse período difícil no azul.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *