Abrir um Negócio Com Pouco Dinheiro em 2019: 7 Dicas e Ideias

Larissa Carvalho

| 10 minutos para ler

e possivel abrir um negocio lucrativo com pouco dinheiro

Continua depois da publicidade

premio reclame aqui 2020

Ano novo, vida nova. Certamente você já escutou bastante essa frase, principalmente quando se aproxima da passagem de ano. Porém, ela pode ser levada ao pé da letra em 2019, se tornando uma boa oportunidade para abrir um negócio e, por que não, mudar realmente de vida.

É possível abrir um negócio lucrativo com pouco dinheiro?

Sim, pois existe uma infinidade de oportunidades que você pode abraçar. Entre elas estão os negócios que não necessitam de um investimento alto, possibilitando que qualquer pessoa possa iniciar a sua vida empreendedora.

Em média, quanto custa para abrir um pequeno negócio?

O custo médio para abrir um negócio no Brasil é de R$ 1.581,16. Isso é o que nos indica e relatório global Doing Business.

Como conseguir capital para abrir meu negócio próprio?

como conseguir capital para abrir meu negocio proprio

Após fazer uma análise de mercado e decidir no que investirão, muitas pessoas esbarram na falta de capital, mas a saída para começar um bom negócio pode ser um empréstimo, que sendo usado corretamente será um grande up na sua vida.

Para que não caia em furadas, o conselho é sempre optar por empresas que realmente tenham uma história, como o Bom Pra Crédito, primeiro e maior shopping de empréstimo online do Brasil, e que já tem quase 4 milhões de cadastros, sendo mais de 25 instituições financeiras parcerias.

No Bom Pra Crédito, com um único cadastro, todas as possibilidades financeiras são consultadas, aumentando assim a chance de crédito para o cliente, tudo com a maior comodidade, facilidade e segurança.

Como abrir um negócio MEI?

como abrir um negocio mei

O MEI, Microempreendedor Individual, é uma boa opção para quem está começando o seu negócio, pois a sua empresa já iniciará regularizada, com um CNPJ.

Com ele, o trabalhador tem vários direitos e vantagens garantidos, como a cobertura previdenciária, aposentadoria por idade, salário-maternidade, auxílio-doença e reclusão.

Tudo isso ainda com um custo baixo, sendo uma contribuição mensal de 5% referente ao salário mínimo.

Regras e exigências do MEI

Quem pretende se tornar um Microempreendedor Individual deve ficar atento a algumas regras. A primeira é que deverá se enquadrar em uma das centenas de atividades disponíveis, e o seu negócio não poderá ultrapassar os R$ 81.000,00 anuais no faturamento.

Outra condição é que o MEI só poderá ter um empregado, recebendo o piso da sua categoria ou um salário mínimo.

Mais uma questão é que você não pode ser sócio, titular ou administrador de outra empresa.

Você pode se aprofundar no assunto lendo nosso artigo sobre o que é MEI e como fazer.

Exemplos de ocupações MEI

Existem diversos tipos de ocupações que se encaixam como MEI, algumas delas são:

  • editor de revistas independente;
  • instrutor de idiomas independente;
  • fotógrafo independente;
  • comerciante de artigos de bebê independente;
  • artesão de bijuterias independente;
  • técnico de manutenção de computadores independente.

Também são MEI: montador de móveis independente; comerciante de cosméticos e artigos de perfumaria independente; comerciante de equipamentos e suprimentos de informática independente; fabricante de massas alimentícias independente; jardineiro independente; jornaleiro independente; entre diversas outras opções.

É permitido que o MEI registre-se com uma ocupação principal e até 15 ocupações secundárias, diante de todas as opções disponíveis.

Abrir um negócio em casa – Um home office

abrir um negocio em casa - um home office

Uma boa opção para quem está iniciando o ramo do empreendedorismo com poucos recursos financeiros é realizar o famoso Home Office, que é o trabalho em casa.

Dessa forma, será economizado o aluguel, que é um dos maiores custos e empecilhos para o início de uma pequena empresa.

Com o trabalho em casa, outros gastos são diminuídos, como por exemplo, as contas com a internet, já que você irá utilizar a da sua casa e não terá a necessidade de ter duas.

Sem contar a questão da alimentação e do transporte, que consomem uma boa fatia do faturamento caso fosse alocado outro lugar.

Uma boa dica é pegar um quarto na sua casa e fazer dele o seu escritório, investindo nesse pequeno espaço e deixando com a estrutura que você for precisar para elaborar o seu trabalho.

7 dicas para abrir um negócio lucrativo e de sucesso

7 dicas para abrir um negocio lucrativo e de sucesso

O sonho de muitas pessoas é abrir um negócio que realmente seja lucrativo e de sucesso, e isso não é algo distante. É sim possível conseguir essa realização com dicas simples, mas bastante úteis.

1. Use os cursos e o programa “Começar Bem” do SEBRAE

Uma boa dica para todos que pensam em começar um negócio é o curso “Começar Bem”, do SEBRAE.

Nele, você irá receber todas as informações e orientações necessárias para que comece algo bem estruturado, aprendendo com palestras, oficinas, cursos e ferramentas que vão contribuir para a concretização do sonho de se tornar um empreendedor.

2. Teste e valide sua ideia de negócio

Antes de realmente começar o seu negócio, é necessário que a sua ideia seja válida. Para isso, procure realmente analisar o mercado que está pensando em entrar, até mesmo já com a busca de clientes em potencial.

Entenda realmente como vai funcionar a sua empresa, quais os diferenciais que poderá oferecer e se é possível fazer um teste antes de entrar de cabeça no seu novo negócio.

3. Formalize seu negócio próprio

Após fazer a sua análise, testes, e realmente ter a certeza de que vale tirar o seu projeto do papel e colocar a mão na massa, é o momento de formalizar a sua empresa e de fato abrir o seu negócio oficialmente.

Os principais procedimentos a serem cumpridos nesse início são os seguintes:

Procurar a prefeitura da sua cidade; verificar se tem a viabilidade da abertura do negócio; buscar pendências; conferir o nome e marca que deseja; obter um CNPJ. Apresentar toda a documentação necessária.

Para a realização de toda essa parte burocrática, pode-se recorrer à ajuda de um profissional, o contador.

Ele irá te auxiliar em todo o processo da documentação e nas formalidades e exigências que a lei cobra, evitando assim possíveis erros.

Você pode aproveitar para descobrir o que vale a pena quando o assunto é regime de contratação: CLT ou PJ.

4. Considere contratar um contador

Uma grande ajuda para a nossa empresa é ter um contador, profissão fundamental e essencial para organizar toda a parte tributária, viabilizando de fato o seu negócio.

Com um contador, você poderá fazer um controle financeiro eficiente, com uma gestão melhor em todas as áreas, até mesmo quando pensar em cortar alguns custos.

5. Calcule o investimento inicial antes de abrir seu empreendimento próprio

calcule o investimento inicial antes de abrir seu empreendimento proprio

Para o cálculo inicial do seu investimento, antes de abrir o seu próprio negócio, a pessoa deve se atentar a alguns pontos.

Compra e giro de estoque

O giro de estoque é algo bem importante dentro de uma empresa e, para ele, é necessário que se compreenda bem a entrada e saída de todos os produtos, pois isso irá ajudar a manter todo o seu fluxo adequado, além de possibilitar ajustes na receita e também a possibilidade de descontos no preço.

Com ele, será possível fazer cálculos, saber quais produtos demoram mais a sair, quais vendem mais, e evitar perdas e prejuízos.

Custos fixos e variáveis

Ter atenção aos custos da sua empresa. Tudo isso se obtém com uma boa análise inicial, antes de realmente começar a sua empresa. Coloque na ponta do lápis os custos fixos, como os alugueis, se não for um imóvel próprio, internet, etc.

Mas também são necessários alguns custos variáveis, como uma conta de energia, que pode variar de mês para mês, e deve ser considerada para que não seja pego desprevenido.

Capital de giro

O capital de giro em uma empresa é uma parte do investimento, que normalmente irá compor como uma reserva do recurso, algo para suprir as necessidades financeiras que podem surgir na empresa conforme passa o tempo. É algo que requer atenção, e pode ser muito importante para o seu estoque e fluxo de caixa.

Você pode aproveitar para conferir nosso artigo sobre o melhor empréstimo pessoal para não correr o risco de ficar no vermelho.

6. Consiga um empréstimo para abrir seu negócio

Para iniciar o seu negócio, um empréstimo pode ser uma boa saída, pois assim conseguirá um dinheiro imediato para o investimento inicial, e poderá tirar as suas ideias do papel e realizar o seu sonho.

Vale lembrar que sempre devemos procurar empresas que facilitam a nossa vida para essa operação, além de claro, as de qualidade, com ampla experiência no mercado e que realmente se importam com os clientes.

O Bom Pra Crédito busca ao seu cliente todas as opções de empréstimos com um único cadastro, sendo uma opção bastante prática e com opções de fechamento de até 100%, sem que o cliente precise deixar o conforto de sua casa e encarar chatas e longas filas nas agências bancárias.

Por ser uma empresa pioneira no segmento de empréstimos online, o Bom Pra Crédito conta com diversos parceiros, mais integrações e o melhor processo de empréstimo possível, com ampla experiência na operação.

7. Procure a ajuda e expertise de um mentor

Em qualquer segmento que você escolher para a sua empresa, é importante ter sempre um mentor, alguém que irá realmente contribuir com o crescimento do seu negócio, através de críticas construtivas, feedbacks verdadeiros, evitando assim que cometa erros e acabe gerando gastos desnecessários.

Como um mentor pode ajudar você a abrir um negócio lucrativo?

A ideia é que o mentor já atue na área da sua empresa, pois assim ele terá a experiência necessária para te orientar e guiar.

Com a sua ajuda, a empresa terá tudo para crescer certo, pois ele com certeza apontará os erros que cometeu, para que a sua empresa não passe pelo mesmo processo.

Com essa pessoa, que deve ser de confiança, você terá tudo para abrir um negócio realmente lucrativo.

Vantagens e desvantagens de abrir um negócio

vantagens e desvantagens de abrir um negocio

Abrir um negócio é o sonho de muitas pessoas, e fazer esse investimento pode te trazer boas vantagens, mas algumas desvantagens também.

As vantagens

Sem chefe: quando você se torna um empreendedor e abre o seu próprio negócio, tem a vantagem de não precisar seguir as ordens de um chefe, autonomia que é bastante desejada por todos os empregados.

Você mesmo irá definir o seu ritmo de trabalho, ver as suas disponibilidades e organizar as suas tarefas.

Você faz o seu horário: outra vantagem de ser o empreendedor é que o horário é feito por você, de acordo com a sua disponibilidade, escolhendo os melhores horários e readequando com a sua vida pessoal e familiar, para então definir o profissional.

Mas deve-se ter atenção a isso, pois devido a essa flexibilidade, é importante saber separar bem o horário de lazer e o profissional para não sobrepor um ao outro.

Fazer o que gosta: sendo um empreendedor, você poderá escolher trabalhar com algo que realmente gosta, tornando o trabalho muito mais prazeroso, e não apenas uma obrigação.

Trabalhando dessa forma, com certeza será mais feliz e aumentará a sua produtividade.

Desvantagens

Início difícil: a maioria dos negócios não tem um início fácil, pois até que consiga de fato capitalizar os seus clientes, poderá “sofrer” para conseguir as primeiras rendas. Mas, em longo prazo e com muito trabalho, a tendência é que tudo se estabilize, e você possa render até mais dinheiro do que imaginava.

Muito trabalho: ter um empreendimento pode significar mais trabalho. Quando você é um empregado, terá a sua carga horária, já como um empreendedor, terá que realizar todas as tarefas, e isso pode implicar em horas e mais horas extras de trabalho.

Estresse: outro ponto negativo é o estresse. Ter um negócio próprio é uma rotina que pode ser bem estressante, pois o medo de não atingir o valor necessário para o pagamento das contas é inevitável no início, até que a sua empresa se estabilize.

7 Ideias para abrir um negócio com pouco dinheiro

7 ideias para abrir um negocio com pouco dinheiro

Para quem pensa em abrir o seu próprio negócio, não se assuste pensando que será necessária uma grande quantia em dinheiro.

É sim possível começar a empreender com pouco. Confira algumas dicas de ótimos negócios com pouco dinheiro.

1. Abrir um negócio de Food Truck ou restaurante em um nicho específico

O Food Truck é uma grande novidade em todo o mundo, e vem fazendo muito sucesso. Ele se resume em um espaço móvel para transportar e vender comidas, como lanches, pastéis, sorvetes e churros, e cai cada vez mais no gosto do brasileiro.

Para ele, não será necessário muito investimento se você já tiver o veículo, e pode ser uma boa saída para começar a empreender.

2. Abrir um negócio de maquiagem a domicílio

Uma boa opção para quem pensa em abrir um negócio, mas com pouco dinheiro, é a maquiagem a domicilio. O serviço de maquiagem é bastante utilizado, não importa a ocasião.

Para iniciar no ramo com poucos recursos, uma opção é fazer maquiagem a domicílio, para assim, evitar gastos maiores, como por exemplo, aluguéis.

Dessa forma, é possível abrir um negócio com 1000 reais, investindo esse valor em matérias de trabalho de qualidade e também em um curso.

3. Abrir um negócio de manicure e pedicure

Assim como as maquiagens, o serviço de manicure e pedicure é bastante requisitado pelo mundo feminino. Para quem pensa em trabalhar no setor, é possível abrir um negócio com R$ 5000,00, investindo nos materiais necessários para o trabalho e nos cursos de especializações.

4. Abrir uma escola de idiomas

Do you speak english? (Você fala Inglês?) Essa pergunta é bem frequente em qualquer entrevista de emprego, pois falar outros idiomas não é mais um diferencial, mas sim uma necessidade.

Se você fala fluentemente inglês, espanhol, italiano, enfim, qualquer outro idioma, poderá abrir um negócio com 5000 reais de investimento e, em um futuro próximo, obter o retorno do investimento e começar a lucrar, já que a procura por esse tipo de serviço é muito grande.

5. Abrir um negócio de reforço escolar

Um segmento que sempre atraiu muitos clientes e não tem perspectiva de queda é o de reforço escolar, principalmente na adolescência.

Se você tem especialização em áreas como português, matemática, história, física, química, geografia, seja qualquer uma delas ou até mais de uma, poderá abrir um negócio com 1000 reais.

6. Abrir um negócio de aulas de yoga ao ar livre

Vivemos em um mundo estressante, com pessoas cada vez mais nervosas graças à rotina diária agitada. Com isso, cresce também a procura por atividades que deixem o nosso corpo e a nossa mente relaxados, como a yoga.

Se você tem entendimento na área, poderá abrir um negócio com 500 reais, optando por fazer a aula ao ar livre, como praças e parques abertos, atraindo assim até mais público, além de cultivar toda a atividade em um ambiente natural.

7. Abrir um negócio de passeador de cães ou canil

É difícil encontrar uma pessoa que não gosta de cãezinhos. Mas, nem sempre temos tempo para passear com eles, e muita gente recorre aos passeadores de cães ou canil para realizar a atividade.

Se você gosta de animais, essa pode ser uma boa oportunidade de abrir um negócio com R$ 500,00, valor bem baixo e que poderá ser recuperado facilmente.

Como as atividades de passeios podem ser na rua, parques e praças, o seu empreendimento pode ser feito na sua própria casa, montando um escritório, para evitar inúmeros gastos.

Não perca tempo, seja um empreendedor!

Conclusão

Existem diversas opções para que o empreendedor tire a sua ideia do papel e coloque o seu sonho em prática e, como já citamos, não é necessário um grande investimento, pois há várias oportunidades que possuem um custo baixo para iniciar.

Não perca tempo, procure o Bom Pra Crédito, empresa que tem experiência e qualidade ideal para você buscar o seu investimento inicial. Acesse a Bom Pra Crédito e confira tudo o que temos à sua disposição.