Blog > Planilha de Gastos: Controle Suas Despesas [Download Grátis]
Empréstimo Pessoal - todas as financeiras num só lugar

Planilha de Gastos: Controle Suas Despesas [Download Grátis]

planilha de gastos controle suas despesas [download gratis]

Uma ferramenta de grande utilidade para ajudar na sua organização financeira e evitar contratempos é a Planilha de Gastos.

Para não chegar ao fim do mês no vermelho, é necessário planejar muito bem os seus gastos. Sem este cuidado, há diversos riscos que você pode correr. O pior de todos é acabar gastando mais do que se ganha.

Este registro de despesas permite identificar com precisão para onde o seu dinheiro está indo. Torna-se, deste modo, uma forma segura de evitar desperdícios, pois os gastos desnecessários se tornam mais claros quando anotados.

Seja qual for a sua meta, vale a pena adotar esta forma de organização das contas. Afinal, ela promove a saúde financeira quando faz parte do seu cotidiano.

Naturalmente, há muito trabalho envolvido aqui também. Afinal, depende de você o preenchimento de informações relevantes, como entradas, saídas, gastos fixos, variáveis e tributos.

Quer descobrir como lidar com a tarefa, empregando a planilha para organizar as suas despesas de forma eficiente? Basta continuar a leitura deste artigo pormenorizado que fizemos sobre o assunto!

O que é uma planilha de gastos?

o que e uma planilha de gastos

Esta planilha é basicamente um sistema para organização das suas despesas. Normalmente, ela é feita por intermédio de softwares, como o Excel.

Se você é adepto de anotar os seus gastos em um caderninho, aqui ganhará um substituto digital. Outro item que pode ser deixado de lado é a calculadora que acompanha o registro em papel.

Em todo o caso, o que buscamos com esta folha de cálculo é saber para onde vai o seu dinheiro. Trata-se, portanto, de uma ferramenta de controle financeiro.

O mesmo é válido quando o processo é feito de forma mais simples no papel. A vantagem trazida pelo meio eletrônico é a facilidade para edição e cálculos.

Além de tudo, neste caso, temos uma organização mais detalhada. Os gastos podem ser categorizados, gerando somatórias parciais para cada tipo de despesa.

Para tornar os centros de consumo ainda mais claros, você pode até mesmo gerar gráficos a partir dos seus registros.

Sobre o controle financeiro pessoal, temos um artigo com dicas para equilibrar o seu orçamento.

Dito isto, vamos entender como fazer planilha de controle de gastos no Excel.

Como funciona uma planilha de gastos do Excel?

como funciona uma planilha de gastos do excel

O modelo mais simples que pode ser adotado no Excel inclui uma coluna onde serão colocados todos os gastos mensais.

A este registro principal adicionamos outras colunas, representando os meses do ano.

Selecionaremos ainda células da tabela para colocarmos o total referente aos gastos fixos e o valor do seu salário.

última coluna a ser adicionada é a que mostra o que sobrou após descontarmos todas as suas contas.

A princípio os valores não serão exibidos como sendo do tipo monetário.

Para isso precisamos, depois de registrar os valores de cada item descrito, clicar no ícone “Formato de número de contabilização”. Ele é representado por uma cédula e algumas moedas empilhadas.

A dificuldade de muitas pessoas ao fazer a Planilha de Gastos desta forma são os comandos do software. Pois há a necessidade de escrever a operação que será feita, mais as células escolhidas para o cálculo.

Imagine se somarmos, por exemplo, toda a coluna que representa o consumo de um mês. Precisaríamos colocar no local onde queremos visualizar o resultado o seguinte: =SOMA (B2:B13).

Faça o download da sua planilha de gastos gratuitamente

faca o download da sua planilha de gastos gratuitamenteEmbora pareça complicado, não é tão difícil na prática, e há poucos comandos que utilizaremos.

Contudo, se ainda parece difícil para você, facilita utilizar um modelo já pronto de tabela para orçamento.

Neste caso, as fórmulas de somatória já estarão registradas no documento.

Isso significa que basta preencher com os seus dados para que os cálculos sejam realizados automaticamente.

Assim, quem não tem muita intimidade com o software da Microsoft não precisará ficar sem essa valiosa ferramenta de controle.

Gostou da ideia? Então aproveite para fazer o download da sua planilha de gastos gratuitamente aqui.

Para os que gostam de ter dos registros em mãos, vale usar esta planilha de gastos impressa, se for melhor para você.

Embora os benefícios de cálculos automáticos não existam no papel, você ainda irá dispor de uma ferramenta para organizar despesas.

Seja qual for o meio escolhido, devemos entender ainda a forma de utilizar este recurso no dia a dia.

Como usar uma planilha de orçamento?

como usar uma planilha de orcamento

Nos tópicos anteriores você teve uma ideia de como fazer planilha de controle de gastos no Excel. Depois desta etapa, colocar a planilha em ação é o mais simples.

Devemos entender que o seu funcionamento é baseado no registro de entradas (salário) e saídas. Neste último, incluímos todas as contas e gastos.

Em uma sessão da tabela faremos a soma destes, subtraindo o resultado do seu orçamento mensal. Podemos fazer ainda um detalhamento maior.

Neste caso, as colunas de despesas devem registrar o tipo de gasto – ex: saúde, alimentação, lazer, etc. A isto acrescentamos suas datas e valores.

Uma alternativa é criar abas para cada mês do ano no documento. O que importa é registrar a situação financeira para adquirir maior controle sobre este aspecto da sua vida.

Você pode se aprofundar no assunto lendo nosso artigo sobre controle de gastos e os passos para evitar dívidas.

Apenas com estes cuidados o seu dinheiro poderá começar a render. Afinal, as suas decisões relativas às entradas e saídas vão se tornar mais conscientes. Começamos aqui a entrar nas vantagens de utilizar a planilha.

Importância e vantagens de usar uma planilha de gastos mensais

importancia e vantagens de usar uma planilha de gastos mensais

Já ressaltamos algumas vezes ao longo deste artigo o quanto uma planilha torna claro o fluxo do seu dinheiro.

Também dissemos que, ao saber para onde ele vai, passamos a tomar decisões financeiras melhores.

O mesmo fato, visto por outro ângulo, nos faz concluir que este é um vetor para a mudança de hábitos.

Um fenômeno que é capaz de nos proporcionar um orçamento mais equilibrado.

A razão para estes benefícios é bem simples: visualizar os gastos facilita o seu controle. De certa forma, este é um dos motivos para tantas pessoas se endividarem com os cartões.

gasto invisível, que só precisará ser pago no mês seguinte, acaba se acumulando justamente por não estar sob nossa vista.

Lembrando que, ao cortar certas despesas, especialmente as supérfluas, também estaremos evitando dívidas futuras. E há ainda aqueles gastos que podem ser revistos.

Como a TV a cabo que traz 500 canais, dos quais você não assiste sequer um terço. Estes são alguns benefícios de se controlar as finanças.

Para conhecer bons métodos para lidar com as suas contas, vale entender melhor o conceito de comprometimento de renda.

Além disso, você quer saber em detalhes como organizar as despesas do mês com a ajuda da ferramenta que descrevemos neste artigo?

A seguir detalhamos cada um dos benefícios que surgem com o uso da Planilha de Gastos.

Visualizar o fluxo de seu dinheiro – Onde está gastando seu dinheiro?

visualizar o fluxo de seu dinheiro – onde esta gastando seu dinheiro

Com o auxílio de uma planilha de gastos pessoais você tem uma noção mais precisa do caminho do seu dinheiro.

Se tomarmos este detalhe do ponto de vista conceitual, ele é muito similar ao fluxo de caixa de uma empresa.

Ou seja, temos o registro da movimentação financeira – de um negócio ou residência.

No caso de um empreendimento, devemos esperar que o faturamento mensal cubra gastos fixos e variáveis deixando, é claro, uma margem de lucro.

Nas finanças pessoais não é muito diferente, pois lidamos com estas duas categorias de despesa. Em lugar do lucro, o que sobra é nossa reserva.

Um valor que pode ser usado para emergências, investimentos ou então para cobrir os custos de algum sonho particular. Chegamos a estas conquistas por saber exatamente onde gastamos o nosso dinheiro.

Consequentemente, poupar se torna mais fácil, inclusive porque evitamos a criação de novas dívidas, um dos fatores que mais dificultam a economia.

Perceber onde pode reduzir gastos

Ao identificar seus gastos, a oportunidade de economizar surge, porque é fácil apontar onde a redução é possível.

É por isso que qualquer pessoa que busque diminuir o seu consumo mensal depende de anotar entradas e saídas. No que diz respeito aos gastos, podemos classificá-los como fixos ou variáveis.

Planilha de Gastos Fixos

Nesta planilha estão as contas que precisam ser pagas mensalmente. Como por exemplo, luz, água, alimentação, internet e assim por diante.

Aprenda mais formas de controlar as contas a pagar neste post.

Planilha de Gastos Variáveis

Com relação às despesas variáveis, temos o montante do seu dinheiro que vai para lazer – ex: cinema e jantares. Também se incluem neste quesito compras eventuais e passeios no geral.

Na sua Planilha de Gastos, ambos devem estar discriminados. O que você vai notar é que nos dois tipos de gastos – os variáveis e fixos, há coisas que podem ser desnecessárias. Lembra do serviço de TV a cabo que mencionamos?

Pode ser que você consiga contratar um pacote com menos canais e que tem um preço mais atrativo. Neste caso, a economia ao longo de um ano é surpreendente.

Faça um planejamento financeiro para os próximos meses

O exemplo que demos anteriormente é um item importante do planejamento financeiro. O ideal é que essa prática inclua metas que englobem vários meses.

Pois, enquanto a Planilha de Gastos otimiza o aspecto financeiro imediato da sua vida é importante pensarmos mais adiante. O seu objetivo pode ser fazer um investimento, por exemplo.

É uma boa forma para conquistar renda extra. Também serve como elemento de salvaguarda para o futuro, cobrindo aposentadorias e emergências.

Há, inclusive, quem planeje os investimentos para se aposentar dentro de um determinado tempo que escolheu. Outra possibilidade é bancar algum sonho ou aquisição importante.

Pode ser uma viagem há muito tempo esperada, ou então a compra de um carro. Não há limite para as possibilidades que se abrem quando o seu planejamento financeiro é eficiente.

Com algo entre 10% e 20% de recursos poupados tudo isto é possível. Apenas não se esqueça de manter uma reserva de emergência. Recomenda-se que esta represente de 6 a 12 meses de despesas.

Entenda seus hábitos de consumo

Antes de chegarmos à economia e determinação de metas, a planilha deve apontar nossos hábitos de consumo.

Isto significa basicamente onde você gasta todo mês e em quais itens o valor desembolsado é maior. Os campeões nas expensas devem ser analisados cuidadosamente.

Neste tocante, há muitas pessoas que adotam uma organização decrescente da coluna de gastos. Desta forma, os valores mais elevados surgem primeiro e se destacam.

Estes são os itens onde você deve começar a buscar oportunidades para cortar despesas. Lembrando que você pode chegar ao ponto de gerar relatórios a partir das suas planilhas.

Trata-se de um panorama das finanças onde os registros são categorizados de forma detalhada. Em alguns casos é feito um ranqueamento automático que facilita o processo de corte de gastos que descrevemos anteriormente. Ou seja, será mais rápido e fácil identificar os maiores centros de custo no seu orçamento.

Controle parcelas e dívidas

Todos os benefícios e tarefas atrelados à planilha de gastos pessoais que citamos anteriormente levam ao controle financeiro.

E não somos favorecidos apenas por conta da economia quando adotamos práticas como uma meta de gastos. Isso ocorre porque também evitamos a contração de novas dívidas.

Planejar é, acima de tudo, o caminho para quitarmos os débitos que ainda possuímos. Ninguém consegue sair do vermelho sem organizar as finanças e separar os valores que serão dedicados às dívidas.

Um erro comum de quem está no vermelho é deixar que as despesas fixas também atrasem.

Isto leva os débitos a se multiplicarem e adiciona o risco da incidência de juros. O resultado pode ser desastroso para o seu orçamento. Seguramente, o fim do endividamento ficará mais distante.

Por isso, vale a pena registrar com muita atenção as entradas e saídas financeiras mensais. Evidentemente ainda é necessário se disciplinar para atingir os seus objetivos de economia e quitação de dívidas.

O Bom Pra Crédito oferece empréstimos pessoais com baixa taxa. Não deixe de conferir para saber mais!

Principais tipos de planilhas de gastos

Um dado interessante sobre a ferramenta de que tratamos neste artigo é que não existe apenas um tipo de planilha.

Especialmente se você estiver em busca de um modelo pronto, é preciso conhecer as diferentes alternativas. Também é válido lembrar que a planilha do Bom Pra Crédito une todas as planilhas de finanças citadas a seguir em uma só.

Planilha de gastos pessoais

Restringimos aqui o orçamento às despesas individuais. Geralmente neste documento inserimos até mesmo os menores valores de consumo. É a ferramenta ideal para pessoas solteiras.

Planilha de ganhos e despesas

É um tipo mais completo de registro e inclui todas as movimentações financeiras, tanto entradas, quanto saídas. Cada qual sendo atribuído dentro de uma categoria.

É ideal para elaborar o comparativo de receitas versus despesas. Por serem mais complexas, é comum o seu uso via aplicativos.

Planilha para orçamento familiar

O nome é autoexplicativo e designa a tabela onde incluiremos os gastos de todos os membros de uma família. Recomendamos que haja uma separação entre as despesas de cada um.

Planilha de controle de gastos domésticos

É um orçamento que diz respeito apenas a certo período de tempo. Além disso, é o tipo de análise que deve ser feita diante de gastos elevados, como a compra de um carro. Por isso, é uma ferramenta de análise que favorece a adequação dos gastos ao seu orçamento familiar.

Planilha de gastos diários

Essa planilha é ótima para quem é iniciante nesta tarefa. Como o próprio nome sugere, nela estão presentes todos os gastos feitos a cada dia. É uma ótima maneira de ter controle sobre os pequenos gastos.

Planilha de despesas da empresa

Para aqueles que possuem negócio próprio temos essa alternativa. Ela serve para trabalhar o seu fluxo de caixa, registrando entrada e saída de recursos financeiros.

A planilha de controle de gastos do Bom Pra Crédito

a planilha de controle de gastos da bom pra credito

No tópico “Faça o download da sua planilha de gastos gratuitamente” citado anteriormente disponibilizamos a planilha de gastos do Bom Pra Crédito
para download. Aproveite a oportunidade para entender como é essa folha de cálculo.

Adiantamos que, em nossa planilha, você não precisará realizar nenhum procedimento envolvendo fórmulas de Excel. Portanto, você pode baixar o arquivo sem receio.

Assim, se você tinha dúvidas de como organizar as despesas do mês, pode aplicar tudo o que leu até agora. Com nossa planilha de finanças, você irá registrar seu orçamento de forma rápida e descomplicada.

Basta preencher as células, que são campos correspondentes a cada despesa. Todos os meses do ano, de janeiro a dezembro, estão contidos na tabela.

Você pode fazer o download gratuito da planilha aqui.

A seguir, descreveremos as subcategorias contidas no arquivo. Já aproveite para separar os seus gastos, preencher a planilha e começar o seu controle financeiro ainda hoje!

Moradia

Neste tópico preencheremos todos os gastos relativos ao seu imóvel. Basicamente, o que encontraremos aqui serão despesas fixas. No arquivo disponibilizado você irá preencher os valores relativos à:

  • Aluguel;
  • Condomínio;
  • Água;
  • Energia elétrica;
  • Gás;
  • Telefone;
  • Internet;
  • TV a Cabo;
  • Manutenção do local;
  • Impostos e taxas;
  • Seguro residencial.

Alimentação

Neste tópico da nossa planilha incluiremos outra categoria quase toda composta de itens fixos. Apesar disso, encontraremos alguns produtos de consumo variável. A coluna deverá ser preenchida com:

  • Supermercado;
  • Açougue;
  • Padaria;
  • Feira;
  • Restaurantes;
  • Outros.

Transporte

Este é mais um tópico da Planilha de Gastos que pode misturar as despesas fixas e variáveis. Aqui serão registradas aquelas despesas relativas à:

  • Ônibus;
  • Táxi;
  • Combustível;
  • Transporte escolar;
  • Manutenção;
  • Seguro veicular;
  • Impostos e taxas.

Saúde

Trata-se de um tópico de caráter preventivo e emergencial que inclui, em sua maioria, gastos que serão frequentes, mas que também podem apresentar fatores inesperados. O fluxo de dinheiro será anotado quando encontrar saída em:

  • Plano de Saúde;
  • Farmácia;
  • Consultas médicas.

Educação

Tal elemento da Planilha de Gastos varia muito entre cada família. E vale sempre considerar que temos aqui um investimento. Sobretudo quando falamos de cursos que garantem uma formação profissional qualificada.

Não importando, neste caso, se são faculdades ou outras formas de capacitação. Na tabela os registros aparecem como:

  • Mensalidade escolar – ou do curso superior/profissionalizante se for o caso;
  • Material escolar;
  • Livros;
  • Outras despesas com educação.

Lazer

Incluímos aqui desde a manutenção do estilo de vida até os elementos mais variáveis do seu orçamento.

  • Academia;
  • Jornais e revistas;
  • Cinema e passeios;
  • Viagens;
  • Outras despesas com lazer.

Vestuário e Cuidados Pessoais

Esta é uma categoria bem simples de se entender. É interessante notar que, na maioria dos casos, não precisamos arcar com todas as despesas deste tópico mensalmente. Aqui encontraremos:

  • Roupas;
  • Calçados;
  • Cuidados pessoais;
  • Outras despesas.

Obrigações Financeiras

A última coluna para ser preenchida são as obrigações financeiras listadas a seguir:

  • Aplicações em fundos;
  • PGBL (Plano Garantidor de Benefício Livre);
  • Poupança.

Conclusão

Colocar a vida financeira nos trilhos, quitar dívidas e investir o seu dinheiro garantindo o futuro. Estes são apenas alguns dos objetivos que podem ser alcançados quando a planilha de gastos mensais é bem utilizada.

Estabilidade e independência financeira são boas consequências do controle de gastos. Afinal, são benefícios que dependem exclusivamente da forma como você cuida do seu dinheiro.

Com relação a este assunto, aproveite para conferir nossos 9 passos para conquistar independência financeira saindo do cheque especial e rotativo do cartão.

É claro que a planilha de gastos é apenas uma ferramenta para organizar as finanças e estimular práticas saudáveis de consumo. Se você quiser conferir outras dicas sobre controle financeiro, aproveite para visitar o nosso blog.

Quem busca por um empréstimo para quitar as dívidas ou realizar os sonhos, pode conferir nossas opções de crédito gratuitamente e contratar a opção que for mais conveniente para suas necessidades.

As financeiras com as quais temos parceria garantem negociação de dívida, financiamento e muitos outros serviços.

By | 2019-08-23T14:50:34-03:00 19 de março de 2019|